1988 - 4ª Corrida - GP do México

Ir em baixo

1988 - 4ª Corrida - GP do México

Mensagem  Saimon em 16/3/2018, 18:52

Data fictícia: final do mês 5

Circuito: Ciudad de México

Extensão: 4,421 km (68 voltas / 300,628 km no total)


Dados dos treinos livres:

Velocidade Média: Média
Acerto: Circuito bastante seletivo e caracterizado pelo altíssimo bumping. Possui um primeiro trecho de alta velocidade, que na verdade inicia antes da veloz curva Peralta, e um miolo sinuoso e lento. É necessário encontrar o ponto ideal entre aderência e arrasto, assim como para os freios, já que o traçado também traz pontos de freada mais forte com outros de freada mais suave.
Pneus: Asfalto abrasivo, desgaste acima do normal (durabilidade -1 na corrida)
Motores: Turbos Mínimo 2,10 Km/L para completar a corrida

Traçado:



Condições Climáticas:

Treinos: parcialmente nublado, 24 a 27°C, pista seca (nenhuma possibilidade de chuva)

Corrida: nublado, 22 a 25°C, pista seca (possibilidade de chuva a qualquer momento após uma hora de prova, tornando a pista pouco molhada)


Prazo para envio dos formulários de corrida: 18:00h de 19/03/18 (segunda-feira)

Obs.: horário de Brasília. Enviar formulários de corrida por e-mail para: saimonbcruz@yahoo.com.br
avatar
Saimon
Admin

Mensagens : 2380
Data de inscrição : 11/12/2012
Idade : 32
Localização : Jaraguá do Sul

Ver perfil do usuário http://gpmanager.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Treinos

Mensagem  Saimon em 16/3/2018, 18:53

1ª Sessão

A F1 retorna às Américas, começando pelo México, para a continuidade do campeonato. Ainda abalado pela perda de De Cesaris, o circo da F1 busca forças para seguir o espetáculo. Várias homenagens ao piloto são feitas pelos fãs nas arquibancadas.
Bailey, substituto de De Cesaris para esta corrida, abre o treino virando 1'20"443.
Capelli faz 1'19"771.
Campos registra 1'22"094.
Martini marca 1'20"726.
Schneider vira 1'22"174.
Streiff é o próximo. O francês faz 1'20"885.
Larini marca 1'20"848.
Nakajima faz 1'19"157.
Arnoux crava 1'18"750, melhor tempo até aqui.
Mansell registra 1'19"271.
Danner faz 1'20"585.
Berger marca 1'19"033.
Alboreto vem na seqüência e registra 1'18"748.
Senna vira 1'18"443 e lidera a tabela de tempos.
Nannini marca 1'20"434.
De Angelis faz 1'18"985.
Caffi vira 1'20"622.
Bellof registra 1'19"283.
Piquet toma a ponta virando 1'18"117.
Baldi faz 1'20"589.
Brundle erra nos Esses, roda e acaba no muro de proteção. Felizmente o piloto sai ileso.
Alliot vira 1'20"965.
Patrese registra 1'18"491.
Gugelmin faz 1'20"595.
Palmer marca 1'20"129.
Modena vira 1'19"872.
Warwick é o próximo. O britânico registra 1'19"828.
Johansson marca 1'19"634.
Boutsen faz 1'18"327.
Prost fecha a primeira sessão virando excelentes 1'17"905 e ficando com a ponta.

Classificação - 1ª Sessão:

Alain PROST (Fittipaldi/Fittipaldi/Goodyear) 1'17"905
Nelson PIQUET (Savoia/Honda/Goodyear) 1'18"117
Thierry BOUTSEN (Fittipaldi/Fittipaldi/Goodyear) 1'18"327
Ayrton SENNA (Biscazzi/Honda/Goodyear) 1'18"443
Riccardo PATRESE (Savoia/Honda/Goodyear) 1'18"491
Michele ALBORETO (Rocca/Megatron/Goodyear) 1'18"748
René ARNOUX (Rocca/Megatron/Goodyear) 1'18"750
Elio DE ANGELIS (Potere/Ferrari/Goodyear) 1'18"985
Gerhard BERGER (Potere/Ferrari/Goodyear) 1'19"033
10º Satoru NAKAJIMA (Biscazzi/Honda/Goodyear) 1'19"157
11º Nigel MANSELL (Williams/Judd/Goodyear) 1'19"271
12º Stefan BELLOF (Williams/Judd/Goodyear) 1'19"283
13º Stefan JOHANSSON (Vector/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'19"634
14º Ivan CAPELLI (Project Four/Judd/Goodyear) 1'19"771
15º Derek WARWICK (Nürburg/Zakspeed/Goodyear) 1'19"828
16º Stefano MODENA (Project Four/Judd/Goodyear) 1'19"872
17º Jonathan PALMER (Nürburg/Zakspeed/Goodyear) 1'20"129
18º Alessandro NANNINI (Collepin/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'20"434
19º Julian BAILEY (Vector/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'20"443
20º Christian DANNER (Benetton/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'20"585
21º Mauro BALDI (Tyrant/Judd/Goodyear) 1'20"589
22º Maurício GUGELMIN (Minardi/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'20"595
23º Alex CAFFI (Minardi/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'20"622
24º Pierluigi MARTINI (Benetton/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'20"726
25º Nicola LARINI (Larrousse/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'20"848
26º Philippe STREIFF (Larrousse/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'20"885
27º Philippe ALLIOT (Collepin/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'20"965
28º Adrián CAMPOS (AGS/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'22"094
29º Bernd SCHNEIDER (AGS/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'22"174
30º Martin BRUNDLE (Tyrant/Judd/Goodyear) sem tempo

2ª Sessão

Bailey abre a segunda sessão virando 1'20"162 e praticamente garantindo sua estréia em corridas na F1.
Capelli faz 1'19"707 e pouco melhora seu tempo.
Campos marca 1'21"616. A AGS vai muito mal mais uma vez e vai ficando fora da corrida.
Martini erra na tomada do Ese Moises Solana, roda e vai bater de traseira no muro de proteção. O italiano corre o risco de ficar fora da prova.
Schneider vira somente 1'21"954 e está fora.
Streiff registra 1'20"106 e pula para décimo sétimo.
Larini marca 1'20"208, vigésimo tempo.
Nakajima vira 1'18"610 e sobe para sexto.
Arnoux voa baixo e marca 1'18"045, pulando para segundo. Bela volta do francês com a Rocca!
Mansell erra na freada do Ese Moises Solana e espalha para fora da pista. O britânico retorna ao traçado, mas aborta sua volta.
Danner faz 1'20"107, décimo oitavo tempo.
Berger marca 1'18"343 e pula para quinto.
Alboreto registra 1'18"262, quarto tempo. As Rocca vêm fortes.
Senna vira 1'18"054, terceiro tempo até aqui.
Nannini faz 1'20"160, vigésimo tempo.
De Angelis vem na seqüência e marca 1'18"338, subindo para sétimo.
Caffi marca 1'20"242, ficando em vigésimo terceiro.
Bellof vira 1'18"741, décimo primeiro tempo.
Piquet vinha em boa volta, mas perde o controle do carro na Peralta, espalha e bate forte. O brasileiro felizmente sai ileso, mas o treino é interrompido por alguns minutos para recompor a barreira de pneus.
Baldi faz 1'20"259 e segue na mesma posição.
Brundle entra na pista com o carro reserva da Tyrant. O britânico vira 1'20"637 e consegue o vigésimo sexto tempo.
Alliot estraga a festa do britânico virando 1'20"595 e conseguindo a classificação para a prova.
Patrese marca 1'18"263, sexto tempo.
Gugelmin faz 1'20"335 e segue em vigésimo quinto.
Palmer registra 1'19"602 e sobe para décimo terceiro.
Modena vira 1'19"543 e toma a posição do britânico.
Warwick marca 1'19"418, tomando para si a décima terceira posição.
Johansson faz 1'19"449, ficando em décimo quarto.
Boutsen vira 1'18"109, quarto tempo.
Prost com a pole garantida, Prost tem tranqüilidade para mostrar ainda mais seu domínio. O francês vira incríveis 1'17"371 para humilhar a concorrência.

Classificação - Final:

Alain PROST (Fittipaldi/Fittipaldi/Goodyear) 1'17"371
René ARNOUX (Rocca/Megatron/Goodyear) 1'18"045
Ayrton SENNA (Biscazzi/Honda/Goodyear) 1'18"054
Thierry BOUTSEN (Fittipaldi/Fittipaldi/Goodyear) 1'18"109
Nelson PIQUET (Savoia/Honda/Goodyear) 1'18"117
Michele ALBORETO (Rocca/Megatron/Goodyear) 1'18"262
Riccardo PATRESE (Savoia/Honda/Goodyear) 1'18"263
Elio DE ANGELIS (Potere/Ferrari/Goodyear) 1'18"338
Gerhard BERGER (Potere/Ferrari/Goodyear) 1'18"343
10º Satoru NAKAJIMA (Biscazzi/Honda/Goodyear) 1'18"610
11º Stefan BELLOF (Williams/Judd/Goodyear) 1'18"741
12º Nigel MANSELL (Williams/Judd/Goodyear) 1'19"271
13º Derek WARWICK (Nürburg/Zakspeed/Goodyear) 1'19"418
14º Stefan JOHANSSON (Vector/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'19"449
15º Stefano MODENA (Project Four/Judd/Goodyear) 1'19"543
16º Jonathan PALMER (Nürburg/Zakspeed/Goodyear) 1'19"602
17º Ivan CAPELLI (Project Four/Judd/Goodyear) 1'19"707
18º Philippe STREIFF (Larrousse/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'20"106
19º Christian DANNER (Benetton/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'20"107
20º Alessandro NANNINI (Collepin/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'20"160
21º Julian BAILEY (Vector/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'20"162
22º Nicola LARINI (Larrousse/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'20"208
23º Alex CAFFI (Minardi/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'20"242
24º Mauro BALDI (Tyrant/Judd/Goodyear) 1'20"259
25º Maurício GUGELMIN (Minardi/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'20"335
26º Philippe ALLIOT (Collepin/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'20"595

27º Martin BRUNDLE (Tyrant/Judd/Goodyear) 1'20"637
28º Pierluigi MARTINI (Benetton/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'20"726
29º Adrián CAMPOS (AGS/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'21"616
30º Bernd SCHNEIDER (AGS/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'21"954

Quebras/Acidentes:

Brundle =($200)= acidente

Martini =($200)= acidente

Piquet =($200)= acidente
avatar
Saimon
Admin

Mensagens : 2380
Data de inscrição : 11/12/2012
Idade : 32
Localização : Jaraguá do Sul

Ver perfil do usuário http://gpmanager.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Pilotos reclamando dos acertos

Mensagem  Saimon em 16/3/2018, 18:53

#31 Bernd Schneider
#32 Adrián Campos
avatar
Saimon
Admin

Mensagens : 2380
Data de inscrição : 11/12/2012
Idade : 32
Localização : Jaraguá do Sul

Ver perfil do usuário http://gpmanager.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Corrida

Mensagem  Saimon em 3/4/2018, 20:45

Tempo nublado na Cidade do México. Os carros estão no grid recebendo os últimos ajustes antes da corrida. Prost é novamente o pole, tendo desta vez Arnoux, da Rocca, ao seu lado. É a primeira vez que a equipe italiana larga na primeira fila. Senna e Boutsen aparecem logo atrás, enquanto a terceira fila é ocupada por Piquet e Alboreto. Mansell e Palmer tiveram problemas e têm seus carros preparados nos boxes para a largada.
No asfalto abrasivo do circuito Hermanos Rodríguez, a grande maioria dos pilotos e equipes optaram por planejar uma parada para troca de pneus durante a prova, embora alguns venham com estratégia mais conservadora, tentando levar os pneus até o final. São os casos de Prost, os dois Potere e os dois Collepin.
A direção de prova ordena a saída dos mecânicos da pista e os carros partem para a volta de apresentação. O público no México faz festa como de costume, apesar da ameaça de chuva.
Os carros realinham no grid após aquecerem os pneus. Mansell e Palmer alinham nos pits. Em breve teremos a largada.

Largada: Prost - Arnoux - Senna - Boutsen - Piquet - Alboreto - Patrese - De Angelis - Berger - Nakajima - Bellof - Warwick - Johansson - Modena - Capelli - Streiff - Danner - Nannini - Bailey - Larini - Caffi - Baldi - Gugelmin - Alliot - Mansell - Palmer

[Volta 1] Acendem as luzes vermelhas, sobe o giro dos motores! Tudo pronto para o início da corrida. As luzes vermelhas se apagam, dando lugar para as verdes! Começa o GP do México! Prost larga bem e vai mantendo a ponta. Arnoux segura Senna. No Ese Moises Solana, Piquet vem por fora para atacar Boutsen, mas o belga não dá espaço e os dois se tocam. O brasileiro leva a pior e escapa da pista, passeando pela grama enquanto vê vários carros passarem. Arnoux fecha Senna no Ese del Lago. Nakajima vem por dentro e recupera a posição perdida para Bellof na largada. Piquet passa Streiff no mesmo ponto. Boutsen cola em Senna nos Eses. Na Peralta, o belga tira de lado para colocar por dentro e fazer a ultrapassagem. Piquet vem por dentro e passa Danner. Larini segura Gugelmin.

Fim da 1ª Volta: Prost - Arnoux - Boutsen - Senna - Alboreto - Patrese - De Angelis - Berger - Nakajima - Bellof - Johansson - Warwick - Modena - Capelli - Nannini - Piquet - Danner - Streiff - Bailey - Caffi - Larini - Gugelmin - Baldi - Alliot - Mansell - Palmer

[Volta 2] Boutsen já cola em Arnoux. Alboreto vem pra cima de Senna. Piquet vem por dentro no Ese Moises Solana para passar Nannini. O brasileiro já sai colado em Capelli e deixa o italiano para trás no Ese del Lago. Bailey pressiona Streiff. Arnoux segura Boutsen nos Eses, mas não consegue evitar que o belga tomasse a linha de dentro na Peralta para conseguir a ultrapassagem. Nakajima sai do vácuo de Berger e toma a linha de dentro na entrada da Peralta, fazendo a ultrapassagem. Johansson pressiona Bellof. Piquet ataca Modena e consegue a ultrapassagem na Peralta. Gugelmin passa Larini no mesmo ponto.

Fim da 2ª Volta: Prost - Boutsen - Arnoux - Senna - Alboreto - Patrese - De Angelis - Nakajima - Berger - Bellof - Johansson - Warwick - Piquet - Modena - Capelli - Nannini - Danner - Streiff - Bailey - Caffi - Gugelmin - Larini - Baldi - Alliot - Mansell - Palmer

[Volta 3] Prost vem firme na ponta, com 1,9 segundo de vantagem sobre Boutsen. Senna cola em Arnoux, trazendo Alboreto e Patrese consigo. Piquet vem pra cima de Warwick e já faz a ultrapassagem por dentro no Ese del Lago. O brasileiro já encosta em Johansson e segue tentando se recuperar na prova. Nannini pressiona Capelli. Piquet tira de lado na Peralta e vem por dentro para passar Johansson. Bailey passa Streiff no mesmo ponto. Baldi vem por dentro e passa Larini também na Peralta. Mansell cola em Alliot.

Fim da 3ª Volta: Prost - Boutsen - Arnoux - Senna - Alboreto - Patrese - De Angelis - Nakajima - Berger - Bellof - Piquet - Johansson - Warwick - Modena - Capelli - Nannini - Danner - Bailey - Streiff - Caffi - Gugelmin - Baldi - Larini - Alliot - Mansell - Palmer

[Volta 4] Arnoux bloqueia a linha de dentro na entrada do Ese Moises Solana e segura Senna. Na saída do esse, Alboreto sai na cola do brasileiro, pega o vácuo e tira de lado na entrada do Ese del Lago, deixando Senna para trás! Patrese já cola no piloto da Biscazzi, enquanto Alboreto vai à caça do companheiro Arnoux. Nakajima se aproxima de De Angelis. Piquet sai do vácuo de Bellof e faz a ultrapassagem por fora no Ese del Lago. Nannini segue na cola de Capelli. Caffi vem pra cima de Streiff. Mansell e Alliot disputam posição no Ese del Lago. O britânico vem por dentro, mas o francês não dá espaço e os dois se tocam. O Collepin roda na frente do Williams, atravessa a pista e vai parar no muro de proteção, enquanto Mansell segura o carro, mas não evita de passar pela grama. Palmer aproveita e deixa os dois para trás. Felizmente Alliot sai ileso do carro.

Fim da 4ª Volta: Prost - Boutsen - Arnoux - Alboreto - Senna - Patrese - De Angelis - Nakajima - Berger - Piquet - Bellof - Johansson - Warwick - Modena - Capelli - Nannini - Danner - Bailey - Streiff - Caffi - Gugelmin - Baldi - Larini - Palmer - Mansell - Alliot(fora)

[Volta 5] Alboreto pressiona Arnoux, que não tem um bom rendimento neste início de prova. Senna e Patrese seguem de perto. Nakajima pressiona De Angelis, enquanto Piquet cola em Berger. Johansson pressiona Bellof. Capelli é tocado por Nannini nos esses e roda, parando na área de escape. O italiano deixa o carro morrer e não há mais como voltar. Fim de prova para o carro 25. Gugelmin cola em Caffi.

Fim da 5ª Volta: Prost - Boutsen - Arnoux - Alboreto - Senna - Patrese - De Angelis - Nakajima - Berger - Piquet - Bellof - Johansson - Warwick - Modena - Nannini - Danner - Bailey - Streiff - Caffi - Gugelmin - Baldi - Larini - Palmer - Mansell - Capelli(fora)

[Volta 6] Alboreto sai do vácuo de Arnoux e toma a linha de dentro na entrada do Ese Moises Solana, conseguindo a ultrapassagem. Senna tenta vir no embalo, mas é bloqueado prontamente por Arnoux. Patrese aproveita para atacar o brasileiro, vindo por fora no Ese del Lago para fazer bela manobra de ultrapassagem! Enquanto isso, Nakajima sai do vácuo de De Angelis para fazer a ultrapassagem por dentro no Ese Moises Solana. Logo na seqüência, Piquet vem por dentro e passa Berger. Bellof vai segurando Johansson e Warwick. Bailey cola em Danner. Streiff segura Caffi. Palmer chega em Larini.

Fim da 6ª Volta: Prost - Boutsen - Alboreto - Arnoux - Patrese - Senna - Nakajima - De Angelis - Piquet - Berger - Bellof - Johansson - Warwick - Modena - Nannini - Danner - Bailey - Streiff - Caffi - Gugelmin - Baldi - Larini - Palmer - Mansell

[Volta 7] Boutsen é o mais rápido da pista neste momento e vai aos poucos reduzindo a diferença em relação a Prost, a qual neste momento está em 1,4 segundo. Patrese vem pra cima de Arnoux, trazendo Senna consigo. Johansson força por dentro na curva 6 e consegue passar Bellof. Gugelmin pressiona Caffi. Palmer usa a potência do motor Zakspeed para vir por dentro na Peralta e fazer a ultrapassagem sobre Larini. Mansell já chega nos dois.

Fim da 7ª Volta: Prost - Boutsen - Alboreto - Arnoux - Patrese - Senna - Nakajima - De Angelis - Piquet - Berger - Johansson - Bellof - Warwick - Modena - Nannini - Danner - Bailey - Streiff - Caffi - Gugelmin - Baldi - Palmer - Larini - Mansell

[Volta 8] Patrese sai do vácuo de Arnoux e consegue tomar a linha de dentro para fazer a ultrapassagem na entrada do Ese Moises Solana. Mansell passa Larini no mesmo ponto. Piquet vem voando para cima de De Angelis e não perde tempo com o italiano, tirando de lado na entrada da Peralta para fazer a ultrapassagem. Warwick cola em Bellof. Bailey pressiona Danner.

Fim da 8ª Volta: Prost - Boutsen - Alboreto - Patrese - Arnoux - Senna - Nakajima - Piquet - De Angelis - Berger - Johansson - Bellof - Warwick - Modena - Nannini - Danner - Bailey - Streiff - Caffi - Gugelmin - Baldi - Palmer - Mansell - Larini

[Volta 9] Senna reencontra Arnoux e pressiona o francês. Piquet já vem se aproximando de Nakajima. Caffi vem por dentro na Peralta e passa Streiff. Gugelmin e Baldi vêm na seqüência. Mansell força por dentro na Peralta e deixa Palmer para trás, se juntando ao bolo.

Fim da 9ª Volta: Prost - Boutsen - Alboreto - Patrese - Arnoux - Senna - Nakajima - Piquet - De Angelis - Berger - Johansson - Bellof - Warwick - Modena - Nannini - Danner - Bailey - Caffi - Streiff - Gugelmin - Baldi - Mansell - Palmer - Larini

[Volta 10] Arnoux fecha Senna no Ese Moises Solana e vai resistindo na quinta posição. Piquet pressiona Nakajima, mas o japonês não parece disposto a ceder a posição facilmente. Streiff segura Gugelmin. Mansell vem por dentro no Ese del Lago e passa Baldi. Palmer vem logo atrás e todos formam um bloco que persegue Caffi.

Fim da 10ª Volta: Prost - Boutsen - Alboreto - Patrese - Arnoux - Senna - Nakajima - Piquet - De Angelis - Berger - Johansson - Bellof - Warwick - Modena - Nannini - Danner - Bailey - Caffi - Streiff - Gugelmin - Mansell - Baldi - Palmer - Larini

[Volta 11] Senna segue pressionando Arnoux. Piquet vem no vácuo de Nakajima. O japonês bloqueia a linha de dentro, mas Piquet vem por fora na entrada do Ese Moises Solana para conseguir bela ultrapassagem sobre o Biscazzi! Danner segura Bailey. Mansell sai do vácuo de Gugelmin e faz a ultrapassagem por dentro no Ese Moises Solana. Palmer pressiona Baldi. Mansell já cola em Streiff e não perde tempo com o francês, tirando de lado na entrada da Peralta para fazer a ultrapassagem.

Fim da 11ª Volta: Prost - Boutsen - Alboreto - Patrese - Arnoux - Senna - Piquet - Nakajima - De Angelis - Berger - Johansson - Bellof - Warwick - Modena - Nannini - Danner - Bailey - Caffi - Mansell - Streiff - Gugelmin - Baldi - Palmer - Larini

[Volta 12] A diferença entre Prost e Boutsen cai para 0,8 segundos. Arnoux não dá espaço para Senna e segue resistindo em quinto. Warwick segue na cola de Bellof. Mansell vem por dentro no Ese del Lago e passa Caffi. Gugelmin pressiona Streiff. Palmer vem por dentro na Peralta e passa Baldi.

Fim da 12ª Volta: Prost - Boutsen - Alboreto - Patrese - Arnoux - Senna - Piquet - Nakajima - De Angelis - Berger - Johansson - Bellof - Warwick - Modena - Nannini - Danner - Bailey - Mansell - Caffi - Streiff - Gugelmin - Palmer - Baldi - Larini

[Volta 13] Senna tenta vir por dentro no Ese Moises Solana mais uma vez, mas Arnoux bloqueia e segue defendendo com unhas e dentes a quinta posição. Piquet já chega nos dois. Bailey segue na cola de Danner e Mansell se junta aos dois. Streiff segura Gugelmin, Palmer e Baldi.
[Volta 14] Arnoux fecha Senna mais uma vez no Ese Moises Solana e dá chance para Piquet atacar o Biscazzi. O piloto da Savoia vem por fora na entrada do Ese del Lago, onde Senna resiste. Os dois saem lado a lado e seguem emparelhados até a curva 6, onde Piquet espalha para cima do piloto da Biscazzi para tomar a sexta posição. Bela manobra! Boutsen cola em Prost. Danner e Bailey quase se tocam nos Esses. Mansell vem no vácuo do britânico e puxa para a direita na entrada da Peralta, deixando estreante para trás e já emparelhando com Danner. Na saída da curva o Williams tem mais tração e Mansell consegue a ultrapassagem dupla! Domingo de grandes manobras hoje!! Palmer vem por dentro na Peralta e passa Gugelmin.

Fim da 14ª Volta: Prost - Boutsen - Alboreto - Patrese - Arnoux - Piquet - Senna - Nakajima - De Angelis - Berger - Johansson - Bellof - Warwick - Modena - Nannini - Mansell - Danner - Bailey - Caffi - Streiff - Palmer - Gugelmin - Baldi - Larini

[Volta 15] Boutsen vem na cola de Prost, já estudando o melhor ponto para passar. Os dois vêm com estratégias diferentes, portanto não devem se atrapalhar na pista. Voando baixo, Piquet pressiona Arnoux nos esses, mas o francês resiste. Senna segue de perto. Bailey segue pressionando Danner. Streiff segura Palmer.
[Volta 16] Piquet sai do vácuo de Arnoux e puxa para a direita na entrada do Ese Moises Solana. Arnoux tenta fechar e quase joga o brasileiro para a grama, mas Piquet mantém-se firme por dentro e faz a ultrapassagem. Piquet gesticula no cockpit, reclamando da manobra do francês. Palmer vem por dentro no Ese Moises Solana e deixa Streiff para trás.

Fim da 16ª Volta: Prost - Boutsen - Alboreto - Patrese - Piquet - Arnoux - Senna - Nakajima - De Angelis - Berger - Johansson - Bellof - Warwick - Modena - Nannini - Mansell - Danner - Bailey - Caffi - Palmer - Streiff - Gugelmin - Baldi - Larini

[Volta 17] Boutsen sai do vácuo de Prost e vem por dentro no Ese Moises Solana para assumir a ponta. Senna volta a pressionar Arnoux. Bailey não consegue passar Danner. Gugelmin ataca Streiff.

Fim da 17ª Volta: Boutsen - Prost - Alboreto - Patrese - Piquet - Arnoux - Senna - Nakajima - De Angelis - Berger - Johansson - Bellof - Warwick - Modena - Nannini - Mansell - Danner - Bailey - Caffi - Palmer - Streiff - Gugelmin - Baldi - Larini

[Volta 18] Boutsen passa, mas não se distancia de Prost. Palmer vem pra cima de Caffi.
[Volta 19] Prost não sai da cola de Boutsen, parece que o belga não consegue mais imprimir o mesmo ritmo. Senna segue preso atrás de Arnoux. Palmer vem por dentro na freada do Ese Moises Solana e passa Caffi.

Fim da 19ª Volta: Boutsen - Prost - Alboreto - Patrese - Piquet - Arnoux - Senna - Nakajima - De Angelis - Berger - Johansson - Bellof - Warwick - Modena - Nannini - Mansell - Danner - Bailey - Palmer - Caffi - Streiff - Gugelmin - Baldi - Larini

[Volta 20] Piquet vem se aproximando de Patrese. Caffi espalha no Ese Moises Solana e escapa para fora da pista. O italiano volta, mas parece ter danificado algo em seu carro. O Minardi vem lento e se arrasta até os boxes, abandonando a prova.

Fim da 20ª Volta: Boutsen - Prost - Alboreto - Patrese - Piquet - Arnoux - Senna - Nakajima - De Angelis - Berger - Johansson - Bellof - Warwick - Modena - Nannini - Mansell - Danner - Bailey - Palmer - Streiff - Gugelmin - Baldi - Larini - Caffi(fora)

[Volta 21] Boutsen e Prost seguem juntos. Bailey segue na cola de Danner, enquanto Palmer se junta aos dois.

Fim da 21ª Volta: Boutsen - Prost - Alboreto - Patrese - Piquet - Arnoux - Senna - Nakajima - De Angelis - Berger - Johansson - Bellof - Warwick - Modena - Nannini - Mansell - Danner - Bailey - Palmer - Streiff - Gugelmin - Baldi - Larini

[Volta 22] Piquet cola em Patrese. Senna tira de lado no final da reta dos boxes e finalmente consegue tomar a linha de dentro para fazer a ultrapassagem sobre Arnoux. Mansell chega em Nannini. Palmer pressiona Bailey.

Fim da 22ª Volta: Boutsen - Prost - Alboreto - Patrese - Piquet - Senna - Arnoux - Nakajima - De Angelis - Berger - Johansson - Bellof - Warwick - Modena - Nannini - Mansell - Danner - Bailey - Palmer - Streiff - Gugelmin - Baldi - Larini

[Volta 23] Boutsen e Prost seguem juntos na ponta. Alboreto vem 12,0 segundos atrás do francês. Piquet pressiona Patrese. Palmer vem por dentro na entrada do Ese Moises Solana e passa Bailey. Mansell pressiona Nannini e já tira de lado na entrada da Peralta para fazer a ultrapassagem.

Fim da 23ª Volta: Boutsen - Prost - Alboreto - Patrese - Piquet - Senna - Arnoux - Nakajima - De Angelis - Berger - Johansson - Bellof - Warwick - Modena - Mansell - Nannini - Danner - Palmer - Bailey - Streiff - Gugelmin - Baldi - Larini

[Volta 24] Piquet pressiona Patrese, mas o italiano não dá passagem fácil. Danner segura Palmer.
[Volta 25] Piquet segue na cola de Patrese. Palmer vem por dentro no Ese Moises Solana e passa Danner. Boutsen começa a pegar tráfego.

Fim da 25ª Volta: Boutsen - Prost - Alboreto - Patrese - Piquet - Senna - Arnoux - Nakajima - De Angelis - Berger - Johansson - Bellof - Warwick - Modena - Mansell - Nannini - Palmer - Danner - Bailey - Streiff - Gugelmin - Baldi - Larini(1)

[Volta 26] Prost segue na cola de Boutsen. Piquet sai do vácuo de Patrese e tira de lado na freada do Ese Moises Solana para fazer a ultrapassagem. O brasileiro gesticula para o companheiro, reclamando por ter sido "atrapalhado".

Fim da 26ª Volta: Boutsen - Prost - Alboreto - Piquet - Patrese - Senna - Arnoux - Nakajima - De Angelis - Berger - Johansson - Bellof - Warwick - Modena - Mansell - Nannini - Palmer - Danner - Bailey - Streiff - Gugelmin - Baldi - Larini(1)

[Volta 27] Piquet cola em Alboreto, que já não tem o mesmo ritmo e vê os Savoia se aproximarem.
[Volta 28] Piquet pressiona Alboreto, enquanto Patrese segue de perto. Mansell cola em Modena. Boutsen e Prost pegam tráfego. Arnoux vem parando nos esses, com problemas. Corrida decepionante do francês, que prometia muito após largar na primeira fila.

Fim da 28ª Volta: Boutsen - Prost - Alboreto - Piquet - Patrese - Senna - Nakajima - De Angelis - Berger - Johansson - Bellof - Warwick - Modena - Mansell - Nannini - Palmer - Danner - Bailey - Arnoux(fora) - Streiff(1) - Gugelmin(1) - Baldi(1) - Larini(1)

[Volta 29] Alboreto fecha Piquet no Ese Moises Solana e vai resistindo na terceira posição. Mansell tira de lado e vem por dentro na Peralta para fazer mais uma ultrapassagem, agora sobre Modena.

Fim da 29ª Volta: Boutsen - Prost - Alboreto - Piquet - Patrese - Senna - Nakajima - De Angelis - Berger - Johansson - Bellof - Warwick - Mansell - Modena - Nannini - Palmer - Danner(1) - Bailey(1) - Streiff(1) - Gugelmin(1) - Baldi(1) - Larini(1) - Arnoux(fora)

[Volta 30] Piquet sai do vácuo de Alboreto e tira de lado na reta dos boxes. O motor Honda fala mais alto que o Megatron e Piquet chega em vantagem no Ese Moises Solana, conseguindo a ultrapassagem.

Fim da 30ª Volta: Boutsen - Prost - Piquet - Alboreto - Patrese - Senna - Nakajima - De Angelis - Berger - Johansson - Bellof - Warwick - Mansell - Modena - Nannini - Palmer(1) - Danner(1) - Bailey(1) - Streiff(1) - Gugelmin(1) - Baldi(1) - Larini(1)

[Volta 31] Patrese pressiona Alboreto. Baldi é o primeiro a ir aos boxes para troca de pneus.

Fim da 31ª Volta: Boutsen - Prost - Piquet - Alboreto - Patrese - Senna - Nakajima - De Angelis - Berger - Johansson - Bellof - Warwick - Mansell - Modena - Nannini - Palmer(1) - Danner(1) - Bailey(1) - Streiff(1) - Gugelmin(1) - Larini(1) - Baldi(1)

[Volta 32] Piquet vem 16,2 segundos atrás de Prost. Bela corrida de recuperação do brasileiro. Alboreto segura Patrese na Peralta. Johansson vem parando após os esses, soltando fumaça.

Fim da 32ª Volta: Boutsen - Prost - Piquet - Alboreto - Patrese - Senna - Nakajima - De Angelis - Berger - Bellof - Warwick - Mansell - Modena - Nannini - Johansson(fora) - Palmer(1) - Danner(1) - Bailey(1) - Streiff(1) - Gugelmin(1) - Larini(1) - Baldi(1)

[Volta 33] Alboreto segue resistindo aos ataques de Patrese. Bellof nos boxes para troca de pneus.

Fim da 33ª Volta: Boutsen - Prost - Piquet - Alboreto - Patrese - Senna - Nakajima - De Angelis - Berger - Warwick - Mansell - Modena - Nannini - Palmer(1) - Danner(1) - Bailey(1) - Bellof(1) - Streiff(1) - Gugelmin(1) - Larini(1) - Baldi(1) - Johansson(fora)

[Volta 34] Prost continua seguindo Boutsen de perto. Bellof cola em Danner. Bailey nos boxes.

Fim da 34ª Volta: Boutsen - Prost - Piquet - Alboreto - Patrese - Senna - Nakajima - De Angelis - Berger - Warwick - Mansell - Modena - Nannini(1) - Palmer(1) - Danner(1) - Bellof(1) - Streiff(1) - Gugelmin(1) - Larini(1) - Bailey(1) - Baldi(1)

[Volta 35] Piquet não consegue reduzir a diferença em relação aos Fittipaldi. Neste momento está em 16,6 segundos. Patrese segue na cola de Alboreto. Bellof vem por dentro no Ese Moises Solana e passa Danner. Mansell nos boxes para troca de pneus. Streiff também entra.

Fim da 35ª Volta: Boutsen - Prost - Piquet - Alboreto - Patrese - Senna - Nakajima - De Angelis - Berger - Warwick - Modena - Nannini(1) - Palmer(1) - Bellof(1) - Danner(1) - Gugelmin(1) - Mansell(1) - Larini(1) - Bailey(1) - Baldi(1) - Streiff(1)

[Volta 36] Prost segue na cola de Boutsen. Alboreto segura Patrese novamente no Ese Moises Solana e segue resistindo na quarta posição. Mansell passa Gugelmin no Ese del Lago.

Fim da 36ª Volta: Boutsen - Prost - Piquet - Alboreto - Patrese - Senna - Nakajima - De Angelis - Berger - Warwick - Modena - Nannini(1) - Palmer(1) - Bellof(1) - Danner(1) - Mansell(1) - Gugelmin(1) - Larini(1) - Bailey(1) - Baldi(1) - Streiff(1)

[Volta 37] Patrese segue na cola de Alboreto.

Fim da 37ª Volta: Boutsen - Prost - Piquet - Alboreto - Patrese - Senna - Nakajima - De Angelis - Berger - Warwick - Modena(1) - Nannini(1) - Palmer(1) - Bellof(1) - Danner(1) - Mansell(1) - Gugelmin(1) - Larini(1) - Bailey(1) - Baldi(1) - Streiff(1)

[Volta 38] Alboreto segue defendendo bem a quarta posição. Mansell cola em Danner. Modena erra na tomada do Ese del Lago, roda, atravessa a pista e vai parar na mureta de proteção. Felizmente o piloto sai ileso.

Fim da 38ª Volta: Boutsen - Prost - Piquet - Alboreto - Patrese - Senna - Nakajima - De Angelis - Berger - Warwick - Nannini(1) - Palmer(1) - Bellof(1) - Danner(1) - Mansell(1) - Gugelmin(1) - Larini(1) - Bailey(1) - Baldi(1) - Streiff(1) - Modena(fora)

[Volta 39] Patrese consegue tomar a linha de dentro na entrada do Ese Moises Solana e finalmente faz a ultrapassagem sobre Alboreto. Mansell vem por dentro no Ese del Lago e passa Danner.

Fim da 39ª Volta: Boutsen - Prost - Piquet - Patrese - Alboreto - Senna - Nakajima - De Angelis - Berger - Warwick - Nannini(1) - Palmer(1) - Bellof(1) - Mansell(1) - Danner(1) - Gugelmin(1) - Larini(1) - Bailey(1) - Baldi(1) - Streiff(1)

[Volta 40] Prost segue perseguindo Boutsen de perto, apenas aguardando a parada nos boxes do belga.

Fim da 40ª Volta: Boutsen - Prost - Piquet - Patrese - Alboreto - Senna - Nakajima - De Angelis - Berger - Warwick(1) - Nannini(1) - Palmer(1) - Bellof(1) - Mansell(1) - Danner(1) - Gugelmin(1) - Larini(1) - Bailey(1) - Baldi(1) - Streiff(1)

[Volta 41] Piquet vem 17,5 segundos atrás de Prost e não consegue se aproximar.
[Volta 42] Bellof se aproxima de Palmer.
[Volta 43] Bellof chega em Palmer e pressiona.

Fim da 43ª Volta: Boutsen - Prost - Piquet - Patrese - Alboreto - Senna - Nakajima - De Angelis - Berger - Warwick(1) - Nannini(1) - Palmer(1) - Bellof(1) - Mansell(1) - Danner(1) - Gugelmin(1) - Larini(1) - Bailey(1) - Baldi(1) - Streiff(2)

[Volta 44] Palmer segura no Ese del Lago, mas Bellof insiste e dá o bote por dentro no cotovelo.

Fim da 44ª Volta: Boutsen - Prost - Piquet - Patrese - Alboreto - Senna - Nakajima - De Angelis - Berger - Warwick(1) - Nannini(1) - Bellof(1) - Palmer(1) - Mansell(1) - Danner(1) - Gugelmin(1) - Larini(1) - Bailey(1) - Baldi(1) - Streiff(2)

[Volta 45] 2,6 segundos atrás de Alboreto, Senna não consegue reagir na prova e vai ficando mesmo com uma discreta sexta posição. Mansell chega em Palmer.
[Volta 46] Mansell vem por dentro na Peralta e passa Palmer.

Fim da 46ª Volta: Boutsen - Prost - Piquet - Patrese - Alboreto - Senna - Nakajima - De Angelis - Berger - Warwick(1) - Nannini(1) - Bellof(1) - Mansell(1) - Palmer(1) - Danner(1) - Gugelmin(1) - Larini(1) - Bailey(1) - Baldi(1) - Streiff(2)

[Volta 47] Prost segue na cola de Boutsen.
[Volta 48] A diferença entre Prost e Piquet aumenta para 18,4 segundos. O brasileiro pelo visto terá que se contentar com a terceira posição.
[Volta 49] Patrese vai aos boxes para troca de pneus.

Fim da 49ª Volta: Boutsen - Prost - Piquet - Alboreto - Senna - Nakajima - Patrese - De Angelis - Berger - Warwick(1) - Nannini(1) - Bellof(1) - Mansell(1) - Palmer(1) - Danner(1) - Gugelmin(1) - Larini(1) - Bailey(1) - Baldi(1) - Streiff(2)

[Volta 50] O líder Boutsen vai aos boxes. Piquet e Alboreto também páram. Nakajima também nos pits. Gugelmin e Larini também fazem suas paradas.

Fim da 50ª Volta: Prost - Boutsen - Senna - Piquet - Patrese - De Angelis - Alboreto - Nakajima - Berger - Warwick(1) - Nannini(1) - Bellof(1) - Mansell(1) - Palmer(1) - Danner(1) - Bailey(1) - Baldi(2) - Gugelmin(2) - Streiff(2) - Larini(2)

[Volta 51] Prost é líder, com 26,6 segundos de vantagem sobre Boutsen. Senna vem em terceiro, mas ainda não parou. Nannini sente o desgaste dos pneus e é ultrapassado pelos Williams de Bellof e Mansell. Streiff vem muito lento e é ultrapassado por Larini. O francês vai aos boxes e a equipe avalia que não há como seguir na prova.

Fim da 51ª Volta: Prost - Boutsen - Senna - Piquet - Patrese - De Angelis - Alboreto - Nakajima - Berger - Warwick(1) - Bellof(1) - Mansell(1) - Nannini(1) - Palmer(1) - Danner(1) - Bailey(2) - Baldi(2) - Gugelmin(2) - Larini(2) - Streiff(fora)

[Volta 52] Alboreto se aproxima de De Angelis para tentar recuperar um lugar na zona de pontos.

Fim da 52ª Volta: Prost - Boutsen - Senna - Piquet - Patrese - De Angelis - Alboreto - Nakajima - Berger - Warwick(1) - Bellof(1) - Mansell(1) - Nannini(1) - Palmer(1) - Danner(1) - Bailey(2) - Baldi(2) - Gugelmin(2) - Larini(2)

[Volta 53] Mansell cola em Bellof. Palmer se aproxima de Nannini.
[Volta 54] Alboreto cola em De Angelis. Mansell pressiona Bellof. Palmer passa Nannini no Ese Moises Solana.

Fim da 54ª Volta: Prost - Boutsen - Senna - Piquet - Patrese - De Angelis - Alboreto - Nakajima - Berger - Warwick(1) - Bellof(1) - Mansell(1) - Palmer(1) - Nannini(1) - Danner(1) - Bailey(2) - Baldi(2) - Gugelmin(2) - Larini(2)

[Volta 55] Alboreto pressiona De Angelis. Danner nos boxes. Os mecânicos da Benetton enfrentam problemas com a porca da roda traseira direita e perdem tempo na troca de pneus.

Fim da 55ª Volta: Prost - Boutsen - Senna - Piquet - Patrese - De Angelis - Alboreto - Nakajima - Berger - Warwick(1) - Bellof(1) - Mansell(1) - Palmer(1) - Nannini(1) - Bailey(2) - Baldi(2) - Gugelmin(2) - Danner(2) - Larini(2)

[Volta 56] Alboreto sai do vácuo de De Angelis e vem por dentro na entrada da Peralta, conseguindo a ultrapassagem que vale a sexta posição. Palmer nos boxes.

Fim da 56ª Volta: Prost - Boutsen - Senna - Piquet - Patrese - Alboreto - De Angelis - Nakajima - Berger - Warwick(1) - Bellof(1) - Mansell(1) - Nannini(1) - Palmer(2) - Bailey(2) - Baldi(2) - Gugelmin(2) - Danner(2) - Larini(2)

[Volta 57] Senna nos boxes. Warwick também faz sua parada.

Fim da 57ª Volta: Prost - Boutsen - Piquet - Patrese - Senna - Alboreto - De Angelis - Nakajima - Berger(1) - Bellof(1) - Mansell(1) - Warwick(1) - Nannini(1) - Palmer(2) - Bailey(2) - Baldi(2) - Gugelmin(2) - Danner(2) - Larini(2)

[Volta 58] Com boas voltas precedendo sua parada, Senna consegue ganhar a posição de Alboreto ao voltar dos boxes.
[Volta 59] Prost segue firme na ponta, sem parar. O francês dá mais uma aula de como fazer seus pneus durarem. Mansell segue na cola de Bellof.

Fim da 59ª Volta: Prost - Boutsen - Piquet - Patrese - Senna - Alboreto - De Angelis - Nakajima(1) - Berger(1) - Bellof(1) - Mansell(1) - Warwick(1) - Nannini(1) - Palmer(2) - Bailey(2) - Baldi(2) - Gugelmin(2) - Danner(2) - Larini(2)

[Volta 60] Prost vai abrindo caminho entre os retardatários, rumo à terceira vitória seguida na temporada.

Fim da 60ª Volta: Prost - Boutsen - Piquet - Patrese - Senna - Alboreto - De Angelis - Nakajima(1) - Berger(1) - Bellof(1) - Mansell(1) - Warwick(1) - Nannini(2) - Palmer(2) - Bailey(2) - Baldi(2) - Gugelmin(2) - Danner(2) - Larini(2)

[Volta 61] Senna se distancia de Alboreto e vai se isolando na quinta posição.
[Volta 62] Palmer passa Nannini na saída dos esses. O italiano enfrenta o alto desgaste dos pneus, enquanto a Collepin decide não fazer a troca.

Fim da 62ª Volta: Prost - Boutsen - Piquet - Patrese - Senna - Alboreto - De Angelis - Nakajima(1) - Berger(1) - Bellof(1) - Mansell(1) - Warwick(1) - Palmer(2) - Nannini(2) - Bailey(2) - Baldi(2) - Gugelmin(2) - Danner(2) - Larini(2)

[Volta 63] Prost tem 30,4 segundos de vantagem sobre Boutsen, ou seja, vem tranqüilo para a vitória. Piquet e Patrese vem na terceira e quarta posições, colocando a Savoia na segunda posição entre os construtores, embora a diferença para a Fittipaldi esteja aumentando ainda mais.
[Volta 64] Mansell segue na cola de Bellof, que não dá mole para o companheiro.

Fim da 64ª Volta: Prost - Boutsen - Piquet - Patrese - Senna - Alboreto - De Angelis(1) - Nakajima(1) - Berger(1) - Bellof(1) - Mansell(1) - Warwick(1) - Palmer(2) - Nannini(2) - Bailey(2) - Baldi(2) - Gugelmin(2) - Danner(2) - Larini(2)

[Volta 65] Impressionante o domínio da Fittipaldi neste início de temporada. Isolada no campeonato de construtores e tendo seus dois pilotos nas duas primeiras posições do campeonato de pilotos.
[Volta 66] Nannini segue se arrastando pela pista e é ultrapassado por Bailey e Baldi.

Fim da 66ª Volta: Prost - Boutsen - Piquet - Patrese - Senna - Alboreto - De Angelis(1) - Nakajima(1) - Berger(1) - Bellof(1) - Mansell(1) - Warwick(1) - Palmer(2) - Bailey(2) - Baldi(2) - Nannini(2) - Gugelmin(2) - Danner(2) - Larini(2)

[Volta 67] Prost, com os pneus desgastando, diminui o ritmo e a diferença em relação a Boutsen cai. De Angelis vem com os pneus muito desgastados e não consegue impedir a ultrapassagem de Nakajima na Peralta.

Fim da 67ª Volta: Prost - Boutsen - Piquet - Patrese - Senna - Alboreto - Nakajima(1) - De Angelis(1) - Berger(1) - Bellof(1) - Mansell(1) - Warwick(1) - Palmer(2) - Bailey(2) - Baldi(2) - Nannini(2) - Gugelmin(2) - Danner(2) - Larini(2)

[Volta 68] Com tranqüilidade, Prost completa a última volta, aponta na reta e recebe a bandeira quadriculada. Vence o GP do México o francês! Boutsen aparece para completar a dobradinha da Fittipaldi, que festeja muito no pitwall! Que temporada do time brasileiro! Piquet fecha o pódium. Patrese, Senna e Alboreto aparecem nas demais posições pontuáveis. Ainda deu tempo para Gugelmin passar Nannini, que se arrastava pela pista.

Fim da Corrida: Prost - Boutsen - Piquet - Patrese - Senna - Alboreto - Nakajima(1) - De Angelis(1) - Berger(1) - Bellof(1) - Mansell(1) - Warwick(1) - Palmer(2) - Bailey(2) - Baldi(2) - Gugelmin(2) - Nannini(2) - Danner(2) - Larini(2)

Classificação - Final:

Alain PROST (Fittipaldi/Fittipaldi/Goodyear) 1h31'07"333
Thierry BOUTSEN (Fittipaldi/Fittipaldi/Goodyear) +28"120
Nelson PIQUET (Savoia/Honda/Goodyear) +48"813
Riccardo PATRESE (Savoia/Honda/Goodyear) +55"370
Ayrton SENNA (Biscazzi/Honda/Goodyear) +1'01"188
Michele ALBORETO (Rocca/Megatron/Goodyear) +1'05"142
Satoru NAKAJIMA (Biscazzi/Honda/Goodyear) +1 volta
Elio DE ANGELIS (Potere/Ferrari/Goodyear) +1 volta
Gerhard BERGER (Potere/Ferrari/Goodyear) +1 volta
10º Stefan BELLOF (Williams/Judd/Goodyear) +1 volta
11º Nigel MANSELL (Williams/Judd/Goodyear) +1 volta
12º Derek WARWICK (Nürburg/Zakspeed/Goodyear) +1 volta
13º Jonathan PALMER (Nürburg/Zakspeed/Goodyear) +2 voltas
14º Julian BAILEY (Vector/Ford-Cosworth/Goodyear) +2 voltas
15º Mauro BALDI (Tyrant/Judd/Goodyear) +2 voltas
16º Maurício GUGELMIN (Minardi/Ford-Cosworth/Goodyear) +2 voltas
17º Alessandro NANNINI (Collepin/Ford-Cosworth/Goodyear) +2 voltas
18º Christian DANNER (Benetton/Ford-Cosworth/Goodyear) +2 voltas
19º Nicola LARINI (Larrousse/Ford-Cosworth/Goodyear) +2 voltas

AB Philippe STREIFF (Larrousse/Ford-Cosworth/Goodyear) 48 voltas
AB Stefano MODENA (Project Four/Judd/Goodyear) 36 voltas
AB Stefan JOHANSSON (Vector/Ford-Cosworth/Goodyear) 31 voltas
AB René ARNOUX (Rocca/Megatron/Goodyear) 27 voltas
AB Alex CAFFI (Minardi/Ford-Cosworth/Goodyear) 19 voltas
AB Ivan CAPELLI (Project Four/Judd/Goodyear) 4 voltas
AB Philippe ALLIOT (Collepin/Ford-Cosworth/Goodyear) 3 voltas

NQ Martin BRUNDLE (Tyrant/Judd/Goodyear)
NQ Pierluigi MARTINI (Benetton/Ford-Cosworth/Goodyear)
NQ Adrián CAMPOS (AGS/Ford-Cosworth/Goodyear)
NQ Bernd SCHNEIDER (AGS/Ford-Cosworth/Goodyear)


Quebras/Acidentes:

Palmer =($0)= vela

Mansell =($0)= ignição

Alliot =($200)= acidente

Capelli =($0)= acidente

Caffi =($0)= suspensão

Arnoux =($0)= embreagem

Johansson =($0)= motor

Streiff =($0)= pressão do combustível

Modena =($200)= acidente
avatar
Saimon
Admin

Mensagens : 2380
Data de inscrição : 11/12/2012
Idade : 32
Localização : Jaraguá do Sul

Ver perfil do usuário http://gpmanager.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Classificação do Campeonato após a Corrida

Mensagem  Saimon em 3/4/2018, 20:46

Mundial de Pilotos:

1º A. Prost = 27 pts.
2º T. Boutsen = 19 pts.
3º A. Senna = 17 pts.
4º N. Piquet = 14 pts.
5º R. Patrese = 7 pts.
6º S. Johansson = 4 pts.
7º R. Arnoux = 4 pts.
8º D. Warwick = 3 pts.
9º S. Modena = 2 pts.
10º G. Berger = 1 pt.
--- J. Palmer = 1 pt.
--- M. Alboreto = 1 pt.

Mundial de Construtores:

1º Fittipaldi = 46 pts.
2º Savoia = 21 pts.
3º Biscazzi = 17 pts.
4º Rocca = 5 pts.
5º Vector = 4 pts.
6º Nürburg = 4 pts.
7º Project Four = 2 pts.
8º Potere = 1 pt.
avatar
Saimon
Admin

Mensagens : 2380
Data de inscrição : 11/12/2012
Idade : 32
Localização : Jaraguá do Sul

Ver perfil do usuário http://gpmanager.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1988 - 4ª Corrida - GP do México

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum