1987 - Sala de Imprensa

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

1987 - Sala de Imprensa

Mensagem  Saimon em 18/4/2017, 19:36

Tópico destinado às notícias e anúncios oficiais da temporada de 1987.
avatar
Saimon
Admin

Mensagens : 1979
Data de inscrição : 11/12/2012
Idade : 32
Localização : Jaraguá do Sul

Ver perfil do usuário http://gpmanager.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1987 - Sala de Imprensa

Mensagem  Reinhold_Klotz em 20/4/2017, 09:25

Nürburg anuncia venda de Alessandro Nannini

Em meio ao agitado período da dança das cadeiras na Fórmula 1, a Nürburg anunciou a saída de Alessandro Nannini rumo à novata Raynor. O chefe da equipe alemã, Reinhold Klotz, agradeceu o trabalho do italiano e desejou sorte em este novo desafio. Em sua temporada de estreia, Nannini conseguiu o melhor resultado de classificação da história da Nürburg logo na primeira etapa, mas ficou marcado por não completar as provas, sobretudo por quebras.

Perguntado sobre o que motivou a saída do piloto, Klotz declarou que não havia feito parte das conversas com o representante da West (patrocinadora principal da equipe), mas que recebeu uma lista de possíveis companheiros para Derek Warwick para que a parceria fosse renovada e Alessandro Nannini não estava entre eles. O alemão ainda comentou que possa ter havido algum descontentamento na West após o desempenho do novato italiano ter sido inferior ao de Christian Danner, piloto alemão que pontuou pela equipe em 1985 e que seria custeado pelo patrocinador no ano seguinte.

Ao final, Klotz foi perguntado sobre quem seria o companheiro ideal para Derek Warwick e despistou dizendo acreditar que "Senna e Warwick fariam uma ótima dupla".
avatar
Reinhold_Klotz

Mensagens : 34
Data de inscrição : 23/02/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1987 - Sala de Imprensa

Mensagem  Giovane Biscazzi em 2/5/2017, 22:23

Biscazzi vira incógnita na Formula 1
Após a divulgação oficial das sondagens para a temporada de 1987, a equipe campeã de 1979 tornou-se uma verdadeira incógnita: sem Jody Scheckter, Giovane Biscazzi parece que perdeu a noção do ridículo preterindo o queridinho da equipe Michele Alboreto para sondar Ayrton Senna e Nigel Mansell. Como Satoru Nakajima chegou à equipe para a continuidade da parceria Biscazzi/Honda, se Giovane não contratar um piloto italiano para substituir Alboreto, automaticamente a Biscazzi perderá os dois patrocinadores. Ou seja, terá que sobreviver de resultados. Perguntado sobre isso, Giovane Biscazzi foi curto e preciso:

"Por que perderíamos os patrocinadores? Não descumprimos nenhuma exigência contratual."

Ao ser questionado se levaria em frente as sondagens realizadas com Senna e Mansell, o manager da equipe de Verona baixou a cabeça e foi embora.
avatar
Giovane Biscazzi

Mensagens : 277
Data de inscrição : 14/01/2013
Idade : 37
Localização : Hortolândia/SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1987 - Sala de Imprensa

Mensagem  Giovane Biscazzi em 3/5/2017, 20:20

Miniaturas de F1 pretas, sem patrocínio e com Senna são vendidas no Japão
O mistério envolvendo a sondagem da Biscazzi em Ayrton Senna ganhou um novo capítulo. Na tarde de hoje, várias miniaturas de um carro de Formula 1 preto e sem patrocínio, tendo no cockpit um piloto com o capacete de Ayrton Senna, foram encontradas para compra no Japão. Os primeiros exemplares surgiram na cidade natal de Satoru Nakajima, Okazaki. Depois noticiou-se uma avalanche de unidades nas proximidades da sede da Honda, em Tóquio. O fato de as miniaturas não terem patrocínio - a carenagem final não aparece nas miniaturas - corrobora para a sondagem realizada pela Biscazzi ter sido levada adiante por Giovane Biscazzi, haja vista que a Fittipaldi correrá de amarelo e, se Senna assinar com a Biscazzi, Giovane poderá pintar o carro da cor que quiser, pois terá que chefiar sua equipe totalmente sem patrocínios.


No entanto, depois de ser visto pela manhã visitando a Basílica de São Pedro no Vaticano, Giovane Biscazzi almoçou num restaurante romano com um homem que parecia demais com Emanuele Pirro.


Última edição por Giovane Biscazzi em 4/5/2017, 23:27, editado 1 vez(es)
avatar
Giovane Biscazzi

Mensagens : 277
Data de inscrição : 14/01/2013
Idade : 37
Localização : Hortolândia/SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1987 - Sala de Imprensa

Mensagem  Rodrigo Rocca em 4/5/2017, 17:18

Byrne retorna a Rocca
Claudio Carsughi

Rory Byrne está de volta a Scuderia Rocca. O sulafricano, que tem contrato assinado com a equipe Williams, retornará a equipe do sul da Itália, que foi sua porta de entrada na Fórmula 1. Byrne, em 1983, assinou seu primeiro contrato na categoria máxima do automobilismo mundial para otimizar o chassis RR-183 e projetar o RR-184 e o RR-185, que rendeu a Scuderia sua primeira vitória.
sua
Após projetos realizados na Arrows e na Williams, o retorno de Byrne fez com que a Scuderia Rocca desembolsasse cerca de $6.500 na rescisão de contrato do engenheiro com o time administrado por Diego Sanches, um alto investimento mas que elimina as maiores preocupações imediatas de Rodrigo Rocca: a otimização necessária ao RR-187 e o projeto do RR-188.

Rocca comentou durante a apresentação de Byrne: "Nem precisava de apresentação. Ele já sabe onde fica a máquina de café, sua mesa está no mesmo lugar, até a máquina de escrever é a mesma (risos). Mas agora falando sério, é com imensa satisfação que anunciamos seu retorno. Byrne é um dos personagens mais importantes e queridos da história da nossa equipe e seu retorno mostra o quanto progredimos nos últimos anos."

Sobre a procura por um de engenheiro de pista, Rocca foi incisivo: "Estamos em fase final de negociações com Neil Oatley para trabalhar junto com Byrne, tanto na otimização do RR-187 quanto no futuro RR-188. Queremos evitar os atrasos que tivemos nos últimos anos e ter o RR-188 pronto já em Outubro e otimizado já em Dezembro e enxergamos em Oatley o nome ideal para isso. Já acertamos salários e ainda estamos negociando o tempo de contrato.".

Rocca aproveitou para despedir-se e agradecer a Michel Tétu pelo projeto do RR-187: "Com a negociação concluída com Byrne e adiantada com Oatley, anunciamos a rescisão de contrato de Michel Tétu. Ele, que já havia trabalhado na otimização do RR-184 no início de 1984, foi muito importante no acerto do carro de 1986 e no projeto do nosso novo carro. Esperamos que um dia Tétu possa retornar a equipe, onde é muito querido por todos. Por agora, lhe desejamos muita sorte em seus projetos para essa temporada."

Quanto perguntado sobre motores e pilotos, Rocca preferiu dizer que será tema para outra coletiva. "Teremos novidades em breve. Quanto aos motores, já está decidido, mas quanto aos pilotos ainda não. Só posso adiantar que teremos um piloto italiano e a decisão depende um pouco do futuro de um piloto e de uma equipe que já conquistaram o mundial."
avatar
Rodrigo Rocca

Mensagens : 286
Data de inscrição : 08/01/2013
Idade : 65
Localização : Catania, Itália

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1987 - Sala de Imprensa

Mensagem  Giovane Biscazzi em 4/5/2017, 23:18

Giovane Biscazzi e Liam Wilson jogam golfe em Verona
Faltando menos de 48 horas para o anúncio das primeiras "novas" contratações para a temporada de 1987 da Formula 1, os chefões de Biscazzi e Vector passaram o dia na área verde da sede da Biscazzi em Isola della Scala, Verona. Além de conversarem por horas, Giovane Biscazzi e Liam Wilson jogaram golfe no belíssimo campo privado da equipe italiana.

Infelizmente a Biscazzi não permitiu a entrada da imprensa na área verde onde os managers se reuniram para travar uma disputa (no bom sentido) fora das pistas. No entanto, quem saiu da sede disse que Giovane Biscazzi estava sereno e feliz, totalmente oposto daquele manager carrancudo e impaciente que o mundo da velocidade viu em seu último pronunciamento.
avatar
Giovane Biscazzi

Mensagens : 277
Data de inscrição : 14/01/2013
Idade : 37
Localização : Hortolândia/SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

BOMBA: Tyrant testa em Silverstone

Mensagem  Daniel King em 5/5/2017, 09:21

Em teste fechado em Northamptonshire, a Tyrant testou seu carro do ano anterior, registrando exaustivas voltas com seu principal piloto, o italiano Elio de Angelis. Com a entrada limitada, nossa equipe conseguiu apenas uma foto do antigo T186 que, sem a carenagem de proteção do motor, mostrava um propulsor muito maior do que o usado em 1986, indicando que os testes realizados podem dizer respeito à maluca ideia de King utilizar os pouco potentes motores aspirados da Ford-Cosworth nesta temporada. Embora a imprensa especializada tenha cogitado os turbo GBA empurrando o excelente T187 que está em fase de conclusão, a história cada vez mais se inverte.

King, que passou todo o tempo cronometrando e acompanhando as voltas de De Angelis (Brundle foi liberado para passar férias com a família), pouco esboçava reações. O fato é que nada lhe impede de utilizar os piores motores do grid em 1987 e ele parece não ouvir os demais. Será que a insanidade de Biscazzi pegou em King? Vai saber...

avatar
Daniel King

Mensagens : 338
Data de inscrição : 19/12/2012
Idade : 97
Localização : Glasgow, Escócia

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/danielantoniofelicianodegiuli

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Londres, King, Biscazzi e Toforza são vistos jantando juntos

Mensagem  Daniel King em 5/5/2017, 09:31

Ao que parece, a dupla de malucos virou agora um trio. King, Biscazzi e Toforza são vistos os três, jantando e negociando o futuro de suas equipes. King, que tem uma dupla negociável, De Angelis e Postlethwaite, pode estar próximo de fechar a ida de seus dois melhores integrantes de seu staff para a Biscazzi e Benetton, respectivamente. Falando muito alto, era possível ouvir muito a palavra "DUCKWORTH" praticamente gritada aos berros e risos pelo chefão escocês, enquanto Biscazzi ria e falava coisas desconexas completando com "DE ANGELIS". Toforza, mais comedido, falava que "Postlethwaite será de grande valia na sua equipe".

O fato é que a Formula 1 parece ter ficado maluca, e King, Biscazzi e Toforza são os três patetas da vez.


King se esbaldando em sonhos de sobremesa, após o incidente maluco com Biscazzi e Toforza
avatar
Daniel King

Mensagens : 338
Data de inscrição : 19/12/2012
Idade : 97
Localização : Glasgow, Escócia

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/danielantoniofelicianodegiuli

Voltar ao Topo Ir em baixo

BOMBA: Fabi na Tyrant?!?!?!

Mensagem  Daniel King em 5/5/2017, 09:54

E a maluquice de King toma mais forma. Esta manhã, a loja da equipe foi lotada de camisetas com a foto de Teo Fabi e um carro azul claro, da Tyrant. O que parecia ser alguma ponta de estoque, torna cada vez mais possível a vinda do italiano, uma vez que o carro que Fabi pilotou em 1984 não era da mesma cor do apresentado na camiseta. A possível ida de De Angelis para a Biscazzi ainda reforça mais o fato, justamente porque Wilson e o chefão italiano foram visto jogando golfe e talvez negociando essas possíveis vendas em conjunto.

De qualquer modo, em alguns dias saberemos o desfecho dessa novela mexicana.
avatar
Daniel King

Mensagens : 338
Data de inscrição : 19/12/2012
Idade : 97
Localização : Glasgow, Escócia

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/danielantoniofelicianodegiuli

Voltar ao Topo Ir em baixo

King é visto caçando alces na Alemanha Ocidental, após visita à sede da Nürburg

Mensagem  Daniel King em 5/5/2017, 10:01

Após um encontro entre Klotz e King, no qual, segundo testemunhas, King gritou "NEIN! NEIN! NEIN!" e bateu diversas vezes com o sapato na mesa, após tentarem lhe subornar com o contrato de um piloto inglês importante para utilizar os turbo Ford-Cosworth GBA em sua equipe, o chefão escocês da Tyrant foi visto caçando alces na floresta negra, com sua nova carabina de repetição automática.
King, que não gosta de animais, ainda fez um excelente churrasco para alguns amigos, logo após a caçada.


King mostrando toda sua classe após abater um alce
avatar
Daniel King

Mensagens : 338
Data de inscrição : 19/12/2012
Idade : 97
Localização : Glasgow, Escócia

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/danielantoniofelicianodegiuli

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1987 - Sala de Imprensa

Mensagem  Rodrigo Rocca em 5/5/2017, 14:57

Formula 1 1987: Bastidores movimentados na dança das cadeiras no circo
Claudio Carsughi

Tudo parece imprevisível nesse momento. A Biscazzi, ao optar por não renovar com Michelle Alboreto, mudou toda a dinâmica da dança das cadeiras do circo da Fórmula 1 para 1987. O que acontecerá? Ouvi Rodrigo Rocca hoje de manhã, já que sua equipe é diretamente impactada pela escolha da Biscazzi: "Tivemos um reconhecimento por parte dos nossos patrocinadores, em virtude do fantástico quinto lugar no mundial de construtores, e esse reconhecimento nos permitiu promover o retorno de Rory Byrne. Mas temos uma vaga em aberto e essa vaga depende diretamente do que a Biscazzi decidirá. Aliás, acho que Fittipaldi, Williams, Potere, Benetton, Tyrant e Vector estejam monitorando todos os passos de Giovanni Biscazzi."

Depois Rocca foi mais incisivo: "Estamos apalavrados com dois pilotos e a decisão da Biscazzi impacta diretamente na escolha. Como eu não acho que Giovanni seja maluco e não vai rasgar $60 mil e também acho que ele não terá um estreante no seu primeiro carro, creio que pague a multa rescisória e traga Téo Fabi ou Elio de Angelis, e isso desencadeará um efeito dominó no grid, com as equipes contratando outros pilotos. O que muda para nós? Em principio, teremos um piloto italiano, mas qual deles só decidiremos depois de Giovanni comunicar sua decisão."
avatar
Rodrigo Rocca

Mensagens : 286
Data de inscrição : 08/01/2013
Idade : 65
Localização : Catania, Itália

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1987 - Sala de Imprensa

Mensagem  Giovane Biscazzi em 6/5/2017, 00:22

Giovane Biscazzi permanece em Londres
Depois do confuso jantar com King e Toforza e ainda sem falar com a imprensa, o chefão da Biscazzi hospedou-se no Hilton Hotel em Londres. Faltando poucas horas para o anúncio das primeiras "novas" contratações para a temporada de 1987 da Formula 1, funcionários do hotel disseram que Giovane pareceu bastante tranquilo e que não saiu de seu quarto desde que entrou lá.
avatar
Giovane Biscazzi

Mensagens : 277
Data de inscrição : 14/01/2013
Idade : 37
Localização : Hortolândia/SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1987 - Sala de Imprensa

Mensagem  Giovane Biscazzi em 6/5/2017, 11:59

Giovane Biscazzi chega à Esher
O chefão da equipe de Verona deixou o Hilton Hotel de Londres bem cedo. Seguido pela imprensa, Giovane dirigiu por aproximadamente 30 km, até chegar a Esher. Quando perguntado o que estaria fazendo lá, ele respondeu com um sorriso transbordando confiança:
"Vim conversar com um piloto que escreverá o novo capítulo da história da Biscazzi na Formula 1."
avatar
Giovane Biscazzi

Mensagens : 277
Data de inscrição : 14/01/2013
Idade : 37
Localização : Hortolândia/SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1987 - Sala de Imprensa

Mensagem  Giovane Biscazzi em 6/5/2017, 17:15

Giovane Biscazzi anuncia Senna e Barnard
Depois de muito suspense por parte do chefão da equipe de Verona, enfim Ayrton Senna e John Barnard foram confirmados para as vagas de Michele Alboreto e Gerard Ducarouge, respectivamente. Apesar de a Biscazzi projetar um futuro incrivelmente promissor com essas contratações, a saída dos patrocinadores por descumprimento de cláusulas de contrato deixam a campeã de 1979 no fio da navalha. Sobre isso, Giovane falou rapidamente em sua saída do casarão que Senna divide com outro piloto brasileiro (Gugelmim) em Esher:
"A Biscazzi prezou pelo conservadorismo durante muito tempo. Conseguimos vencer dois campeonatos de pilotos e um de construtores assim, mas é pouco. Em 1987 vamos cortar gastos supérfluos e investir pesado no carro de Ayrton. Queremos fazê-lo novamente campeão do mundo e não vamos medir esforços para isso. Sobre o carro, já adianto que a saída da Olivetti nos dá liberdade para fazermos o que quiser. Correremos com ele todo preto, mas com os seguintes dizeres em dourado nas laterais: de um lado 'Sim, nós podemos!' e do outro 'A nicotina vai matar você!'. Nosso objetivo, como disse, é fazer Ayrton campeão do mundo. Esperamos que ele conquiste vitórias e nos ajude a superar todas as dificuldades de 1987, que será para a Biscazzi o ano mais importante de sua história. SIM, NÓS PODEMOS!"
avatar
Giovane Biscazzi

Mensagens : 277
Data de inscrição : 14/01/2013
Idade : 37
Localização : Hortolândia/SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Gianluca Toforza é demitido da Benetton

Mensagem  Saimon em 6/5/2017, 17:55

Péssima gestão do italiano termina em demissão
Gazzetta dello Sport

Após reunião esta tarde na sede da Benetton, o manager Gianluca Toforza foi destituído do cargo na equipe anglo-italiana. Luciano Benetton cansou-se das trapalhadas administrativas de Toforza e demitiu o italiano. As trapalhadas passaram por uma má gestão dos engenheiros e um chassi bastante ruim desenvolvido para 1987, além de péssimo desempenho no mercado de pilotos (perdendo os atuais pilotos para outras equipes e não conseguindo ninguém para substituir à altura). Nem o pódium conquistado na Áustria (com muita sorte, diga-se de passagem) serviu para salvar o cargo de Toforza.
A Benetton procura um novo manager imediatamente.
avatar
Saimon
Admin

Mensagens : 1979
Data de inscrição : 11/12/2012
Idade : 32
Localização : Jaraguá do Sul

Ver perfil do usuário http://gpmanager.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Para Giorgio Montone, Prost e Piquet terão de suar a camisa pelo título de pilotos

Mensagem  Giorgio Montone em 7/5/2017, 09:36

Após o retorno do bicampeão Nelson Piquet à equipe que o consagrou, o caminho da Savoia para mais um título parecia sacramentado. A conversa que pairava na sede da equipe, em Como, era se Prost conseguiria renovar seu título sobre seu velho desafeto, ou se o brasileiro se igualaria às lendas Lauda e Stewart como tricampeão mundial.

Para Giorgio Montone, a ida de Senna e Barnard para a Biscazzi pode ter mudado esse paradigma: "Barnard consegue justamente reforçar os pontos mais fracos do SMB.1987, ao passo que o Ayrton traz habilidade e arrojo que faltavam à Biscazzi nos últimos anos. Acredito que vá haver uma renhida luta entre os três campeões mundiais".

O certo é que a disputa interna da Savoia será bastante interessante, uma vez que, além de os dois campeões não serem melhores amigos, estão com a disputa interna "empatada": Piquet ficou na frente em 83, enquanto o francês se sobressaiu em 84.
avatar
Giorgio Montone

Mensagens : 96
Data de inscrição : 09/01/2013
Idade : 91
Localização : Modena

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

King comenta sua 'loucura' e garante: "Queremos os troféus Jim Clark e Colin Chapman!"

Mensagem  Daniel King em 8/5/2017, 11:49

The Sun

Após duas semanas cheias, King enfim resolveu falar à imprensa. Intitulado de 'O Louco' King pelas decisões das últimas semanas, o escocês, que já arrumou brigas com o então chefe da Ferrari, deixou Rocca aos prantos ao chamá-lo de "chato e chorão", formou alianças improváveis com os chefes da Biscazzi, Benetton e Vector, além de desafiar o chefe da Nürburg, abriu o jogo para nossa equipe, em sua casa às margens do lago Ness, em Drumnadrochit, Escócia.

TS: Nessas últimas semanas, a imprensa cogitou sua saída da Tyrant. Após isso, várias decisões suas lhe valeram o título de 'O Louco'. Seus dias est...
(King interrompe o repórter)
K: Eu gosto de títulos. Eu por exemplo costumava chamar o Oliveira de 'Burro' (risos), pelas atitudes dele na Ferrari. Chamei o Rocca de 'Chato e Chorão' por ele insistir tanto em comprar o contrato do De Angelis pelo mínimo, achando que estava fazendo um favor para mim (risos). Então é normal que eu receba um título. E gosto do que recebi. Fazemos loucuras todos os dias para manter uma equipe funcionado. Os pilotos correm sabendo que podem morrer a qualquer erro, são outros loucos. Mas gostamos do que fazemos.

TS: Continuando, seus dias estão contados no circo da Formula 1?
K: A imprensa marrom gosta de cogitar coisas relacionadas ao meu nome. Me colocam fora da Tyrant o tempo todo. Engraçado que quando eu resolvi encerrar meu ciclo na Ferrari, a imprensa nem sonhava com isso. Agora todo fim de temporada, estou fora (risos). Porém estou cada vez mais dentro e motivado.

TS: Quando você retornou à Tyrant, os fãs esperavam que a equipe voltasse a seus tempos de glória. Agora você anuncia a contratação dos motores Ford-Cosworth DFZ, os piores da temporada. O que podemos esperar da Tyrant para 1987?
K: Se buscar ser campeão dos Troféus Jim Clark e Colin Chapman não é glória, não sei o que mais seria (risos). Apenas os DFZ me permitem, neste momento, trazer algo que os fãs da equipe possam se orgulhar. De Angelis merece um título, se eu não posso lhe dar o mundial, lhe darei o Jim Clark. Se os fãs querem um título, lhes darei o Colin Chapman. Buscamos uma evolução a longo prazo. Os motores aspirados são o futuro, já anunciado pela FIA. Vamos sair na frente e trabalhar desde já com ele, porque quando as grandes resolverem buscar a tecnologia, já teremos dois anos de vantagem.

TS: Os troféus Jim Clark e Colin Chapman são incentivos às equipes pequenas. A Tyrant passa muito longe de ser uma equipe pequena. Sacrificar possíveis pódios por títulos destinados às equipes menores não é algo...
(King interrompe novamente o repórter)
K: São dois troféus. Temos o melhor carro, temos os melhores pilotos, temos Keith Duckworth. Temos o bônus de poder correr com o carro mais leve em relação às equipes equipadas com motores turbo. Pódios seriam possíveis, mas não garantidos. Não estou arriscando, estou garantindo algum retorno para o trabalho da minha equipe.

TS: Relativo aos seus pilotos, Elio de Angelis e Martin Brundle. Eles já falaram algo a respeito de suas decisões?
K: Não conversamos a respeito ainda, mas creio que ambos terão uma temporada divertida, sem muitas exigências. Será uma temporada para brincar (risos).

TS: Caso seu plano não der certo, o que poderemos esperar para a Tyrant em 1988?
K: Esperem ela correndo com as cores iguais a que a Biscazzi adotou em 1987 (risos).
avatar
Daniel King

Mensagens : 338
Data de inscrição : 19/12/2012
Idade : 97
Localização : Glasgow, Escócia

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/danielantoniofelicianodegiuli

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1987 - Sala de Imprensa

Mensagem  Rodrigo Rocca em 9/5/2017, 02:42

Rocca apresenta pacote técnico e revela suas expectativas para 1987
Cláudio Carsughi

Finalmente a Rocca apresentou seu pacote técnico para 1988. O carro projetado por Michel Tétu, que não faz mais parte do staff da equipe italiana, será otimizado por Rory Byrne, ex-Williams e Rocca, e Neil Oatley, recém contratado. O chassis, batizado de RR-187, será empurrado pelo motor Megatron M12/13 e pilotado mais uma vez por René Arnoux, o decano do grid e que vem em sua melhor fase na carreira, e o italiano Andrea de Cesaris.

Rocca comentou: "Esperamos, com o staff contratado, recuperar o atraso no nosso projeto de 1987 e estar em condições de colocar nossos carros com grande frequencia no top-10 do grid de largada e nos manter entre as seis melhores equipes do mundial de construtores, que é onde estivemos em 1985 e 1986. Não será nada fácil, como não foi nos anos anteriores, mas sinto a equipe preparada para isso e principalmente para poder crescer ainda mais em 1988."

Quando perguntado sobre seus rivais, Rocca falou rapidamente: "Savoia, Fittipaldi, Biscazzi e Williams parecem ter dado um salto nessa temporada. Talvez nossa briga seja mais com Potere, Vector, Nurburg e Tyrant. Fernando Oliveira é um dos managers mais competentes da história da Fórmula 1 e terá um pacote interessantíssimo com sua Potere, enquanto Liam Wilson conseguiu um dos melhores motores do grid e bons pilotos para a Vector. A Nurburg terá o mesmo motor Megatron que nós e a Tyrant será um caso interessante, com de Angelis, um ótimo chassis e a novidade do retorno do motor aspirado."

Quando perguntado sobre as declarações do manager da Tyrant, Rocca sorriu dizendo: "Ele faz bem ao grid, anima a todos.".

Sobre a contratação de Senna, Rodrigo também comentou: "Giovanni Biscazzi é louco sim, e são loucos que pensem além do óbvio que ganham títulos. Espero que sua equipe consiga sobreviver sem os patrocinadores. A Rocca e a grande maioria das equipes do grid não conseguiria nesse momento."

Sobre as outras sete equipes, Rocca ainda fez um breve comentário, para encerrar a entrevista: "A Benetton teve dificuldades no mercado e deve perder terreno em 1987, apesar de ter reagido rapidamente com a contratação de Postlethwaite. A Minardi tem um motor potente e creio que a veremos no grid com enorme frequência, inclusive pontuando. Das equipes com Alfa Romeo, a AGS pode surpreender e a Larrousse deve ser a maior surpresa do fundo do grid, apesar de ter que passar pela pré-qualificação. A Project Four deu passos firmes na busca por retornar ao papel de equipe média, ao se reforçar com inteligência. A Raynor tem Nannini, um bom projetista e pode surpreender. A Collepin tem Mauro Baldi e nós da Rocca sabemos o quanto ele pode ser um diferencial positivo."
avatar
Rodrigo Rocca

Mensagens : 286
Data de inscrição : 08/01/2013
Idade : 65
Localização : Catania, Itália

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1987 - Sala de Imprensa

Mensagem  Lee James em 9/5/2017, 17:26

Fittipaldi anuncia o retorno de Gérard Ducarouge e companheiro de Thierry Boutsen segue desconhecido

A Fittipaldi anunciou seu engenheiro principal para 1987: Gérard Ducarouge, velho conhecido da equipe e que estava na Biscazzi. Para James, "a contratação de Ducarouge foi essencial pois precisamos ter um carro à altura de nossas concorrentes para batalhar pelos títulos e Gérard poderá suprir isso já no nosso chassi que irá às pistas neste ano".

No entanto, o maior mistério é em relação ao segundo carro da equipe, já que os principais candidatos assinaram contratos com outras equipes. Cotada para assinar com Ayrton Senna, a Fittipaldi viu o piloto brasileiro assinar com a Biscazzi em um ousado projeto; Mansell, a quem James chegou a comentar que "estava mais maduro após ser segundo piloto de Ayrton Senna e ter ainda assim desafiado o piloto brasileiro", rejeitou a equipe brasileira sem muitas explicações para assinar com a Williams; Gerhard Berger, valorizado após o bom ano de 1986 com a equipe brasileira, migrou para o novo projeto da Potere e Michele Alboreto, sem vaga na Biscazzi, permaneceu em sua terra natal com a Rocca. O manager da equipe brasileira se esquivou do assunto e disse que "o novo piloto será anunciado em breve", embora seja especulado na imprensa o retorno de Andrea De Cesaris.


Última edição por Lee James em 18/5/2017, 09:43, editado 1 vez(es)
avatar
Lee James

Mensagens : 283
Data de inscrição : 08/01/2013
Idade : 27

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1987 - Sala de Imprensa

Mensagem  Reinhold_Klotz em 9/5/2017, 17:40

Christian Danner retorna à Nürburg

A vaga deixada por Alessandro Nannini na Nürburg foi preenchida por Christian Danner, companhero de Derek Warwick em 1985. O alemão marcou um ponto pela equipe germânica na etapa da Áustria de 1985 e Klotz foi econômico a respeito da contratação: "assinamos com Danner por questões contratuais. Nannini não agradou à West, então dentre as opções dadas pelo patrocinador, Christian Danner foi o nome mais viável". Segundo divulgado anteriormente, a West havia apoiado fortemente a contratação de Danner no ano passado, mas a opção pelo novato Nannini, que não pontuou, não agradou.

O chefe da equipe alemã disse também que havia uma contratação apalavrada, mas que não foi concretizada. Os boatos eram de que a Savoia teria negociado a venda de Stefan Bellof para a Nürburg faltando apenas acertar os valores finais, mas a atual campeã teria cancelado o negócio para negociar o vice-campeão de 1986 com a Williams juntamente com os engenheiros Patrick Head e Paul Rosche para concretizar o retorno do bicampeão Nelson Piquet à equipe italiana.
avatar
Reinhold_Klotz

Mensagens : 34
Data de inscrição : 23/02/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Pré-Temporada da F1 começa no Brasil

Mensagem  Saimon em 15/5/2017, 23:32

Testes de pneus em Jacarepaguá iniciam com domínio da Savoia
O Globo

Após aguardarem com bastante ansiedade a volta dos F1 à pista, os fãs da categoria máxima do automobilismo puderam matar a saudade (e também a curiosidade) dos bólidos ontem, no início dos testes coletivos da pré-temporada. Também conhecidos como testes de pneus, estas sessões de testes servem para as equipes adaptarem-se aos novos pneus, que neste ano serão fornecidos exclusivamente pela Goodyear, como também avaliar a situação de seus novos carros. Os fãs também aproveitam para conhecer nas novas cores dos carros, com destaque para a Biscazzi, que veio com um carro totalmente preto, após romper com o patrocínio da Olivetti. A equipe italiana promete vir com pintura especial para a primeira corrida da temporada. A sessão de testes também marcou a primeira aparição das novas equipes Larrouse, Raynor e AGS, além da aguardada volta da Potere.
A sessão teve domínio da Savoia, conduzida por Piquet, que não teve problemas para fazer várias voltas e marcar o melhor tempo mesmo com pneus duros. Boutsen ficou em segundo, fazendo também uma sessão de testes tranqüila, apesar da rodada no final da tarde. Senna, na aguardada estréia pela Biscazzi, encerrou os testes da equipe mais cedo com uma escapada e batida na curva do Lago, felizmente sem maiores conseqüências.
A Rocca surpreendeu ao aparecer em quarto com Arnoux, fazendo uma sessão limpa. Fabi teve problemas mecânicos da parte da manhã, mas mesmo assim ainda conseguiu uma boa volta para colocar a Vector na quinta posição, embora usando pneus macios. Patrese ficou em sexto após ver seu motor Ferrari explodir ainda na parte de manhã, obrigando a Potere a encerrar suas atividades precocemente.
Warwick perdeu algum tempo pela manhã com o motor Megatron, mas conseguiu ainda a sétima marca à tarde. Streiff, na novata Larrousse, fez uma ótima sessão e apareceu logo atrás, seguido por Palmer, com a Benetton, outra equipe a fazer uma sessão sem problemas.
O primeiro carro equipado com motor aspirado a aparecer na classificação foi a Tyrant, com De Angelis ao volante, seguida pela Project Four de Capelli. Martini ficou logo atrás dos dois e só não fez mais pois o Motori Moderni quebrou à tarde.
Bellof, com a Williams, teve uma sessão de testes bastante curta: o alemão escapou da pista na Molykote ainda pela manhã e não conseguiu mais voltar à atividade. Nannini, com a novata Raynor, apareceu na seqüência, tendo feito uma sessão relativamente tranqüila, apresentar de alguns pequenos problemas de câmbio durante à tarde. Baldi veio na seqüência e Alliot, com a AGS, ficou em último, com a quebra do motor Alfa Romeo à tarde.

1º Nelson PIQUET (Savoia/Honda/Goodyear) 1'28"945 (duro)
2º Thierry BOUTSEN (Fittipaldi/Fittipaldi/Goodyear) 1'29"723 (duro)
3º Ayrton SENNA (Biscazzi/Honda/Goodyear) 1'30"175 (duro)
4º René ARNOUX (Rocca/Megatron/Goodyear) 1'30"855 (duro)
5º Teo FABI (Vector/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'31"094 (macio)
6º Riccardo PATRESE (Potere/Ferrari/Goodyear) 1'31"241 (duro)
7º Derek WARWICK (Nürburg/Megatron/Goodyear) 1'31"589 (macio)
8º Philippe STREIFF (Larrousse/Alfa Romeo/Goodyear) 1'31"713 (macio)
9º Jonathan PALMER (Benetton/BMW/Goodyear) 1'31"930 (duro)
10º Elio DE ANGELIS (Tyrant/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'32"051 (duro)
11º Ivan CAPELLI (Project Four/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'32"150 (macio)
12º Pierluigi MARTINI (Minardi/Motori Moderni/Goodyear) 1'32"246 (macio)
13º Stefan BELLOF (Williams/TAG-Porsche/Goodyear) 1'32"304 (duro)
14º Alessandro NANNINI (Raynor/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'32"421 (macio)
15º Mauro BALDI (Collepin/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'32"638 (macio)
16º Philippe ALLIOT (AGS/Alfa Romeo/Goodyear) 1'33"561 (macio)
avatar
Saimon
Admin

Mensagens : 1979
Data de inscrição : 11/12/2012
Idade : 32
Localização : Jaraguá do Sul

Ver perfil do usuário http://gpmanager.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1987 - Sala de Imprensa

Mensagem  Giovane Biscazzi em 16/5/2017, 08:32

Senna correrá com carro verde e amarelo em Jacarepaguá
A equipe de Verona, depois de romper com seus dois patrocinadores para garantir Ayrton Senna, revelou após os testes de pré-temporada que correrá com o carro número cinco nas cores verde e amarelo, com predomínio para o amarelo, durante o final de semana do Grande Prêmio do Brasil. Inclusive o macacão de Ayrton também será confeccionado nas cores da bandeira de seu país natal. Quanto ao carro número 6, de Satoru Nakajima, não haverá mudança nas cores. Ou seja, enquanto Ayrton correrá de verde e amarelo, Nakajima correrá de preto, com os dizeres "Sim, nós podemos!" e "A nicotina vai te matar!" estampadas em dourado nas laterais do bólido. Sobre a mudança nas cores do carro de Senna, Giovane Biscazzi, chefe da equipe, comentou:
"Primeiramente gostaria de dizer que a Biscazzi está satisfeitíssima com os testes de pré-temporada. Infelizmente não pudemos correr muito porque os recursos para 1987 estão no gargalo. Senna fez o seu melhor e agora vamos para o primeiro evento de grande importância, que é o GP do Brasil. Não poderíamos deixar de promover Ayrton e por isso pintamos o carro número 5 de verde e amarelo, além de disponibilizarmos um macacão com as mesmas cores para o Ayrton correr em casa. Durante todo o final de semana estaremos vendendo miniaturas com as duas pinturas da Biscazzi: preto com dourado e verde e amarelo. Precisamos arrecadar fundos para cobrir os gastos de pré-temporada e também para comprarmos café e papel higiênico. Afinal, os mecânicos precisam muito de cafeína e também de conforto na hora de evacuarem. Do mais, estamos confiantes para 1987. Temos certeza que Ayrton levará muitas alegrias ao povo de seu país. E claro, também temos certeza que Satoru crescerá significativamente ao longo da temporada. Agora, se me dão licença, preciso visitar minha mãe, que ficou encarregada de costurar o macacão verde e amarelo do Ayrton."
avatar
Giovane Biscazzi

Mensagens : 277
Data de inscrição : 14/01/2013
Idade : 37
Localização : Hortolândia/SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1987 - Sala de Imprensa

Mensagem  Saimon em 16/5/2017, 18:57

A FIA divulgou nota esclarecendo que não é permitido os dois carros da mesma equipe terem cores diferentes e que a Biscazzi terá que correr com os dois carros em verde e amarelo ou os dois em preto.
avatar
Saimon
Admin

Mensagens : 1979
Data de inscrição : 11/12/2012
Idade : 32
Localização : Jaraguá do Sul

Ver perfil do usuário http://gpmanager.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1987 - Sala de Imprensa

Mensagem  Giovane Biscazzi em 17/5/2017, 20:11

A Biscazzi divulgou nota que correrá com os dois carros em verde e amarelo no Brasil. E já antecipou que no Japão ambos também receberão pintura especial.
avatar
Giovane Biscazzi

Mensagens : 277
Data de inscrição : 14/01/2013
Idade : 37
Localização : Hortolândia/SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1987 - Sala de Imprensa

Mensagem  Lee James em 18/5/2017, 10:05

Lee James escreveu:Fittipaldi anuncia o retorno de Gérard Ducarouge e companheiro de Thierry Boutsen segue desconhecido

A Fittipaldi anunciou seu engenheiro principal para 1987: Gérard Ducarouge, velho conhecido da equipe e que estava na Biscazzi. Para James, "a contratação de Ducarouge foi essencial pois precisamos ter um carro à altura de nossas concorrentes para batalhar pelos títulos e Gérard poderá suprir isso já no nosso chassi que irá às pistas neste ano".

No entanto, o maior mistério é em relação ao segundo carro da equipe, já que os principais candidatos assinaram contratos com outras equipes. Cotada para assinar com Ayrton Senna, a Fittipaldi viu o piloto brasileiro assinar com a Biscazzi em um ousado projeto; Mansell, a quem James chegou a comentar que "estava mais maduro após ser segundo piloto de Ayrton Senna e ter ainda assim desafiado o piloto brasileiro", rejeitou a equipe brasileira sem muitas explicações para assinar com a Williams; Gerhard Berger, valorizado após o bom ano de 1986 com a equipe brasileira, migrou para o novo projeto da Potere e Michele Alboreto, sem vaga na Biscazzi, permaneceu em sua terra natal com a Rocca. O manager da equipe brasileira se esquivou do assunto e disse que "o novo piloto será anunciado em breve", embora seja especulado na imprensa o retorno de Andrea De Cesaris.

Após mistério, Teo Fabi é apresentado na Fittipaldi

Após muita demora, a Fittipaldi finalmente apresentou o companheiro de Thierry Boutsen: o italiano Teo Fabi, piloto então da Vector. Em entrevista, Lee James comentou sobre a vinda do piloto italiano.

- Sobre a situação em que a equipe se encontrou

"Esperávamos contar com Ayrton Senna, mas foi escolha dele em continuar sendo primeiro piloto, algo que não oferecemos na Fittipaldi. Também ficamos em uma posição difícil após a recusa de Nigel Mansell. Recebemos um simples retorno de que nosso projeto apresentado 'não poderia ser cumprido com a qualidade desejada', então entendo que o piloto ainda guarde algum ressentimento de nossas manifestações sobre recusas anteriores e prefira ir para uma equipe que já o ameaçou de demissão caso não aceitasse uma venda de contrato. Sorte de Teo Fabi que terá a chance de pilotar em um carro exatamente na qualidade apresentada em nossas propostas".

- Sobre Gerhard Berger

"Berger sentiu-se valorizado pela proposta que chegou da Potere e teve a oportunidade de assinar com uma equipe que andará no pelotão da frente enquanto havia a incerteza de uma vaga na Fittipaldi. No lugar dele, teria agido da mesma maneira".

- Sobre a escolha do piloto

"Tínhamos poucas opções. A vinda de De Cesaris não seria possível pois Andrea já estava em negociação com outras equipes, então com o grid praticamente fechado ou compraríamos um contrato ou apostaríamos em um piloto recém ingressado na categoria. Dentre as possibilidades concretas, o nome de Teo Fabi nos agradou pelo bom rendimento do italiano no ano passado. As expectativas são altas para uma equipe que andou entre as primeiras nos últimos anos, mas temos confiança de que Fabi irá corresponder".
avatar
Lee James

Mensagens : 283
Data de inscrição : 08/01/2013
Idade : 27

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1987 - Sala de Imprensa

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum