1986 - 4ª Corrida - GP de Mônaco

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

1986 - 4ª Corrida - GP de Mônaco

Mensagem  Saimon em 5/12/2016, 21:28

Data fictícia: metade do mês 5

Circuito: Monte Carlo

Extensão: 3,328 km (78 voltas / 259,584 km no total)


Comentários iniciais:

O tradicional e glamouroso circuito de Monte Carlo é belo, sinuoso e desafiador. Os guard-rails beirando a pista transformam qualquer erro dos pilotos em acidente. Como todo circuito de rua, as irregularidades e ondulações da pista são freqüentes. A característica do traçado dificulta as ultrapassagens, conseguidas apenas com muita habilidade. Para este ano houve modificação na Chicane do Porto.

Traçado:



Condições Climáticas:

Treinos: ensolarado, 26 a 29°C, pista seca (nenhuma possibilidade de chuva)

Corrida: ensolarado, 27 a 30°C, pista seca (nenhuma possibilidade de chuva)


Prazo para envio dos formulários de corrida: 18:00h de 08/12/16 (quinta-feira)

Obs.: horário de Brasília. Enviar formulários de corrida por e-mail para: saimonbcruz@yahoo.com.br
avatar
Saimon
Admin

Mensagens : 1979
Data de inscrição : 11/12/2012
Idade : 32
Localização : Jaraguá do Sul

Ver perfil do usuário http://gpmanager.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Treinos

Mensagem  Saimon em 5/12/2016, 21:28

1ª Sessão

A F1 está de volta às ruas de Monte Carlo para mais um GP de Mônaco. O principado está lotado de visitantes, que vieram prestigiar a F1 no local mais luxuoso do circo. A promessa é de um treino bastante disputado, embora com leve favoritismo para a Savoia, que vem dominando a temporada até aqui.
Caffi é quem abre os trabalhos, virando 1'25"340. A Project Four ficou fora da última corrida e precisa se recuperar.
Alliot marca 1'25"533.
Berger vem na seqüência e registra 1'23"555.
Senna faz 1'23"923.
Johansson é o próximo. O sueco vira 1'24"234 com a Williams.
De Cesaris marca 1'24"558. A Benetton não vai conseguindo fazer seu carro andar como esperado.
Fabi escapa na Massenet e bate no guard-rail. O italiano sai ileso, mas o treino é interrompido por alguns minutos para remoção do carro. O italiano está praticamente fora do treino pois a Vector não dispõe de carro reserva.
Com o treino reiniciado, Boutsen registra 1'23"395, melhor tempo até aqui.
Mansell faz 1'24"616. Mais um treino apático da Ferrari.
Patrese vira 1'23"915, ficando à frente de Senna.
Capelli registra 1'24"323.
Streiff faz 1'24"771.
Brundle vem na seqüência e vira 1'24"013.
Nakajima marca 1'24"331.
Martini é o próximo e vira 1'25"643, pior tempo até aqui.
Nannini fica nos boxes, com problemas em seu Nürburg. A equipe alemã está agitada na garagem buscando uma solução.
Danner faz 1'25"447.
Moreno registra 1'25"514.
Palmer vira 1'25"542. A briga no fundão está acirrada, com tempos muito próximos.
Baldi marca 1'24"336.
Scheckter faz 1'23"201, melhor tempo até o momento.
Alboreto consegue ser mais rápido que o companheiro, registrando 1'23"182.
Warwick registra 1'24"061.
De Angelis marca 1'23"678, quinto tempo até aqui. A Tyrant faz bom treino hoje.
Arnoux vira 1'23"941.
Piquet registra 1'23"413, quarto tempo.
Bellof faz 1'23"249, ficando atrás dos Biscazzi.
Prost fecha a primeira sessão virando 1'23"084 e ficando com a ponta. A Savoia está realmente muito forte neste ano.

Classificação - 1ª Sessão:

Alain PROST (Savoia/TAG-Porsche/Goodyear) 1'23"084
Michele ALBORETO (Biscazzi/Honda/Goodyear) 1'23"182
Jody SCHECKTER (Biscazzi/Honda/Goodyear) 1'23"201
Stefan BELLOF (Savoia/TAG-Porsche/Goodyear) 1'23"249
Thierry BOUTSEN (Fittipaldi/Fittipaldi/Goodyear) 1'23"395
Nelson PIQUET (Williams/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'23"413
Gerhard BERGER (Fittipaldi/Fittipaldi/Goodyear) 1'23"555
Elio DE ANGELIS (Tyrant/Renault/Goodyear) 1'23"678
Riccardo PATRESE (Rocca/Renault/Goodyear) 1'23"915
10º Ayrton SENNA (Ferrari/Ferrari/Goodyear) 1'23"923
11º René ARNOUX (Rocca/Renault/Goodyear) 1'23"941
12º Martin BRUNDLE (Tyrant/Renault/Goodyear) 1'24"013
13º Derek WARWICK (Nürburg/Zakspeed/Goodyear) 1'24"061
14º Stefan JOHANSSON (Williams/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'24"234
15º Ivan CAPELLI (Vector/BMW/Pirelli) 1'24"323
16º Satoru NAKAJIMA (Collepin/BMW/Pirelli) 1'24"331
17º Mauro BALDI (Collepin/BMW/Pirelli) 1'24"336
18º Andrea DE CESARIS (Benetton/BMW/Pirelli) 1'24"558
19º Nigel MANSELL (Ferrari/Ferrari/Goodyear) 1'24"616
20º Philippe STREIFF (Benetton/BMW/Pirelli) 1'24"771
21º Alex CAFFI (Project Four/Alfa Romeo/Pirelli) 1'25"340
22º Christian DANNER (Minardi/Motori Moderni/Pirelli) 1'25"447
23º Roberto MORENO (Arrows/Hart/Pirelli) 1'25"514
24º Philippe ALLIOT (Project Four/Alfa Romeo/Pirelli) 1'25"533
25º Jonathan PALMER (Arrows/Hart/Pirelli) 1'25"542
26º Pierluigi MARTINI (Minardi/Motori Moderni/Pirelli) 1'25"643
27º Teo FABI (Vector/BMW/Pirelli) sem tempo
28º Alessandro NANNINI (Nürburg/Zakspeed/Goodyear) sem tempo

2ª Sessão

Savoia e Biscazzi surgem como principais candidatas à pole hoje. As diferenças são mínimas. A Fittipaldi e Piquet brigam por fora.
Caffi abre a segunda sessão já errando na saída da Saint Dévote e tocando o muro. O italiano parece ter sofrido danos e vem lento. O piloto da Project Four pára o carro na Mirabeau para não atrapalhar os outros.
Alliot vira 1'25"238 e pula para vigésimo primeiro.
Berger faz apenas 1'23"698 e não melhora seu tempo.
Senna marca 1'23"817 e a nona posição é o máximo que consegue. A Ferrari errou a mão no acerto mais uma vez.
Johansson vira 1'23"963 e sobe para décimo segundo. Sempre mais lento que Piquet, o sueco vai decepcionando na Williams.
De Cesaris registra 1'24"040 e pula para décimo quarto.
Sem carro reserva, Fabi está realmente fora do treino e da corrida. Uma pena para a Vector, que estréia um novo pacote aerodinâmico hoje.
Boutsen vira 1'23"122 e sobe para segundo.
Mansell espalha na Tabac e bate no guard-rail. O britânico sai ileso. O treino é interrompido mais uma vez para remoção do carro. Treino triste para a Ferrari.
Patrese marca 1'23"532, subindo para sétimo.
Capelli registra 1'23"928 e coloca a Vector em décimo primeiro.
Streiff crava 1'24"240, décimo sétimo tempo.
Brundle vem para sua volta e faz 1'23"765, subindo para décimo.
Nakajima marca 1'24"145 e recupera a posição perdida para Streiff.
Martini faz 1'25"218 e pula para vigésimo primeiro.
A Nürburg desiste de tentar consertar o eixo de transmissão quebrado de Nannini e põe o italiano na pista com o carro reserva. O jovem piloto vira 1'25"499, ficando à frente dos Arrows e conseguindo por enquanto se classificar para a corrida.
Danner registra 1'25"117, vigésimo primeiro tempo. A Minardi faz bom treino hoje.
Moreno marca 1'25"478, superando Nannini por apenas 21 milésimos.
Palmer vira 1'25"237 e pula para vigésimo terceiro. Nannini está fora da corrida.
Baldi faz 1'23"924, subindo para décimo segundo. Bela volta do italiano com a novata Collepin!
Scheckter voa baixo e registra 1'22"865, sendo o primeiro a baixar da casa de 1'23. A Biscazzi quer a pole!
Alboreto é ainda mais rápido e vira 1'22"754. Será a primeira pole da carreira do italiano?
Warwick marca 1'23"636 e pula para nono. Grande volta do britânico com a Nürburg!
De Angelis vira 1'23"167 e cola a Tyrant na quinta posição!
Arnoux faz 1'23"483, oitavo tempo.
Piquet marca 1'23"127, subindo para quinto.
Bellof vem em boa volta e registra 1'22"931, terceiro tempo.
Será que Prost consegue tirar a pole de Alboreto? O francês acelera fundo nas ruas do principado, mas vira 1'22"769 e fica em segundo por apenas 15 milésimos! Primeira fila com gosto amargo para o líder do campeonato!
Enquanto isso, festa na Biscazzi, que verá Alboreto largar na posição de honra pela primeira vez!

Classificação - Final:

Michele ALBORETO (Biscazzi/Honda/Goodyear) 1'22"754
Alain PROST (Savoia/TAG-Porsche/Goodyear) 1'22"769
Jody SCHECKTER (Biscazzi/Honda/Goodyear) 1'22"865
Stefan BELLOF (Savoia/TAG-Porsche/Goodyear) 1'22"931
Thierry BOUTSEN (Fittipaldi/Fittipaldi/Goodyear) 1'23"122
Nelson PIQUET (Williams/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'23"127
Elio DE ANGELIS (Tyrant/Renault/Goodyear) 1'23"167
René ARNOUX (Rocca/Renault/Goodyear) 1'23"483
Riccardo PATRESE (Rocca/Renault/Goodyear) 1'23"532
10º Gerhard BERGER (Fittipaldi/Fittipaldi/Goodyear) 1'23"555
11º Derek WARWICK (Nürburg/Zakspeed/Goodyear) 1'23"636
12º Martin BRUNDLE (Tyrant/Renault/Goodyear) 1'23"765
13º Ayrton SENNA (Ferrari/Ferrari/Goodyear) 1'23"817
14º Mauro BALDI (Collepin/BMW/Pirelli) 1'23"924
15º Ivan CAPELLI (Vector/BMW/Pirelli) 1'23"928
16º Stefan JOHANSSON (Williams/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'23"963
17º Andrea DE CESARIS (Benetton/BMW/Pirelli) 1'24"040
18º Satoru NAKAJIMA (Collepin/BMW/Pirelli) 1'24"145
19º Philippe STREIFF (Benetton/BMW/Pirelli) 1'24"240
20º Nigel MANSELL (Ferrari/Ferrari/Goodyear) 1'24"616
21º Christian DANNER (Minardi/Motori Moderni/Pirelli) 1'25"117
22º Pierluigi MARTINI (Minardi/Motori Moderni/Pirelli) 1'25"218
23º Jonathan PALMER (Arrows/Hart/Pirelli) 1'25"237
24º Philippe ALLIOT (Project Four/Alfa Romeo/Pirelli) 1'25"238
25º Alex CAFFI (Project Four/Alfa Romeo/Pirelli) 1'25"340
26º Roberto MORENO (Arrows/Hart/Pirelli) 1'25"478

27º Alessandro NANNINI (Nürburg/Zakspeed/Goodyear) 1'25"499
28º Teo FABI (Vector/BMW/Pirelli) sem tempo

Quebras/Acidentes:

Fabi =($200)= acidente

Nannini =($300)= transmissão

Caffi =($100)= suspensão

Mansell =($200)= acidente
avatar
Saimon
Admin

Mensagens : 1979
Data de inscrição : 11/12/2012
Idade : 32
Localização : Jaraguá do Sul

Ver perfil do usuário http://gpmanager.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Pilotos reclamando dos acertos

Mensagem  Saimon em 5/12/2016, 21:30

#1 Ayrton Senna
#2 Nigel Mansell
#9 René Arnoux
#10 Riccardo Patrese
#21 Andrea de Cesaris
#22 Philippe Streiff
#23 Roberto Moreno
#24 Jonathan Palmer
#25 Philippe Alliot
#26 Alex Caffi
#27 Stefan Johansson
#29 Pierluigi Martini
#30 Christian Danner
avatar
Saimon
Admin

Mensagens : 1979
Data de inscrição : 11/12/2012
Idade : 32
Localização : Jaraguá do Sul

Ver perfil do usuário http://gpmanager.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1986 - 4ª Corrida - GP de Mônaco

Mensagem  Fernando.Oliveira em 7/12/2016, 22:10

Enviado

Fernando.Oliveira

Mensagens : 43
Data de inscrição : 10/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Corrida

Mensagem  Saimon em 14/12/2016, 19:33

Domingo ensolarado no principado. Carros no grid recebendo os últimos ajustes e olhares atentos nas sacadas dos prédios que pontilham Monte Carlo. Na primeira posição no grid vemos algo inédito: o italiano Alboreto finalmente consegue sua primeira pole na carreira. O líder do campeonato Prost larga ao seu lado. Os companheiros de ambos, Scheckter e Bellof, largam na segunda fila, seguidos por Boutsen e Piquet. O atual campeão Senna larga apenas em décimo terceiro, após mais um treino ruim da Ferrari.
A maioria dos pilotos largará com pneus macios, alguns inclusive comentando que tentarão ir com os mesmos calçados até o final. Administrar os pneus pelo visto será fundamental na corrida de hoje. Apenas oito pilotos partem com pneus duros: Warwick, Baldi, Johansson, Nakajima, Danner, Martini, Palmer e Moreno.
A direção de prova ordena a saída dos carros para a volta de apresentação. Os mecânicos recolhem para os boxes. O público saúda os pilotos e espera uma corrida disputada.
Após aquecerem os pneus e motores, todos realinham. Em breve teremos a largada.

Largada: Alboreto - Prost - Scheckter - Bellof - Boutsen - Piquet - De Angelis - Arnoux - Patrese - Berger - Warwick - Brundle - Senna - Baldi - Capelli - Johansson - De Cesaris - Nakajima - Streiff - Mansell - Danner - Martini - Palmer - Alliot - Caffi - Moreno

[Volta 1] Acendem as luzes vermelhas e sobe o giro dos motores! Tudo pronto para a largada. Todos a postos. Última checagem dos aparelhos dos carros. A direção de prova então aciona as luzes verdes e começa o GP de Mônaco! Alboreto larga bem por dentro e manté a ponta. Bellof deixa Scheckter para trás e assume a terceira posição. Piquet aparece em quinto, seguido por Arnoux, que fez ótima largada e passou Boutsen por dentro na Sainte Dévote. Prost pressiona Alboreto, querendo a liderança. Arnoux pressiona Piquet, balançando de um lado para outro na descida após o Casino. Capelli mergulha por dentro na Mirabeau e recupera a posição perdida na largada para Johansson. Nakajima segura De Cesaris. Mansell sai do vácuo de Streiff no Túnel e chega em vantagem na freada da nova chicane do Porto, conseguindo a ultrapassagem. Moreno vem por dentro no mesmo ponto e passa Martini.

Fim da 1ª Volta: Alboreto - Prost - Bellof - Scheckter - Piquet - Arnoux - Boutsen - De Angelis - Berger - Patrese - Senna - Brundle - Warwick - Baldi - Capelli - Johansson - Nakajima - De Cesaris - Mansell - Streiff - Danner - Palmer - Alliot - Moreno - Martini - Caffi

[Volta 2] Prost segue na cola de Alboreto. Piquet vai segurando Arnoux. Berger vem pra cima de De Angelis. Patrese e Senna acompanham de perto. Capelli pressiona Baldi. Mansell vem por dentro na Sainte Dévote e passa De Cesaris. Palmer ataca Danner. Caffi vem por dentro na Sainte Dévote e passa Martini. Pressionando Piquet, Arnoux erra na saída da Portier, espalha e bate no guard-rail. Fim de prova para o francês, que ao menos sai do carro ileso. Bandeira amarela no local. Mansell força por dentro e passa Nakajima na Rascasse.

Fim da 2ª Volta: Alboreto - Prost - Bellof - Scheckter - Piquet - Boutsen - De Angelis - Berger - Patrese - Senna - Brundle - Warwick - Baldi - Capelli - Johansson - Mansell - Nakajima - De Cesaris - Streiff - Danner - Palmer - Alliot - Moreno - Caffi - Martini - Arnoux(fora)

[Volta 3] Prost segue na cola de Alboreto, enquanto Bellof e Scheckter acompanham de perto. Boutsen vem pra cima de Piquet. Berger sai do vácuo de De Angelis e força por dentro na Saint Dévote. O italiano é obrigado a recolher para evitar a batida! Mansell traciona melhor na saída do Casino e mergulha por dentro na Mirabeau, passando Johansson. Capelli sai do vácuo de Baldi no Túnel e toma a linha de dentro na freada da chicane do Porto, conseguindo a ultrapassagem. De Cesaris pressiona Nakajima, trazendo Streiff consigo. Palmer segue na cola de Danner. Alliot, Moreno e Caffi acompanham de perto.

Fim da 3ª Volta: Alboreto - Prost - Bellof - Scheckter - Piquet - Boutsen - Berger - De Angelis - Patrese - Senna - Brundle - Warwick - Capelli - Baldi - Mansell - Johansson - Nakajima - De Cesaris - Streiff - Danner - Palmer - Alliot - Moreno - Caffi - Martini

[Volta 4] Prost segue na cola de Alboreto, mas falta espaço para tentar a ultrapassagem. Bellof segue de perto. Boutsen segue pressionando Piquet, enquanto Berger se aproxima dos dois. Mansell pressiona Baldi. O britânico não quer saber de perder tempo e já tira de lado na entrada da Mirabeau, deixando o italiano para trás. De Cesaris sai do vácuo de Nakajima no Túnel e mergulha por dentro na freada da chicande do Porto, passando o japonês. Streiff já cola no Collepin. Pressionado, Danner erra na freada da chicane do Porto, perde o controle do carro e bate no guard-rail externo. O alemão felizmente sai ileso. Bandeira amarela no local.

Fim da 4ª Volta: Alboreto - Prost - Bellof - Scheckter - Piquet - Boutsen - Berger - De Angelis - Patrese - Senna - Brundle - Warwick - Capelli - Mansell - Baldi - Johansson - De Cesaris - Nakajima - Streiff - Palmer - Alliot - Moreno - Caffi - Martini - Danner(fora)

[Volta 5] Alboreto segue firme na ponta, segurando o ímpeto de Prost. Piquet segura Boutsen na Sainte Dévote. Berger chega nos dois. Patrese pressiona De Angelis, trazendo Senna consigo. Mansell vem pra cima de Capelli, que defende bem sua posição. De Cesaris ataca Johansson. Nakajima segura Streiff. Moreno pressiona Alliot, trazendo Caffi logo atrás de si.

Fim da 5ª Volta: Alboreto - Prost - Bellof - Scheckter - Piquet - Boutsen - Berger - De Angelis - Patrese - Senna - Brundle - Warwick - Capelli - Mansell - Baldi - Johansson - De Cesaris - Nakajima - Streiff - Palmer - Alliot - Moreno - Caffi - Martini

[Volta 6] Prost tenta vir por dentro na Sainte Dévote, mas Alboreto fecha prontamente. Falta espaço para arriscar mais. Boutsen não consegue passar Piquet. Berger vem fungando no cangote do companheiro e faz a ultrapassagem por dentro na Mirabeau. De Angelis segue segurando Patrese. Mansell segue pressionando Capelli. Ambos chegam em Warwick. De Cesaris segue pressionando Johansson.

Fim da 6ª Volta: Alboreto - Prost - Bellof - Scheckter - Piquet - Berger - Boutsen - De Angelis - Patrese - Senna - Brundle - Warwick - Capelli - Mansell - Baldi - Johansson - De Cesaris - Nakajima - Streiff - Palmer - Alliot - Moreno - Caffi - Martini

[Volta 7] Alboreto, Prost e Bellof seguem juntos, enquanto Scheckter vai ficando um pouco para trás. Berger cola em Piquet e pressiona. Boutsen segue de perto, enquanto De Angelis, Patrese e Senna se juntam ao bolo. Mansell segue preso atrás de Warwick e Capelli. Os dois disputam posição à frente e não deixam espaço para o britânico. De Cesaris vem por dentro na freada da Sainte Dévote e passa Johansson.

Fim da 7ª Volta: Alboreto - Prost - Bellof - Scheckter - Piquet - Berger - Boutsen - De Angelis - Patrese - Senna - Brundle - Warwick - Capelli - Mansell - Baldi - De Cesaris - Johansson - Nakajima - Streiff - Palmer - Alliot - Moreno - Caffi - Martini

[Volta 8] Piquet segura Berger na Sainte Dévote e vai mantendo uma fila de carro atrás de si. Warwick fecha Capelli, que fecha Mansell na Sainte Dévote. Segue a briga pela décima segunda posição. De Cesaris segue rápido e vem pra cima de Baldi. Nakajima fecha Streiff na chicane do Porto. Alliot segue segurando Moreno e Caffi.
[Volta 9] Berger sai do vácuo de Piquet e força por dentro na Sainte Dévote, obrigando o brasileiro a espalhar na curva para evitar a batida. Na raça o austríaco vai ganhando posições! Senna pressiona Patrese. Warwick defende-se com unhas e dentes dos ataques de Capelli. Os dois travam disputa quente pela décima segunda posição, deixando Mansell sem espaço para entrar no meio. Baldi segura De Cesaris.

Fim da 9ª Volta: Alboreto - Prost - Bellof - Scheckter - Berger - Piquet - Boutsen - De Angelis - Patrese - Senna - Brundle - Warwick - Capelli - Mansell - Baldi - De Cesaris - Johansson - Nakajima - Streiff - Palmer - Alliot - Moreno - Caffi - Martini

[Volta 10] Boutsen volta a pressionar Piquet, trazendo De Angelis, Patrese e Senna consigo. E segue a pressão de Capelli sobre Warwick. Mansell vinha seguindo os dois, mas começa a ficar lento e vai aos boxes. O britânico abandona a prova após verificação dos mecânicos.

Fim da 10ª Volta: Alboreto - Prost - Bellof - Scheckter - Berger - Piquet - Boutsen - De Angelis - Patrese - Senna - Brundle - Warwick - Capelli - Baldi - De Cesaris - Johansson - Nakajima - Streiff - Palmer - Alliot - Moreno - Caffi - Martini - Mansell(fora)

[Volta 11] E segue a pressão de Boutsen sobre Piquet. Senna continua preso atrás do bolo. De Cesaris tira de lado na saída do Túnel e vem por dentro na chicane do Porto, conseguindo a ultrapassagem sobre Baldi. Nakajima segue segurando Streiff. Moreno continua preso atrás de Alliot, com Caffi seguindo de perto.

Fim da 11ª Volta: Alboreto - Prost - Bellof - Scheckter - Berger - Piquet - Boutsen - De Angelis - Patrese - Senna - Brundle - Warwick - Capelli - De Cesaris - Baldi - Johansson - Nakajima - Streiff - Palmer - Alliot - Moreno - Caffi - Martini

[Volta 12] Prost volta a ameaçar na Sainte Dévote, mas Alboreto segura bem a ponta. Boutsen vem parando na Beaurivage. Fim de prova mais cedo para o belga. Johansson vem pra cima de Baldi. Streiff continua preso atrás de Nakajima.

Fim da 12ª Volta: Alboreto - Prost - Bellof - Scheckter - Berger - Piquet - De Angelis - Patrese - Senna - Brundle - Warwick - Capelli - De Cesaris - Baldi - Johansson - Nakajima - Streiff - Palmer - Alliot - Moreno - Caffi - Martini - Boutsen(fora)

[Volta 13] Alboreto, Prost e Bellof seguem juntos. Scheckter vem a 0,8 segundo do alemão. Berger aparece 5,0 segundos atrás do sulafricano. Patrese pressiona De Angelis, valendo a sétima posição. Senna está irreconhecível até agora e segue estagnado na nona posição. Capelli segue pressionando Warwick.

Fim da 13ª Volta: Alboreto - Prost - Bellof - Scheckter - Berger - Piquet - De Angelis - Patrese - Senna - Brundle - Warwick - Capelli - De Cesaris - Baldi - Johansson - Nakajima - Streiff - Palmer - Alliot - Moreno - Caffi - Martini

[Volta 14] Streiff sai do vácuo de Nakajima e toma a linha de dentro na Sainte Dévote, conseguindo finalmente a ultrapassagem.

Fim da 14ª Volta: Alboreto - Prost - Bellof - Scheckter - Berger - Piquet - De Angelis - Patrese - Senna - Brundle - Warwick - Capelli - De Cesaris - Baldi - Johansson - Streiff - Nakajima - Palmer - Alliot - Moreno - Caffi - Martini

[Volta 15] De Angelis segue segurando Patrese e Senna. Warwick continua resistindo aos ataques de Capelli. Baldi segura Johansson e Streiff cola nos dois.
[Volta 16] Prost tenta o ataque na chicane do Porto, mas Alboreto não dá espaço. Capelli tenta forçar por dentro na Loews, mas Warwick não dá espaço e os dois chegam a tocar roda com roda. O britânico se recupera na Mirabeau Bas e mantém sua posição. De Angelis vem se aproximando de Piquet.
[Volta 17] De Angelis chega em Piquet, trazendo Patrese e Senna consigo. Streiff pressiona Johansson.
[Volta 18] Patrese tenta o ataque sobre De Angelis na Sainte Dévote, mas o italiano da Tyrant bloqueia a linha de dentro. Warwick não quer saber de ceder a posição e vai segurando Capelli de todo jeito. Streiff segue pressionando Johansson. Alliot fecha Moreno na chicane do Porto e vai resistindo.
[Volta 19] De Angelis é obrigado e deixar de lado a briga com Piquet para defender-se de Patrese.
[Volta 20] Prost já não consegue mais atacar Alboreto com tanta intensidade, embora siga colado no italiano. Piquet, De Angelis, Patrese e Senna seguem colados. Streiff sai do vácuo de Johansson e mergulha por dentro na Sainte Dévote, conseguindo a ultrapassagem. Alliot vem parando no Túnel, soltando fumaça.

Fim da 20ª Volta: Alboreto - Prost - Bellof - Scheckter - Berger - Piquet - De Angelis - Patrese - Senna - Brundle - Warwick - Capelli - De Cesaris - Baldi - Streiff - Johansson - Nakajima - Palmer - Moreno - Caffi - Martini - Alliot(fora)

[Volta 21] Prost volta a atacar Alboreto na Sainte Dévote, mas o italiano segue atento e segura. Streiff vem pra cima de Baldi.

Fim da 21ª Volta: Alboreto - Prost - Bellof - Scheckter - Berger - Piquet - De Angelis - Patrese - Senna - Brundle - Warwick - Capelli - De Cesaris - Baldi - Streiff - Johansson - Nakajima - Palmer - Moreno - Caffi - Martini

[Volta 22] Patrese segue no ataque sobre De Angelis. Senna vem logo atrás. Streiff pressiona Baldi. Johansson e Nakajima acompanham de perto. Caffi pressiona Moreno.
[Volta 23] Alboreto e Prost seguem colados. Bellof vem 0,7 segundos atrás de Prost, enquanto Scheckter aparece 1,1 segundo atrás do alemão. De Angelis volta a apertar para cima de Piquet. Patrese vem na cola do compatriota. Após muito pressionar, Capelli consegue tomar a linha de dentro na freada da Sainte Dévote e vem para fazer a ultrapassagem em Warwick. O britânico não desiste e tenta fechar o italiano, tocando roda com roda, mas em vão: Capelli assume a décima primeira posição! Briga quente entre os dois por várias voltas até aqui! Streiff segue pressionando Baldi.

Fim da 23ª Volta: Alboreto - Prost - Bellof - Scheckter - Berger - Piquet - De Angelis - Patrese - Senna - Brundle - Capelli - Warwick - De Cesaris - Baldi - Streiff - Johansson - Nakajima - Palmer - Moreno - Caffi - Martini

[Volta 24] Streiff vem por dentro na Sainte Dévote e passa Baldi.

Fim da 24ª Volta: Alboreto - Prost - Bellof - Scheckter - Berger - Piquet - De Angelis - Patrese - Senna - Brundle - Capelli - Warwick - De Cesaris - Streiff - Baldi - Johansson - Nakajima - Palmer - Moreno - Caffi - Martini

[Volta 25] Piquet segura De Angelis na Sainte Dévote. Patrese tenta o ataque sobre o Tyrant na Mirabeau, mas falta espaço. Senna tenta atacar o Rocca na chicane do Porto, também sem sucesso. E assim segue a disputa pela sexta posição! Johansson ataca Baldi.
[Volta 26] Prost segue colado em Alboreto e abre 1,0 segundo em relação a Bellof. De Cesaris vem chegando em Warwick.
[Volta 27] Johansson segue pressionando Baldi. Nakajima vem logo atrás.
[Volta 28] Patrese volta a atacar De Angelis, mas o italiano da Tyrant fecha o compatriota na chicane do Porto. Alboreto começa a pegar tráfego.

Fim da 28ª Volta: Alboreto - Prost - Bellof - Scheckter - Berger - Piquet - De Angelis - Patrese - Senna - Brundle - Capelli - Warwick - De Cesaris - Streiff - Baldi - Johansson - Nakajima - Palmer - Moreno - Caffi - Martini(1)

[Volta 29] Baldi vai segurando Johansson. A Project Four está pronta e Caffi vai aos boxes para troca de pneus.

Fim da 29ª Volta: Alboreto - Prost - Bellof - Scheckter - Berger - Piquet - De Angelis - Patrese - Senna - Brundle - Capelli - Warwick - De Cesaris - Streiff - Baldi - Johansson - Nakajima - Palmer - Moreno - Martini(1) - Caffi(1)

[Volta 30] Johansson sai do vácuo de Baldi e toma a linha de dentro na freada da Sainte Dévote, conseguindo a ultrapassagem. Moreno vem pra cima de Palmer.

Fim da 30ª Volta: Alboreto - Prost - Bellof - Scheckter - Berger - Piquet - De Angelis - Patrese - Senna - Brundle - Capelli - Warwick - De Cesaris - Streiff - Johansson - Baldi - Nakajima - Palmer - Moreno - Martini(1) - Caffi(1)

[Volta 31] De Angelis fecha Patrese na chicane do Porto e vai resistindo na sétima posição. Moreno ataca Palmer.
[Volta 32] Prost segue atrás de Alboreto e parece esperar por um erro do italiano para dar o bote. De Angelis volta a apertar para cima de Piquet, que defende-se na Mirabeau. Patrese tenta se infiltrar por dentro na Loews, mas não havia espaço e quase toca no Tyrant.
[Volta 33] De Cesaris vem lento e recolhe para os boxes, abandonando a prova.

Fim da 33ª Volta: Alboreto - Prost - Bellof - Scheckter - Berger - Piquet - De Angelis - Patrese - Senna - Brundle - Capelli - Warwick - Streiff - Johansson - Baldi - Nakajima - Palmer - Moreno - De Cesaris(fora) - Martini(1) - Caffi(1)

[Volta 34] De Angelis bloqueia a linha de dentro, mas Patrese vem por fora e chega em vantagem Sainte Dévote. O piloto da Tyrant evita espalhar na curva para não bater e vê o Rocca passar em bela manobra!

Fim da 34ª Volta: Alboreto - Prost - Bellof - Scheckter - Berger - Piquet - Patrese - De Angelis - Senna - Brundle - Capelli - Warwick - Streiff - Johansson - Baldi - Nakajima - Palmer - Moreno - Martini(1) - Caffi(1) - De Cesaris(fora)

[Volta 35] Alboreto vai mostrando maturidade, administrando Prost atrás de si. Bellof vai ficando para trás e Scheckter vem chegando no alemão aos poucos. Patrese já vem pra cima de Piquet. Nakajima vem lento e recolhe para os boxes, abandonando a prova.

Fim da 35ª Volta: Alboreto - Prost - Bellof - Scheckter - Berger - Piquet - Patrese - De Angelis - Senna - Brundle - Capelli - Warwick - Streiff - Johansson - Baldi - Palmer - Moreno - Nakajima(fora) - Martini(1) - Caffi(1)

[Volta 36] Patrese ataca Piquet. Senna pressiona De Angelis. Palmer segura Moreno.

Fim da 36ª Volta: Alboreto - Prost - Bellof - Scheckter - Berger - Piquet - Patrese - De Angelis - Senna - Brundle - Capelli - Warwick - Streiff - Johansson - Baldi - Palmer - Moreno - Martini(1) - Caffi(1) - Nakajima(fora)

[Volta 37] Palmer e Moreno interrompem a briga interna da Arrows para dar passagem a Alboreto e Prost.

Fim da 37ª Volta: Alboreto - Prost - Bellof - Scheckter - Berger - Piquet - Patrese - De Angelis - Senna - Brundle - Capelli - Warwick - Streiff - Johansson - Baldi - Palmer(1) - Moreno(1) - Martini(1) - Caffi(1)

[Volta 38] Scheckter vem chegando em Bellof. Piquet fecha Patrese na Sainte Dévote e vai mantendo a sexta posição. De Angelis e Senna acompanham de perto. Palmer pára o carro após o Casino, com problemas.

Fim da 38ª Volta: Alboreto - Prost - Bellof - Scheckter - Berger - Piquet - Patrese - De Angelis - Senna - Brundle - Capelli - Warwick - Streiff - Johansson - Baldi - Moreno(1) - Martini(1) - Caffi(1) - Palmer(fora)

[Volta 39] Scheckter cola em Bellof. Patrese segue pressionando Piquet. Senna mantém-se colado em De Angelis. A Vector está preparada e Capelli vem para seu pitstop.

Fim da 39ª Volta: Alboreto - Prost - Bellof - Scheckter - Berger - Piquet - Patrese - De Angelis - Senna - Brundle - Warwick - Streiff - Johansson - Baldi - Capelli - Moreno(1) - Martini(1) - Caffi(1)

[Volta 40] Piquet fecha Patrese na Sainte Dévote e segue resistindo na sexta posição.
[Volta 41] Scheckter pressiona Bellof, valendo a terceira posição. Patrese segue no ataque sobre Piquet, trazendo De Angelis e Senna logo atrás.
[Volta 42] Patrese pressiona Piquet de todo jeito, mas falta espaço para passar. Capelli vem se aproximando de Baldi para recuperar posição.
[Volta 43] Prost segue na cola de Alboreto, enquanto Scheckter segue Bellof de perto. Patrese segue pressionando Piquet, enquanto Senna aperta para cima de De Angelis. Capelli cola em Baldi e pressiona.
[Volta 44] Prost volta a ameaçar Alboreto na Sainte Dévote. Scheckter ataca Bellof. Patrese não consegue encontrar espaço para passar Piquet. Muito mais rápido que Baldi, Capelli consegue encontrar o espaço necessário e passa o italiano por dentro na Sainte Dévote.

Fim da 44ª Volta: Alboreto - Prost - Bellof - Scheckter - Berger - Piquet - Patrese - De Angelis - Senna - Brundle - Warwick - Streiff - Johansson - Capelli - Baldi - Moreno(1) - Martini(1) - Caffi(1)

[Volta 45] Piquet fecha Patrese na chicane do Porto e vai resistindo.
[Volta 46] Alboreto e Prost seguem juntos. 3,0 segundos atrás do francês, Bellof vem segurando Scheckter.
[Volta 47] Streiff vem soltando fumaça pela reta principal e pára na área de escape da Sainte Dévote. A Benetton sofre com as quebras nesta sua primeira temporada na F1.

Fim da 47ª Volta: Alboreto - Prost - Bellof - Scheckter - Berger - Piquet - Patrese - De Angelis - Senna - Brundle - Warwick - Johansson - Capelli - Baldi - Streiff(fora) - Moreno(1) - Martini(1) - Caffi(1)

[Volta 48] A Fittipaldi está pronta para receber Berger. Patrese sai do vácuo de Piquet no Túnel e toma a linha de dentro na freada da chicane do Porto, conseguindo a ultrapassagem. Bela manobra do italiano! Caffi se aproxima de Martini. Berger nos boxes para troca de pneus.

Fim da 48ª Volta: Alboreto - Prost - Bellof - Scheckter - Patrese - Piquet - De Angelis - Senna - Berger - Brundle - Warwick - Johansson - Capelli - Baldi - Moreno(1) - Martini(1) - Caffi(1) - Streiff(fora)

[Volta 49] De Angelis vem pra cima de Piquet, trazendo Senna consigo. Capelli vem pra cima de Johansson. Caffi cola em Martini.

Fim da 49ª Volta: Alboreto - Prost - Bellof - Scheckter - Patrese - Piquet - De Angelis - Senna - Berger - Brundle - Warwick - Johansson - Capelli - Baldi - Moreno(1) - Martini(1) - Caffi(1)

[Volta 50] Prost segue na cola de Alboreto, enquanto Scheckter pressiona Bellof. Patrese vai abrindo em relação a Piquet, que agora defende-se de De Angelis. Capelli pressiona Johansson.

Fim da 50ª Volta: Alboreto - Prost - Bellof - Scheckter - Patrese - Piquet - De Angelis - Senna - Berger - Brundle - Warwick - Johansson - Capelli - Baldi(1) - Moreno(1) - Martini(1) - Caffi(1)

[Volta 51] Scheckter segue na cola de Bellof, mas não consegue atacar com tanta intensidade. Senna pressiona De Angelis. Johansson segura Capelli na Sainte Dévote. Caffi pressiona Martini.
[Volta 52] Capelli sai do vácuo de Johansson e toma a linha de dentro na freada da chicane do Porto. O sueco tenta fechar e os dois se chocam! O sueco leva a pior e passa reto na curva, indo parar no guard-rail. Capelli segura o carro na pista, mas vem lento. O italiano se arrasta até os boxes e enquanto Johansson vai saindo do carro. Capelli chega aos boxes e os mecânicos avaliam que não havia como continuar.

Fim da 52ª Volta: Alboreto - Prost - Bellof - Scheckter - Patrese - Piquet - De Angelis - Senna - Berger - Brundle - Warwick - Johansson(fora) - Capelli(fora) - Baldi(1) - Moreno(1) - Martini(1) - Caffi(1)

[Volta 53] Caffi pressiona Martini tentando sair da incômoda última posição.

Fim da 53ª Volta: Alboreto - Prost - Bellof - Scheckter - Patrese - Piquet - De Angelis - Senna - Berger - Brundle - Warwick - Baldi(1) - Moreno(1) - Martini(1) - Caffi(1) - Johansson(fora) - Capelli(fora)

[Volta 54] Senna volta a atacar De Angelis na Sainte Dévote, mas o italiano se defende bem.

Fim da 54ª Volta: Alboreto - Prost - Bellof - Scheckter - Patrese - Piquet - De Angelis - Senna - Berger - Brundle - Warwick - Baldi(1) - Moreno(1) - Martini(1) - Caffi(1)

[Volta 55] Caffi segue pressionando Martini, que defende bem a décima quarta posição.
[Volta 56] E Prost segue atrás de Alboreto. O italiano conduz de forma consistente seu Biscazzi e não dá espaço ao francês.
[Volta 57] Scheckter continua na cola de Bellof. Mas o alemão defende bem a terceira posição. De Angelis volta a apertar para cima de Piquet.

Fim da 57ª Volta: Alboreto - Prost - Bellof - Scheckter - Patrese - Piquet - De Angelis - Senna - Berger - Brundle - Warwick - Baldi(1) - Moreno(1) - Martini(2) - Caffi(2)

[Volta 58] Senna ataca De Angelis. O brasileiro parece não ter performance suficiente para ganhar posições e segue atrás do italiano.
[Volta 59] Caffi pressiona Martini implacavelmente, mas o italiano da Minardi resiste bravamente.
[Volta 60] Piquet fecha De Angelis na Sainte Dévote e resiste na sexta posição.
[Volta 61] Martini vem parando na Beaurivage, com problemas mecânicos.

Fim da 61ª Volta: Alboreto - Prost - Bellof - Scheckter - Patrese - Piquet - De Angelis - Senna - Berger - Brundle - Warwick - Baldi(1) - Moreno(1) - Caffi(2) - Martini(fora)

[Volta 62] Scheckter tenta vir por dentro na freada da chicane do Porto, mas Bellof fecha e o sulafricano recolhe para evitar a batida.

Fim da 62ª Volta: Alboreto - Prost - Bellof - Scheckter - Patrese - Piquet - De Angelis - Senna - Berger - Brundle - Warwick - Baldi(1) - Moreno(1) - Caffi(2)

[Volta 63] Enquanto Piquet, De Angelis e Senna seguem juntos, Berger vem se aproximando do bolo.
[Volta 64] Scheckter volta a atacar Bellof na chicane do Porto, mas o alemão defende bem a terceira posição. Berger cola em Senna.
[Volta 65] Senna é obrigado a esquecer a briga com De Angelis para se defender de Berger.
[Volta 66] Scheckter desta vez tenta o ataque na Sainte Dévote, porém mais uma vez Bellof fecha a linha de dentro e mantém a posição.
[Volta 67] A Ferrari está preparada nos boxes. Senna segura Berger até a entrada do pitlane, vindo para uma troca de pneus tardia. Talvez a equipe vermelha está imaginando que nas próximas voltas os adversários irão começar a sofrer com o desgaste dos pneus.

Fim da 67ª Volta: Alboreto - Prost - Bellof - Scheckter - Patrese - Piquet - De Angelis - Berger - Brundle - Senna - Warwick - Baldi(1) - Moreno(1) - Caffi(2)

[Volta 68] Scheckter segue atacando Bellof. Berger vem pra cima de De Angelis.
[Volta 69] Bellof parece sentir o desgaste dos pneus e Scheckter ataca com mais intensidade. Porém, o alemão segue resistindo bravamente. De Angelis segura Berger na chicane do Porto e vai resistindo.
[Volta 70] Bellof não consegue segurar a pressão de Scheckter, que traciona melhor na saída do Casino e vem por dentro na freada da Mirabeau, conseguindo a ultrapassagem. De Angelis segue resistindo à pressão de Berger.

Fim da 70ª Volta: Alboreto - Prost - Scheckter - Bellof - Patrese - Piquet - De Angelis - Berger - Brundle - Senna - Warwick - Baldi(1) - Moreno(1) - Caffi(2)

[Volta 71] Alboreto segue com um olho na pista e outro no retrovisor, mantendo Prost atrás de si. De Angelis sucumbe à pressão de Berger, que toma a linha de dentro na entrada da Sainte Dévote e faz a ultrapassagem. Senna cola em Brundle.

Fim da 71ª Volta: Alboreto - Prost - Scheckter - Bellof - Patrese - Piquet - Berger - De Angelis - Brundle - Senna - Warwick - Baldi(1) - Moreno(1) - Caffi(2)

[Volta 72] Patrese também sofre com o desgaste dos pneus e vê a diferença em relação a Piquet diminuir a cada volta, estando neste momento em 2,6 segundos. Berger aperta para cima de Piquet, trazendo De Angelis consigo. Senna pressiona Brundle.
[Volta 73] Está acabando o tempo para Prost. O francês precisa ousar se quiser vencer a prova. Piquet vai resistindo aos ataques de Berger. Brundle fecha Senna na chicane do Porto e resiste na nona posição.

Fim da 73ª Volta: Alboreto - Prost - Scheckter - Bellof - Patrese - Piquet - Berger - De Angelis - Brundle - Senna - Warwick(1) - Baldi(1) - Moreno(1) - Caffi(2)

[Volta 74] Berger sai do vácuo de Piquet no Túnel e chega em vantagem na freada da chicane do Porto, conseguindo a ultrapassagem mesmo por fora. Bela manobra do austríaco!

Fim da 74ª Volta: Alboreto - Prost - Scheckter - Bellof - Patrese - Berger - Piquet - De Angelis - Brundle - Senna - Warwick(1) - Baldi(1) - Moreno(1) - Caffi(2)

[Volta 75] A tensa disputa entre Alboreto e Prost fica cada vez mais dramática. O francês busca um espaço, mas o italiano vai resistindo firmemente. Patrese está com os pneus em frangalhos e vê Berger se aproximar rapidamente. Piquet e De Angelis também chegam. Brundle segue resistindo ao ataque de Senna.
[Volta 76] Berger sai do vácuo de Patrese na reta principal e toma a linha de dentro na freada da Sainte Dévote, conseguindo a ultrapassagem. Piquet já vem pra cima do italiano, trazendo De Angelis consigo. Senna vem por dentro na Sainte Dévote e passa Brundle.

Fim da 76ª Volta: Alboreto - Prost - Scheckter - Bellof - Berger - Patrese - Piquet - De Angelis - Senna - Brundle - Warwick(1) - Baldi(1) - Moreno(1) - Caffi(2)

[Volta 77] Os pneus de Patrese já não ajudam mais e Piquet traciona melhor na saída do Casino, vindo por dentro na Mirabeau e tomando a sexta posição. Alboreto e Prost dão mais uma volta em Moreno e vêm colados pela reta principal.

Fim da 77ª Volta: Alboreto - Prost - Scheckter - Bellof - Berger - Piquet - Patrese - De Angelis - Senna - Brundle - Warwick(1) - Baldi(1) - Moreno(2) - Caffi(2)

[Volta 78] Alboreto segura Prost na Sainte Dévote, na abertura da última volta. O francês vem babando para cima do italiano, que parece ter sentido o desgaste dos pneus! Prost balança de um lado para o outro na aproximação da Mirabeau, procurando espaço. Alboreto segue resistindo. Na saída da Portier, o francês traciona bem e vem com tudo para cima do italiano no Túnel. Alboreto tem mais potência e resiste na freada da chicane. Prost não desiste. O francês pressiona e os dois saem do S da Piscina colados. A corrida parecia ganha para Alboreto, restavam apenas duas curvas, mas os pneus não ajudam e o italiano espalha levemente na Rascasse, abrindo espaço para Prost infiltrar-se por dentro e tomar a ponta! Sensacional! Na penúltima curva o francês consegue a ultrapassagem após ficar a corrida inteira atrás de Alboreto! Prost contorna a Anthony Noghes, aponta na reta e recebe a bandeira, vencendo o GP de Mônaco! Vibra muito o francês! Festeja muito a Savoia! Que manobra! Que vitória de Prost! Nem ele mesmo acredita! Alboreto chega em segundo com uma sensação incrível de derrota! Depois de uma corrida inteira dominando o francês, o italiano falhou nas últimas curvas! Scheckter chega em terceiro e completa o pódium. Bellof, Berger e Piquet fecham a zona de pontuação. Patrese segura De Angelis mesmo com os pneus desgastados e é sétimo.

Fim da Corrida: Prost - Alboreto - Scheckter - Bellof - Berger - Piquet - Patrese - De Angelis - Senna - Brundle - Warwick(1) - Baldi(1) - Moreno(2) - Caffi(2)

Classificação - Final:

Alain PROST (Savoia/TAG-Porsche/Goodyear) 1h49'40"904
Michele ALBORETO (Biscazzi/Honda/Goodyear) +0"325
Jody SCHECKTER (Biscazzi/Honda/Goodyear) +8"596
Stefan BELLOF (Savoia/TAG-Porsche/Goodyear) +16"441
Gerhard BERGER (Fittipaldi/Fittipaldi/Goodyear) +39"469
Nelson PIQUET (Williams/Ford-Cosworth/Goodyear) +41"933
Riccardo PATRESE (Rocca/Renault/Goodyear) +43"371
Elio DE ANGELIS (Tyrant/Renault/Goodyear) +43"667
Ayrton SENNA (Ferrari/Ferrari/Goodyear) +1'03"908
10º Martin BRUNDLE (Tyrant/Renault/Goodyear) +1'05"676
11º Derek WARWICK (Nürburg/Zakspeed/Goodyear) +1 volta
12º Mauro BALDI (Collepin/BMW/Pirelli) +1 volta
13º Roberto MORENO (Arrows/Hart/Pirelli) +2 voltas
14º Alex CAFFI (Project Four/Alfa Romeo/Pirelli) +2 voltas

AB Pierluigi MARTINI (Minardi/Motori Moderni/Pirelli) 58 voltas
AB Ivan CAPELLI (Vector/BMW/Pirelli) 51 voltas
AB Stefan JOHANSSON (Williams/Ford-Cosworth/Goodyear) 51 voltas
AB Philippe STREIFF (Benetton/BMW/Pirelli) 46 voltas
AB Jonathan PALMER (Arrows/Hart/Pirelli) 36 voltas
AB Satoru NAKAJIMA (Collepin/BMW/Pirelli) 34 voltas
AB Andrea DE CESARIS (Benetton/BMW/Pirelli) 32 voltas
AB Philippe ALLIOT (Project Four/Alfa Romeo/Pirelli) 19 voltas
AB Thierry BOUTSEN (Fittipaldi/Fittipaldi/Goodyear) 11 voltas
AB Nigel MANSELL (Ferrari/Ferrari/Goodyear) 9 voltas
AB Christian DANNER (Minardi/Motori Moderni/Pirelli) 3 voltas
AB René ARNOUX (Rocca/Renault/Goodyear) 1 volta

NQ Alessandro NANNINI (Nürburg/Zakspeed/Goodyear)
NQ Teo FABI (Vector/BMW/Pirelli)

Quebras/Acidentes:

Arnoux =($200)= acidente

Danner =($200)= acidente

Mansell =($500)= turbo

Boutsen =($100)= bomba de combustível

Alliot =($0)= motor

De Cesaris =($0)= câmbio

Nakajima =($500)= turbo

Palmer =($100)= pane elétrica

Streiff =($0)= motor

Johansson =($200)= acidente

Capelli =($100)= suspensão

Martini =($0)= transmissão
avatar
Saimon
Admin

Mensagens : 1979
Data de inscrição : 11/12/2012
Idade : 32
Localização : Jaraguá do Sul

Ver perfil do usuário http://gpmanager.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Classificação do Campeonato após a Corrida

Mensagem  Saimon em 14/12/2016, 19:34

Mundial de Pilotos:

1º A. Prost = 27 pts.
2º T. Boutsen = 12 pts.
3º M. Alboreto = 12 pts.
4º S. Bellof = 11 pts.
5º J. Scheckter = 8 pts.
6º N. Piquet = 7 pts.
7º A. Senna = 6 pts.
8º G. Berger = 6 pts.
9º R. Arnoux = 6 pts.
10º E. De Angelis = 2 pts.
11º T. Fabi = 1 pt.
--- N. Mansell = 1 pt.
--- D. Warwick = 1 pt.

Mundial de Construtores:

1º Savoia = 38 pts.
2º Biscazzi = 20 pts.
3º Fittipaldi = 18 pts.
4º Ferrari = 7 pts.
5º Williams = 7 pts.
6º Rocca = 6 pts.
7º Tyrant = 2 pts.
8º Vector = 1 pt.
-- Nürburg = 1 pt.
avatar
Saimon
Admin

Mensagens : 1979
Data de inscrição : 11/12/2012
Idade : 32
Localização : Jaraguá do Sul

Ver perfil do usuário http://gpmanager.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1986 - 4ª Corrida - GP de Mônaco

Mensagem  Giorgio Montone em 14/12/2016, 19:49

Bravi, ragazzi!!! Prost espetacular! Bellof fez o que pôde, é difícil enfrentar pilotos inteligentes em uma corrida como essa, hehe. Mas está, pelo menos nesse momento, brigando pela segunda posição no campeonato, o que é um feito extraordinário. Continuar mantendo o foco que a briga vai ficar cada vez mais difícil.
avatar
Giorgio Montone

Mensagens : 96
Data de inscrição : 09/01/2013
Idade : 91
Localização : Modena

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1986 - 4ª Corrida - GP de Mônaco

Mensagem  Lee James em 14/12/2016, 19:57

Boutsen Boutsen...
avatar
Lee James

Mensagens : 283
Data de inscrição : 08/01/2013
Idade : 27

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1986 - 4ª Corrida - GP de Mônaco

Mensagem  Rodrigo Rocca em 14/12/2016, 23:45

O Arnoux estava com a melhor estratégia, mas para fazer funcionar precisava passar o Piquet. Infelizmente não deu, mas "morreu" tentando.
Quanto ao Patrese, sabíamos que seria difícil. O sétimo lugar foi excelente.
avatar
Rodrigo Rocca

Mensagens : 286
Data de inscrição : 08/01/2013
Idade : 65
Localização : Catania, Itália

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1986 - 4ª Corrida - GP de Mônaco

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum