1985 - 12ª Corrida - GP da Itália

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

1985 - 12ª Corrida - GP da Itália

Mensagem  Saimon em 20/8/2016, 21:28

Data fictícia: início do mês 9

Circuito: Monza

Extensão: 5,800 km (51 voltas / 295,800 km no total)


Comentários iniciais:

O lendário circuito de Monza é um dos mais velozes do calendário. Com longas retas e freadas fortes, o traçado exige bastante do motor e dos freios, além da habilidade dos pilotos em curvas desafiadoras como Lesmos e Parabolica. Os pontos de ultrapassagem são variados, possibilitando grandes disputas.

Traçado:



Condições Climáticas:

Treinos: ensolarado, 26 a 29°C, pista seca (nenhuma possibilidade de chuva)

Corrida: ensolarado, 27 a 30°C, pista seca (nenhuma possibilidade de chuva)


Prazo para envio dos formulários de corrida: 18:00h de 23/08/16 (terça-feira)

Obs.: horário de Brasília. Caso queiram enviar o formulário secretamente, o e-mail é: saimonbcruz@yahoo.com.br
avatar
Saimon
Admin

Mensagens : 1979
Data de inscrição : 11/12/2012
Idade : 32
Localização : Jaraguá do Sul

Ver perfil do usuário http://gpmanager.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Treinos

Mensagem  Saimon em 20/8/2016, 21:30

1ª Sessão

Sábado de sol no templo italiano do automobilismo. A F1 chega à 12ª etapa da temporada, em um campeonato ainda dominado por Senna, apesar dos vários infortúnios do brasileiro nas últimas provas.
Patrese é que abre o treino, virando 1'26"535.
Prost faz 1'25"605.
Senna marca 1'25"603.
De Cesaris registra 1'27"425.
Bellof vira 1'27"231.
Fabi marca 1'27"122.
Fittipaldi faz 1'25"423.
Johansson vira 1'27"072.
Martini é o próximo. O italiano marca 1'28"014.
Berger registra 1'26"939.
Brundle vira 1'27"412.
Piquet faz 1'25"577.
Baldi crava 1'27"560.
Schlesser marca 1'28"559.
Berg vem na seqüência. O canadense registra 1'28"631.
Pryce vira 1'27"320.
Danner tem problemas e não sai dos boxes.
Arnoux marca 1'26"491.
Capelli faz 1'27"105.
Warwick registra 1'27"614.
Alboreto vira 1'25"813.
Scheckter vem em seguida e faz 1'25"742.
De Angelis marca 1'25"740.
Boutsen faz 1'25"584.
Rosberg vira 1'25"727.
Mansell fecha a primeira sessão fazendo 1'25"589, quarto tempo.

Classificação - 1ª Sessão:

Emerson FITTIPALDI (Fittipaldi/Renault/Goodyear) 1'25"423
Nelson PIQUET (Williams/TAG-Porsche/Goodyear) 1'25"577
Thierry BOUTSEN (Fittipaldi/Renault/Goodyear) 1'25"584
Nigel MANSELL (Ferrari/Ferrari/Goodyear) 1'25"589
Ayrton SENNA (Ferrari/Ferrari/Goodyear) 1'25"603
Alain PROST (Savoia/Renault/Goodyear) 1'25"605
Keke ROSBERG (Williams/TAG-Porsche/Goodyear) 1'25"727
Elio DE ANGELIS (Savoia/Renault/Goodyear) 1'25"740
Jody SCHECKTER (Biscazzi/Honda/Goodyear) 1'25"742
10º Michele ALBORETO (Biscazzi/Honda/Goodyear) 1'25"813
11º René ARNOUX (Rocca/Renault/Goodyear) 1'26"491
12º Riccardo PATRESE (Rocca/Renault/Goodyear) 1'26"535
13º Gerhard BERGER (Tyrant/BMW/Goodyear) 1'26"939
14º Stefan JOHANSSON (Vector/Hart/Pirelli) 1'27"072
15º Ivan CAPELLI (Vector/Hart/Pirelli) 1'27"105
16º Teo FABI (Tyrant/BMW/Goodyear) 1'27"122
17º Stefan BELLOF (Project Four/BMW/Goodyear) 1'27"231
18º Tom PRYCE (Arrows/Hart/Pirelli) 1'27"320
19º Martin BRUNDLE (Galaxy/Hart/Pirelli) 1'27"412
20º Andrea DE CESARIS (Galaxy/Hart/Pirelli) 1'27"425
21º Mauro BALDI (Project Four/BMW/Goodyear) 1'27"560
22º Derek WARWICK (Nürburg/Nürburg/Pirelli) 1'27"614
23º Pierluigi MARTINI (Arrows/Hart/Pirelli) 1'28"014
24º Jean-Louis SCHLESSER (Pollux/Motori Moderni/Pirelli) 1'28"559
25º Allen BERG (Pollux/Motori Moderni/Pirelli) 1'28"631
26º Christian DANNER (Nürburg/Nürburg/Pirelli) sem tempo

2ª Sessão

Patrese abre a segunda sessão virando 1'26"286, suficiente para superar seu companheiro.
Prost faz 1'25"504 e pula para segundo.
Senna voa baixo e marca 1'24"883, assumindo a ponta. Que volta do brasileiro!
De Cesaris faz 1'26"993 e sobe para décimo quarto.
Bellof registra 1'26"885, pulando para décimo terceiro.
Fabi vira 1'26"744, décimo terceiro tempo.
Fittipaldi faz 1'24"992, aproximando-se do tempo de Senna, mas não conseguindo superá-lo.
Johansson registra 1'26"803, recuperando a décima quarta posição.
Martini vira apenas 1'28"201 e não melhora seu tempo.
Berger faz 1'26"255 e pula para décimo primeiro.
Brundle marca 1'27"401, pouco melhorando seu tempo.
Piquet vira 1'25"303, terceiro tempo até aqui.
Baldi vem na seqüência e marca 1'27"213, décimo nono tempo.
Schlesser faz 1'28"374, não conseguindo melhorar sua posição.
Berg erra na freada da curva di Lesmos e espalha, passeando pela área de escape. O canadense aborta sua volta.
Pryce vira 1'27"218 e segue na mesma posição.
A equipe Nürburg consegue colocar Danner na pista. Porém o alemão vira apenas 1'28"164, vigésimo quarto tempo.
Arnoux registra 1'26"095, décimo primeiro tempo.
Capelli faz 1'27"311 e não melhora seu tempo.
Warwick vira 1'27"460, ficando na mesma posição.
Alboreto marca 1'25"449 e pula para quarto.
Scheckter faz 1'25"415, ficando logo à frente do companheiro.
De Angelis registra 1'25"577, sétimo tempo até aqui.
Boutsen vira 1'25"192 e pula para terceiro.
Rosberg faz 1'25"007, ficando à frente de Boutsen.
Mansell fecha o treino com o tempo de 1'25"301, ficando em quinto.

Classificação - Final:

Ayrton SENNA (Ferrari/Ferrari/Goodyear) 1'24"883
Emerson FITTIPALDI (Fittipaldi/Renault/Goodyear) 1'24"992
Keke ROSBERG (Williams/TAG-Porsche/Goodyear) 1'25"007
Thierry BOUTSEN (Fittipaldi/Renault/Goodyear) 1'25"192
Nigel MANSELL (Ferrari/Ferrari/Goodyear) 1'25"301
Nelson PIQUET (Williams/TAG-Porsche/Goodyear) 1'25"303
Jody SCHECKTER (Biscazzi/Honda/Goodyear) 1'25"415
Michele ALBORETO (Biscazzi/Honda/Goodyear) 1'25"449
Alain PROST (Savoia/Renault/Goodyear) 1'25"504
10º Elio DE ANGELIS (Savoia/Renault/Goodyear) 1'25"577
11º René ARNOUX (Rocca/Renault/Goodyear) 1'26"095
12º Gerhard BERGER (Tyrant/BMW/Goodyear) 1'26"255
13º Riccardo PATRESE (Rocca/Renault/Goodyear) 1'26"286
14º Teo FABI (Tyrant/BMW/Goodyear) 1'26"744
15º Stefan JOHANSSON (Vector/Hart/Pirelli) 1'26"803
16º Stefan BELLOF (Project Four/BMW/Goodyear) 1'26"885
17º Andrea DE CESARIS (Galaxy/Hart/Pirelli) 1'26"993
18º Ivan CAPELLI (Vector/Hart/Pirelli) 1'27"105
19º Mauro BALDI (Project Four/BMW/Goodyear) 1'27"213
20º Tom PRYCE (Arrows/Hart/Pirelli) 1'27"218
21º Martin BRUNDLE (Galaxy/Hart/Pirelli) 1'27"401
22º Derek WARWICK (Nürburg/Nürburg/Pirelli) 1'27"460
23º Pierluigi MARTINI (Arrows/Hart/Pirelli) 1'28"014
24º Christian DANNER (Nürburg/Nürburg/Pirelli) 1'28"164
25º Jean-Louis SCHLESSER (Pollux/Motori Moderni/Pirelli) 1'28"374
26º Allen BERG (Pollux/Motori Moderni/Pirelli) 1'28"631

Quebras/Acidentes:

Danner =($15)= amortecedor
avatar
Saimon
Admin

Mensagens : 1979
Data de inscrição : 11/12/2012
Idade : 32
Localização : Jaraguá do Sul

Ver perfil do usuário http://gpmanager.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Pilotos reclamando dos acertos

Mensagem  Saimon em 20/8/2016, 21:30

#9 René Arnoux
#10 Riccardo Patrese
avatar
Saimon
Admin

Mensagens : 1979
Data de inscrição : 11/12/2012
Idade : 32
Localização : Jaraguá do Sul

Ver perfil do usuário http://gpmanager.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1985 - 12ª Corrida - GP da Itália

Mensagem  Saimon em 22/8/2016, 19:30

Recebidos André, Daniel, Victor Domingos, Victor Madureira e Aníbal.
avatar
Saimon
Admin

Mensagens : 1979
Data de inscrição : 11/12/2012
Idade : 32
Localização : Jaraguá do Sul

Ver perfil do usuário http://gpmanager.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Corrida

Mensagem  Saimon em 28/8/2016, 19:03

Domingo de sol em Monza. A F1 chega em sua décima segunda etapa na temporada 1985. Senna aparece na pole pela terceira vez na temporada. O brasileiro lidera o campeonato com sete pontos de vantagem sobre Scheckter, que parte apenas em sétimo. Fittipaldi é quem divide a primeira fila com o compatriota. Rosberg e Boutsen aparecem na segunda fila, seguidos por Mansell e Piquet.
Todos partem com pneus duros, exceto os carros da Pollux que optaram por largar com pneus macios. Dentre os que saem com pneus duros, Warwick é o único com parada prevista para trocar pneus.
A direção de prova ordena a saída dos mecânicos da pista e os carros partem para a volta de apresentação. Todos procuram aquecer os pneus, enquanto a torcida saúda os pilotos. Bandeiras da Ferrari estão presentes apoiando a reação do time no campeonato, enquanto as bandeiras e faixas da Savoia cobram resultados da equipe.
Os carros realinham. Em breve teremos a largada.

Largada: Senna - Fittipaldi - Rosberg - Boutsen - Mansell - Piquet - Scheckter - Alboreto - Prost - De Angelis - Arnoux - Berger - Patrese - Fabi - Johansson - Bellof - De Cesaris - Capelli - Baldi - Pryce - Brundle - Warwick - Martini - Danner - Schlesser - Berg

[Volta 1] Acendem as luzes vermelhas e sobe o giro dos motores! Tudo pronto para a largada. A direção de prova confirma todos os procedimentos de segurança e aciona as luzes verdes, começa o GP da Itália! Senna larga bem a mantém a ponta. Fittipaldi mantém a segunda posição, enquanto Piquet larga muito bem e divide a freada da Variante del Rettifilo com Rosberg. Mansell e Boutsen aparecem na seqüência. Rosberg segura Piquet e já sai da Variante no vácuo de Fittipaldi. Piquet vem logo atrás do companheiro. No meio da curva, Rosberg puxa para a direita para passar Fittipaldi, mas Piquet já vinha por dentro para dar o bote no companheiro. No susto, Rosberg puxa para a esquerda de volta e o pior acontece: o finlandês toca a roda traseira direita de Fittipaldi e o brasileiro perde o controle do carro, saindo da pista e indo bater muito forte na barreira de pneus. O carro ricocheteia e pára na pista. Os carros vão fazendo milagres para desviar. De Angelis não consegue e acaba passando por cima de um pedaço de carro, rodando e indo parar também na barreira de pneus. Vários outros se livram por pouco do acidente. Baldi não consegue desviar o suficiente e destrói a lateral de seu carro ao se chocar com a traseira do carro de Fittipaldi. A bandeira vermelha é agitada. Corrida interrompida. A curva Grande está uma bagunça. Pedaços de carro para todo lado. Baldi e De Angelis escapam ilesos da batida e saem de seus carros. Fittipaldi permanece no carro e preocupa a todos.
A ambulância chega rapidamente para socorrer o piloto brasileiro. De Angelis e Baldi ficam no local, preocupados com o colega. Após rápido atendimento, Fittipaldi é levado ao helicóptero e dali para o hospital. Apreensivo, o circo da F1 aguarda notícias do veterano.
Os procedimentos para a relargada iniciam, aguardando apenas o retorno do helicóptero para o autódromo. Quando o mesmo chega, vem também a notícia de que Fittipaldi escapou com vida, mas sofreu lesões graves nas pernas e o estado de saúde é crítico. O circuito de Monza mais uma vez vitima o brasileiro.
Os carros realinham no grid para nova largada. A corrida começará do zero novamente. A equipe Fittipaldi, preocupada com Emerson, retirou-se da prova. Boutsen e toda a equipe foram para o hospital acompanhar os procedimentos médicos. De Angelis realinha com o carro reserva da Savoia, enquanto Baldi fica fora, pois a Project Four não dispõe de um terceiro carro preparado para o italiano. Rosberg trocou o bico, danificado no acidente.

Relargada: Senna - Rosberg - Mansell - Piquet - Scheckter - Alboreto - Prost - De Angelis - Arnoux - Berger - Patrese - Fabi - Johansson - Bellof - De Cesaris - Capelli - Pryce - Brundle - Warwick - Martini - Danner - Schlesser - Berg

[Volta 1] As luzes vermelhas voltam a acender. Tudo organizado novamente. Rosberg agora parte na segunda posição, ao lado de Senna, com Mansell e Piquet logo atrás. E acendem as luzes verdes e recomeça o GP da Itália! Senna mantéma a ponta, enquanto Mansell vem pra cima de Rosberg e toma a segunda posição. Piquet vem dividindo a variante mais uma vez com Rosberg e desta vez leva a melhor, deixando o companheiro para trás na segunda perna. Scheckter e Alboreto aparecem na seqüência. Piquet pressiona Mansell. Scheckter vem pra cima de Rosberg, trazendo Alboreto e Prost consigo. Patrese vem por dentro na freada da Variante della Roggia e passa Berger. Johansson vem por dentro na primeira di Lesmos e passa Bellof. Mansell segura Piquet na Variante Ascari.

Fim da 1ª Volta: Senna - Mansell - Piquet - Rosberg - Scheckter - Alboreto - Prost - De Angelis - Arnoux - Fabi - Patrese - Berger - De Cesaris - Johansson - Bellof - Capelli - Brundle - Pryce - Danner - Warwick - Martini - Schlesser - Berg

[Volta 2] Piquet segue na cola de Mansell. Patrese sai do vácuo de Fabi e toma a linha de dentro na freada da Variante del Rettifilo, conseguindo a ultrapassagem. Johansson sai do vácuo de De Cesaris e vem por dentro na freada da Variante della Roggia, deixando o italiano para trás. Capelli sai do vácuo de Bellof e faz a ultrapassagem por dentro na entrada da Variante Ascari. Martini vem por dentro na Parabolica e passa Warwick.

Fim da 2ª Volta: Senna - Mansell - Piquet - Rosberg - Scheckter - Alboreto - Prost - De Angelis - Arnoux - Patrese - Fabi - Berger - Johansson - De Cesaris - Capelli - Bellof - Brundle - Pryce - Danner - Martini - Warwick - Schlesser - Berg

[Volta 3] Scheckter volta a apertar para cima de Rosberg. Johansson segue muito rápido e agora vem pra cima de Berger. O sueco traciona bem na saída da Variante della Roggia e toma a linha de dentro na entrada da di Lesmos, conseguindo a ultrapassagem. Capelli cola em De Cesaris. Brundle sai do vácuo de Bellof e vem por dentro na entrada da Variante Ascari, fazendo a ultrapassagem. Martini ataca Danner.

Fim da 3ª Volta: Senna - Mansell - Piquet - Rosberg - Scheckter - Alboreto - Prost - De Angelis - Arnoux - Patrese - Fabi - Johansson - Berger - De Cesaris - Capelli - Brundle - Bellof - Pryce - Danner - Martini - Warwick - Schlesser - Berg

[Volta 4] Piquet segue pressionando Mansell. Scheckter não sai da cola de Rosberg. O finlandês usa a potência extra do motor TAG-Porsche para se defender. Patrese coal em Arnoux para brigar pela nona posição. Johansson vem pra cima de Fabi. Capelli cola em De Cesaris, trazendo Brundle consigo. Bellof estaciona na Variante Ascari, com problemas. Martini sai do vácuo de Danner e mergulha por dentro na freada da Variante Ascari, conseguindo a ultrapassagem

Fim da 4ª Volta: Senna - Mansell - Piquet - Rosberg - Scheckter - Alboreto - Prost - De Angelis - Arnoux - Patrese - Fabi - Johansson - Berger - De Cesaris - Capelli - Brundle - Pryce - Martini - Danner - Warwick - Schlesser - Berg - Bellof(fora)

[Volta 5] Piquet vem no vácuo de Mansell após a curva del Serraglio. O brasileiro usa a potência do motor TAG-Porsche para tirar de lado, emparelhar e vir por dentro na freada da Variante Ascari, conseguindo a ultrapassagem. Os Biscazzi seguem pressionando Rosberg. Patrese pressiona Arnoux. Johansson sai do vácuo de Fabi e vem por fora na Parabolica, fazendo bonita ultrapassagem sobre o italiano. Bela corrida vem fazendo o sueco até aqui. No mesmo ponto, Capelli sai do vácuo de De Cesaris e vem por dentro, conseguindo a ultrapassagem.

Fim da 5ª Volta: Senna - Piquet - Mansell - Rosberg - Scheckter - Alboreto - Prost - De Angelis - Arnoux - Patrese - Johansson - Fabi - Berger - Capelli - De Cesaris - Brundle - Pryce - Martini - Danner - Warwick - Schlesser - Berg

[Volta 6] Arnoux segura Patrese e não quer saber de ceder a posição ao companheiro. Berger segura Capelli. De Cesaris e Brundle acompanham de perto.
[Volta 7] Rosberg, Scheckter e Alboreto seguem colados. Patrese sai do vácuo de Arnoux e desta vez o francês não consegue segurar. O italiano vem por dentro na freada da Variante della Roggia e toma a nona posição. Capelli traciona bem na saída da Variante della Roggia e toma a linha de dentro na entrada da primeira di Lesmos, deixando Berger para trás. Brundle sai do vácuo de De Cesaris e puxa para a esquerda na freada da Variante Ascari, vindo por dentro e deixando o companheiro para trás.

Fim da 7ª Volta: Senna - Piquet - Mansell - Rosberg - Scheckter - Alboreto - Prost - De Angelis - Patrese - Arnoux - Johansson - Fabi - Capelli - Berger - Brundle - De Cesaris - Pryce - Martini - Danner - Warwick - Schlesser - Berg

[Volta 8] Rosberg fecha Scheckter na di Lesmos e vai resistindo na quarta posição. Berger segura Brundle, enquanto De Cesaris acompanha de perto.
[Volta 9] Scheckter segue pressionando Rosberg, com Alboreto vindo logo atrás. Brundle sai do vácuo de Berger e vem por dentro na freada da Variante della Roggia, conseguindo a ultrapassagem.

Fim da 9ª Volta: Senna - Piquet - Mansell - Rosberg - Scheckter - Alboreto - Prost - De Angelis - Patrese - Arnoux - Johansson - Fabi - Capelli - Brundle - Berger - De Cesaris - Pryce - Martini - Danner - Warwick - Schlesser - Berg

[Volta 10] Piquet vem 1,1 segundo atrás de Senna. Mansell vem 0,6 segundos atrás do brasileiro, mas não consegue reaproximar-se o suficiente para atacar. De Cesaris vem pra cima de Berger.
[Volta 11] Scheckter tenta novo ataque na di Lesmos, porém Rosberg está atento e fecha novamente. Patrese vem se aproximando de De Angelis. Capelli cola em Fabi.
[Volta 12] Capelli pressiona Fabi. De Cesaris segue na cola de Berger.
[Volta 13] Patrese cola em De Angelis. Fabi segue segurando Capelli.
[Volta 14] Scheckter traciona bem na saída da Variante della Roggia e desta vez consegue tomar a linha de dentro na entrada da primeira di Lesmos, fazendo a ultrapassagem sobre Rosberg. De Angelis vem soltando fumaça pela curva del Serraglio e vai parando.

Fim da 14ª Volta: Senna - Piquet - Mansell - Scheckter - Rosberg - Alboreto - Prost - Patrese - Arnoux - Johansson - Fabi - Capelli - Brundle - Berger - De Cesaris - Pryce - Martini - Danner - Warwick - Schlesser - Berg - De Angelis(fora)

[Volta 15] Alboreto pressiona Rosberg.

Fim da 15ª Volta: Senna - Piquet - Mansell - Scheckter - Rosberg - Alboreto - Prost - Patrese - Arnoux - Johansson - Fabi - Capelli - Brundle - Berger - De Cesaris - Pryce - Martini - Danner - Warwick - Schlesser - Berg

[Volta 16] Alboreto segue na cola de Rosberg. Prost vem logo atrás. Fabi vai resistindo aos ataques de Capelli.
[Volta 17] Rosberg segura Alboreto na di Lesmos. Prost vem colado no italiano.
[Volta 18] Rosberg não deixa Scheckter escapar na frente e no fim das retas segue ameaçando o sulafricano. Capelli sai do vácuo de Fabi e vem por dentro na Variante della Roggia, conseguindo a ultrapassagem. Warwick se aproxima de Danner.

Fim da 18ª Volta: Senna - Piquet - Mansell - Scheckter - Rosberg - Alboreto - Prost - Patrese - Arnoux - Johansson - Capelli - Fabi - Brundle - Berger - De Cesaris - Pryce - Martini - Danner - Warwick - Schlesser - Berg

[Volta 19] Alboreto volta a pressionar Rosberg. Johansson vem parando após a Variante della Roggia, com problemas.

Fim da 19ª Volta: Senna - Piquet - Mansell - Scheckter - Rosberg - Alboreto - Prost - Patrese - Arnoux - Capelli - Fabi - Brundle - Berger - De Cesaris - Pryce - Martini - Danner - Warwick - Schlesser - Berg - Johansson(fora)

[Volta 20] Alboreto segue pressionando Rosberg, trazendo Prost consigo.

Fim da 20ª Volta: Senna - Piquet - Mansell - Scheckter - Rosberg - Alboreto - Prost - Patrese - Arnoux - Capelli - Fabi - Brundle - Berger - De Cesaris - Pryce - Martini - Danner - Warwick - Schlesser - Berg

[Volta 21] Scheckter, Rosberg, Alboreto e Prost vêm colados. Danner vem soltando fumaça pela reta principal e encosta, abandonando a prova.

Fim da 21ª Volta: Senna - Piquet - Mansell - Scheckter - Rosberg - Alboreto - Prost - Patrese - Arnoux - Capelli - Fabi - Brundle - Berger - De Cesaris - Pryce - Martini - Warwick - Schlesser - Berg - Danner(fora)

[Volta 22] Senna vem 1,9 segundo à frente de Piquet. O piloto da Williams tem 1,0 segundo de vantagem sobre Mansell. Prost aperta para cima de Alboreto. Patrese vem parando no Rettifilo Centrale, soltando muita fumaça. A equipe Pollux se prepara nos boxes.

Fim da 22ª Volta: Senna - Piquet - Mansell - Scheckter - Rosberg - Alboreto - Prost - Arnoux - Capelli - Fabi - Brundle - Berger - De Cesaris - Pryce - Martini - Warwick - Schlesser - Berg - Patrese(fora)

[Volta 23] Segue a disputa tensa pela quarta posição, com Scheckter, Rosberg, Alboreto e Prost andando juntos. Schlesser nos boxes.

Fim da 23ª Volta: Senna - Piquet - Mansell - Scheckter - Rosberg - Alboreto - Prost - Arnoux - Capelli - Fabi - Brundle - Berger - De Cesaris - Pryce - Martini - Warwick - Berg - Schlesser

[Volta 24] Senna pega Schlesser como retardatário. O brasileiro tira de lado após a curva Grande e passa. O brasileiro volta rapidamente para a linha de dentro na entrada da Variante della Roggia e, um desastre: Schlesser perde o ponto de freada e acerta a traseira do Ferrari. O Pollux do francês decola e sai capotando várias vezes, despedaçando-se completamente. Azar do brasileiro? Erro do francês? Tragédia? Maldição do líder? O que pensar? A batida foi assustadora. Senna pára na área de escape com o carro danificado e sai do seu Ferrari a princípio furioso, enquanto as bandeiras amarelas são agitadas. Porém, ao ver a situação do colega, desacordado em meio às ferragens, corre para socorrê-lo. O acidente é grave. A direção de prova decide, após alguma hesitação, agitar a bandeira vermelha. Ambulância acionada. Mais um acidente grave nesta terrível tarde de domingo em Monza.
Schlesser é atendido, retirado do carro, colocado na ambulância e posteriormente levado ao helicóptero, seguindo para o hospital.
Enquanto isso, a F1 continua os trabalhos para retomar a prova. A equipe Pollux está abatida mas, precisando de dinheiro e resultados, decide continuar na prova. Berg tem os pneus trocados, conforme parada prevista para a volta que chegou a ser aberta por Senna, e realinha no grid.
Os carros se preparam para a relargada, enquanto chega a notícia de que o estado de saúde de Schlesser é crítico.
Está tudo pronto para nova largada. O resultado final da prova será definido por soma dos tempos das duas partes.

Relargada: Piquet - Mansell - Scheckter - Rosberg - Alboreto - Prost - Arnoux - Capelli - Fabi - Brundle - Berger - De Cesaris - Pryce - Martini - Warwick - Berg

[Volta 24] Mais uma vez as luzes vermelhas acendem. Agora Piquet e Mansell dividem a primeira fila. Quando as luzes verdes acendem, Mansell larga melhor e vem pra cima de Piquet. Os dois emparelham. Piquet tem a preferência por dentro na primeira perna da chicane, mas Mansell mantém-se por fora e toma a ponta na segunda. Boa manobra do britânico. Scheckter segura Rosberg. Prost deixa Alboreto para trás e aparece em quinto. Piquet não desiste da disputa e ataca Mansell na Variante Ascari, mas o britânico defende bem sua posição. Prost aperta para cima de Rosberg.

Fim da 24ª Volta: Mansell - Piquet - Scheckter - Rosberg - Prost - Alboreto - Arnoux - Capelli - Fabi - Brundle - Berger - Pryce - De Cesaris - Martini - Warwick - Berg

[Volta 25] Piquet vem soltando fumaça pela reta principal. O motor TAG-Porsche deixa o brasileiro na mão mais uma vez. Scheckter segura Rosberg na freada da Variante del Rettifilo. Prost e Alboreto seguem de perto. Pryce recolhe para os boxes, com problemas. O britânico abandona a prova após checagem dos mecânicos.

Fim da 25ª Volta: Mansell - Scheckter - Rosberg - Prost - Alboreto - Arnoux - Capelli - Fabi - Brundle - Berger - De Cesaris - Martini - Warwick - Berg - Piquet(fora) - Pryce(fora)

[Volta 26] Prost volta a apertar Rosberg, tentando vir por dentro na di Lesmos. Alboreto segue de perto. Berger entra nos boxes e abandona a prova, com problemas mecânicos.

Fim da 26ª Volta: Mansell - Scheckter - Rosberg - Prost - Alboreto - Arnoux - Capelli - Fabi - Brundle - De Cesaris - Martini - Warwick - Berg - Berger(fora)

[Volta 27] Mansell tem 1,3 segundo de vantagem sobre Scheckter e vai rumando para sua segunda vitória seguida.

Fim da 27ª Volta: Mansell - Scheckter - Rosberg - Prost - Alboreto - Arnoux - Capelli - Fabi - Brundle - De Cesaris - Martini - Warwick - Berg

[Volta 28] Scheckter, Rosberg, Prost e Alboreto seguem colados. A equipe Nürburg se prepara nos boxes para receber Warwick.
[Volta 29] Rosberg sai do vácuo de Scheckter e pisa fundo após a curva del Serraglio. O finlandês tira de lado e toma a linha de dentro para a freada da Variante Ascari, conseguindo a ultrapassagem. Warwick nos boxes.

Fim da 29ª Volta: Mansell - Rosberg - Scheckter - Prost - Alboreto - Arnoux - Capelli - Fabi - Brundle - De Cesaris - Martini - Berg - Warwick

[Volta 30] Fabi encosta após a variante della Roggia com problemas. O italiano vinha em uma boa oitava posição, mas é obrigado a desistir da prova.

Fim da 30ª Volta: Mansell - Rosberg - Scheckter - Prost - Alboreto - Arnoux - Capelli - Brundle - De Cesaris - Martini - Berg - Warwick - Fabi(fora)

[Volta 31] Prost aperta para cima de Scheckter.

Fim da 31ª Volta: Mansell - Rosberg - Scheckter - Prost - Alboreto - Arnoux - Capelli - Brundle - De Cesaris - Martini - Berg - Warwick

[Volta 32] Capelli pára após a Variante Ascari com problemas. Mais um piloto a abandonar a prova. O italiano vinha na sétima posição com a Vector.

Fim da 32ª Volta: Mansell - Rosberg - Scheckter - Prost - Alboreto - Arnoux - Brundle - De Cesaris - Martini - Berg - Warwick - Capelli(fora)

[Volta 33] Scheckter segura Prost na Variante Ascari e vai resistindo na terceira posição.

Fim da 33ª Volta: Mansell - Rosberg - Scheckter - Prost - Alboreto - Arnoux - Brundle - De Cesaris - Martini - Berg - Warwick

[Volta 34] Mansell tem 3,3 segundos de vantagem sobre Rosberg e segue firme na ponta.
[Volta 35] Rosberg vem lento após a Variante del Rettifilo. O finlandês vai sendo ultrapassado e encosta após a curva Grande. Mais um abandono para o piloto da Williams. Agora valendo o segundo lugar, Prost sai do vácuo de Scheckter e toma a linha de dentro para a freada da Variante Ascari, conseguindo a ultrapassagem.

Fim da 35ª Volta: Mansell - Prost - Scheckter - Alboreto - Arnoux - Brundle - De Cesaris - Martini - Berg - Warwick - Rosberg(fora)

[Volta 36] Scheckter agora é atacado por Alboreto.

Fim da 36ª Volta: Mansell - Prost - Scheckter - Alboreto - Arnoux - Brundle - De Cesaris - Martini - Berg - Warwick

[Volta 37] Mansell tem 4,7 segundos de vantagem sobre Prost e segue tranqüilo na liderança.
[Volta 38] Alboreto segue pressionando Scheckter. Brundle solta fumaça no Rettifilo Centrale e vai parando. Uma pena, pois o britânico vinha em sexto e tinha a chance de dar à Galaxy seu primeiro ponto. O piloto sai do carro bastante abatido. Porém, De Cesaris assume a sexta posição e o sonho da Galaxy segue vivo.

Fim da 38ª Volta: Mansell - Prost - Scheckter - Alboreto - Arnoux - De Cesaris - Martini - Berg - Warwick - Brundle(fora)

[Volta 39] Scheckter solta fumaça e vem lento após a Variante della Roggia. A chance do sulafricano de reduzir a vantagem de Senna no campeonato vai por água abaixo. O atual campeão estaciona após a curva di Lesmos e abandona.

Fim da 39ª Volta: Mansell - Prost - Alboreto - Arnoux - De Cesaris - Martini - Berg - Warwick - Scheckter(fora)

[Volta 40] Arnoux assume a quarta posição após o abandono de Scheckter e vai conquistando o melhor resultado da história da Rocca. De Cesaris agora vem em quinto com a Galaxy e Martini é sexto com a Arrows, entrando na zona de pontuação pela primeira vez.

Fim da 40ª Volta: Mansell - Prost - Alboreto - Arnoux - De Cesaris - Martini - Berg - Warwick

[Volta 41] Warwick, com pneus macios, vem se aproximando rapidamente de Berg para brigar pela sétima posição.
[Volta 42] Mansell tem 5,3 segundos de vantagem sobre Prost e vai administrando a liderança.
[Volta 43] Warwick chega em Berg e pressiona.
[Volta 44] Warwick sai do vácuo de Berg e toma a linha de dentro na entrada da Variante della Roggia, conseguindo a ultrapassagem. Martini vem lento após a Variante Ascari. O italiano é obrigado a estacionar seu Arrows e abandonar. O piloto sai bastante frustrado do carro, pois sua chance de conquistar o primeiro ponto da carreira lhe escorrega entre os dedos.

Fim da 44ª Volta: Mansell - Prost - Alboreto - Arnoux - De Cesaris - Warwick - Berg - Martini(fora)

[Volta 45] Warwick assume a sexta posição e agora é o britânico quem tem a chance de conquistar seu primeiro ponto, depois de cinco temporadas na F1.

Fim da 45ª Volta: Mansell - Prost - Alboreto - Arnoux - De Cesaris - Warwick - Berg

[Volta 46] Prost vem 5,8 segundos atrás de Mansell e 1,9 à frente de Alboreto. O francês vai conquistando seu melhor resultado na temporada.
[Volta 47] Com o primeiro lugar de Mansell e apenas o terceiro de Alboreto, a Ferrari vai reassumindo a liderança do campeonato de construtores neste momento.
[Volta 48] Arnoux segue firme na quarta posição, que vai colocando a Rocca em sexto lugar no campeonato de construtores.
[Volta 49] Mansell continua administrando a liderança. A vantagem em relação a Prost é de 6,1 segundos.
[Volta 50] E o sonho da Galaxy chega ao fim: De Cesaris vem soltando fumaça pela reta principal. O italiano encosta junto ao muro dos boxes, sai do carro, senta encostado ao muro e ali fica, cabisbaixo, em prantos. Alguns mecânicos da Galaxy chegam para compartilhar a tristeza. Chefes de outras equipes não escondem a comoção com o momento da equipe, que estava prestes a conquistar seus primeiros pontos na F1.

Fim da 50ª Volta: Mansell - Prost - Alboreto - Arnoux - Warwick - De Cesaris(fora) - Berg(1)

[Volta 51] Mansell completa a última volta com tranqüilidade e aponta na reta, cruzando a linha de chegada e vencendo o GP da Itália. Não houve comemoração por parte do piloto ou da equipe, preocupados com o estado de saúde de Fittipaldi e Schlesser. Prost e Alboreto completam o pódium. Arnoux é quarto. Warwick chega em quinto e conquista finalmente seus primeiros pontos. Berg assume a sexta posição e dá à Pollux seu primeiro ponto. Porém, com o estado de saúde do colega Schlesser ainda desconhecido, o canadense apenas cruza a linha e chegada, pára o carro junto ao muro dos boxes e desce correndo para saber notícias.
A soma dos tempos não alterou o resultado final.

Fim da Corrida: Mansell - Prost - Alboreto - Arnoux - Warwick - Berg(1) - De Cesaris(fora)

Classificação - Final:

Nigel MANSELL (Ferrari/Ferrari/Goodyear) 1h14'32"190
Alain PROST (Savoia/Renault/Goodyear) +13"471
Michele ALBORETO (Biscazzi/Honda/Goodyear) +15"733
René ARNOUX (Rocca/Renault/Goodyear) +1'01"200
Derek WARWICK (Nürburg/Nürburg/Pirelli) +2'18"655
Allen BERG (Pollux/Motori Moderni/Pirelli) +1 volta
Andrea DE CESARIS (Galaxy/Hart/Pirelli) +2 voltas

AB Pierluigi MARTINI (Arrows/Hart/Pirelli) 43 voltas
AB Jody SCHECKTER (Biscazzi/Honda/Goodyear) 38 voltas
AB Martin BRUNDLE (Galaxy/Hart/Pirelli) 37 voltas
AB Keke ROSBERG (Williams/TAG-Porsche/Goodyear) 34 voltas
AB Ivan CAPELLI (Vector/Hart/Pirelli) 31 voltas
AB Teo FABI (Tyrant/BMW/Goodyear) 29 voltas
AB Gerhard BERGER (Tyrant/BMW/Goodyear) 25 voltas
AB Nelson PIQUET (Williams/TAG-Porsche/Goodyear) 24 voltas
AB Tom PRYCE (Arrows/Hart/Pirelli) 24 voltas
AB Ayrton SENNA (Ferrari/Ferrari/Goodyear) 23 voltas
AB Jean-Louis SCHLESSER (Pollux/Motori Moderni/Pirelli) 22 voltas
AB Riccardo PATRESE (Rocca/Renault/Goodyear) 21 voltas
AB Christian DANNER (Nürburg/Nürburg/Pirelli) 20 voltas
AB Stefan JOHANSSON (Vector/Hart/Pirelli) 18 voltas
AB Elio DE ANGELIS (Savoia/Renault/Goodyear) 13 voltas
AB Stefan BELLOF (Project Four/BMW/Goodyear) 3 voltas
AB Emerson FITTIPALDI (Fittipaldi/Renault/Goodyear) 0 voltas
AB Thierry BOUTSEN (Fittipaldi/Renault/Goodyear) 0 voltas
AB Mauro BALDI (Project Four/BMW/Goodyear) 0 voltas

Quebras/Acidentes:

Baldi =($200)= acidente

Boutsen =($0)= desistência

Fittipaldi =($1500)= acidente

Bellof =($300)= diferencial

De Angelis =($200)= motor + danos acidente

Johansson =($0)= turbo

Danner =($500)= motor

Patrese =($0)= motor

Schlesser =($3100)= acidente

Senna =($200)= acidente

Pryce =($100)= pressão do óleo

Piquet =($500)= motor

Berger =($0)= escapamento

Fabi =($300)= diferencial

Capelli =($0)= embreagem

Rosberg =($115)= suspensão + asa dianteira

Brundle =($0)= motor

Scheckter =($0)= turbo

Martini =($0)= transmissão

De Cesaris =($0)= motor


Última edição por Saimon em 28/8/2016, 23:09, editado 1 vez(es)
avatar
Saimon
Admin

Mensagens : 1979
Data de inscrição : 11/12/2012
Idade : 32
Localização : Jaraguá do Sul

Ver perfil do usuário http://gpmanager.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Classificação do Campeonato após a Corrida

Mensagem  Saimon em 28/8/2016, 19:03

Mundial de Pilotos:

1º A. Senna = 43 pts.
2º J. Scheckter = 36 pts.
3º M. Alboreto = 33 pts.
4º N. Piquet = 29 pts.
5º N. Mansell = 28 pts.
6º E. De Angelis = 28 pts.
7º E. Fittipaldi = 25 pts.
8º T. Boutsen = 25 pts.
9º A. Prost = 18 pts.
10º K. Rosberg = 17 pts.
11º R. Arnoux = 6 pts.
12º G. Berger = 4 pts.
13º S. Johansson = 2 pts.
--- D. Warwick = 2 pts.
15º S. Bellof = 1 pt.
--- T. Pryce = 1 pt.
--- C. Danner = 1 pt.
--- A. Berg = 1 pt.

Mundial de Construtores:

1º Ferrari = 71 pts.
2º Biscazzi = 69 pts.
3º Fittipaldi = 50 pts.
4º Williams = 46 pts.
5º Savoia = 46 pts.
6º Rocca = 6 pts.
7º Tyrant = 4 pts.
8º Nürburg = 3 pts.
9º Vector = 2 pts.
10º Project Four = 1 pt.
--- Arrows = 1 pt.
--- Pollux = 1 pt.


Última edição por Saimon em 30/8/2016, 18:52, editado 1 vez(es)
avatar
Saimon
Admin

Mensagens : 1979
Data de inscrição : 11/12/2012
Idade : 32
Localização : Jaraguá do Sul

Ver perfil do usuário http://gpmanager.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Emerson Fittipaldi e Jean-Louis Schlesser

Mensagem  Saimon em 28/8/2016, 19:13

Emerson Fittipaldi: o piloto sofreu fraturas nas duas pernas, onde já possuía pinos de platina após o acidente sofrido também em Monza no início de sua carreira. Foi feita uma complicada cirurgia para recolocar no lugar e por novos pinos metálicos. O estado de saúde do piloto agora é estável. Porém, será um longo período de recuperação e não se sabe ao certo que sequelas poderão permanecer. É bem provável que isso represente o fim da carreira de piloto de Emerson. O mesmo deverá fazer um anúncio sobre este assunto em breve.

Jean-Louis Schlesser: o francês sofreu múltiplas fraturas nas pernas e teve o tórax perfurado pela coluna de direção. O piloto sofreu parada cardíaca e os médicos tentaram de toda forma reanimá-lo, porém o francês não resistiu e acabou falecendo. A F1 está de luto.

O piloto reserva da Fittipaldi Philippe Streiff assume o carro número 7 na próxima prova e a equipe poderá contratar outro, caso queira, para as demais etapas da temporada.
Já a Pollux terá que contratar outro piloto, já que seu reserva Allen Berg já está no volante do outro carro após o acidente de François Hesnault.
avatar
Saimon
Admin

Mensagens : 1979
Data de inscrição : 11/12/2012
Idade : 32
Localização : Jaraguá do Sul

Ver perfil do usuário http://gpmanager.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1985 - 12ª Corrida - GP da Itália

Mensagem  Daniel King em 29/8/2016, 08:57

A Ferrari presta suas condolências à família do jovem francês, que faleceu fazendo o que mais gostava. Também desejou uma rápida recuperação à Fittipaldi, um dos melhores pilotos da Formula 1, desde sempre. A equipe ainda, mesmo com a vitória de seu piloto, Nigel Mansell, parabeniza-o pelo feito, mas pede que o mesmo (e sua equipe) não a comemore em respeito aos acidentados.
Nas palavras de King: "Não há vitória quando se perde uma alma humana no percurso".
avatar
Daniel King

Mensagens : 338
Data de inscrição : 19/12/2012
Idade : 97
Localização : Glasgow, Escócia

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/danielantoniofelicianodegiuli

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1985 - 12ª Corrida - GP da Itália

Mensagem  Rodrigo Rocca em 29/8/2016, 20:50

Não houve comemoração na Rocca. Apesar do histórico quarto lugar na corrida, sexto no mundial de construtores e o retorno de Rodrigo Rocca a equipe, correremos com um bico preto na próxima etapa em homenagem a Schlesser e a torcida francesa. Também nós solidarizamos a Emerson Fittipaldi e lhe desejamos uma ótima recuperação.

A entrevista coletiva com Rodrigo Rocca, agendada anteriormente para depois da corrida foi adiada para a próxima etapa do mundial em função dos acontecimentos.
avatar
Rodrigo Rocca

Mensagens : 286
Data de inscrição : 08/01/2013
Idade : 65
Localização : Catania, Itália

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1985 - 12ª Corrida - GP da Itália

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum