1985 - 1ª Corrida - GP do Brasil

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

1985 - 1ª Corrida - GP do Brasil

Mensagem  Saimon em 5/8/2015, 23:16

Data fictícia: início do mês 4

Circuito: Jacarepaguá

Extensão: 5,031 km (61 voltas / 306,891 km no total)


Comentários iniciais:

Situado na periferia do Rio de Janeiro, o circuito de Jacarepaguá, construído sobre o que restou de um mangue, é considerado de média velocidade. O traçado combina curvas de variados tipos, exigindo bastante aderência e downforce, com duas retas razoáveis, entre elas a longa Junção. Realizada em uma época de muito calor, a corrida é bastante desgastante, tanto para os pilotos como para os carros, especialmente para os pneus.

Traçado:



Condições Climáticas:

Treinos: ensolarado, 34 a 37°C, pista seca (nenhuma possibilidade de chuva)

Corrida: ensolarado, 33 a 36°C, pista seca (nenhuma possibilidade de chuva)


Prazo para envio dos formulários de corrida: 18:00h de 08/08/15 (sábado)

Obs.: horário de Brasília. Caso queiram enviar o formulário secretamente, o e-mail é: saimonbcruz@yahoo.com.br
avatar
Saimon
Admin

Mensagens : 1963
Data de inscrição : 11/12/2012
Idade : 31
Localização : Jaraguá do Sul

Ver perfil do usuário http://gpmanager.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Treinos

Mensagem  Saimon em 5/8/2015, 23:16

1ª Sessão

Dia de céu limpo e sol forte no Rio de Janeiro. A F1 está de volta, começando mais uma temporada, com muitas novidades. Equipe nova, pilotos mudando de time, equipes mudando de fornecedores de motor, pneus e até de cores. Tudo isso pode revirar a ordem das forças tanto na parte da frente do grid como no fundo, prometendo um ano de muitas emoções.
Primeiro a entrar na pista, Schlesser faz sua estréia na F1, pela também estreante Pollux. Empurra pelos italianos Motori Moderni, que também fazem sua primeira aparição na F1, o francês registra o tempo de 1'31"337.
Hesnault, outro francês também estreando na F1 com a Pollux, vira 1'31"281.
Danner é mais um estreante a ir para a pista, pilotando pela Nürburg. A equipe germânica vem com novas cores para esta temporada, trocando o preto pelo vermelho e branco. O piloto alemão marca 1'30"558.
O último estreante a entrar na pista hoje é Ivan Capelli, campeão da extinta F2 no ano passado. O jovem piloto corre pela Vector, que estréia hoje as novas cores, verde e branco, além de ter trocado os pesados motores Alfa Romeo pelos compactos Hart. O talentoso italiano faz 1'30"035.
Baldi entra na pista pilotando a Project Four pela primeira vez. O italiano, que foi o último a ter sua vaga confirmada para esta temporada, vira 1'30"273.
Bellof, talentoso alemão que ficou devendo bastante na temporada passada, faz 1'29"563, melhor tempo até aqui.
Martini vem para sua volta. A Arrows do italiano agora é empurrada por motores Hart turbo, ao invés dos anêmicos Ford-Cosworth aspirados do ano passado. O piloto do carro 23 marca 1'30"662.
Johansson, sacado da Tyrant uma temporada muito ruim, estréia na Vector virando 1'29"988.
Alboreto faz 1'28"770. A Biscazzi vai dando pinta de que voltou a ser forte, com um excelente tempo.
Rosberg registra 1'28"602 com a Williams.
Piquet, que trocou a Savoia pela inglesa Williams, estréia bem, virando 1'28"378.
Arnoux, estreando na Rocca após o fechamento da equipe Renault, marca 1'29"762.
Patrese, outro que estréia na equipe italiana, vindo da Project Four, faz 1'29"707.
Pryce, preterido na Rocca pela nova administração, estréia na Arrows virando 1'30"101.
Boutsen, que segue na equipe Fittipaldi, registra 1'28"756.
Mansell, que finalmente conseguiu sua chance de pilotar um carro verdadeiramente competitivo, estréia da Ferrari fazendo 1'28"540, segundo tempo até aqui.
Warwick, agora piloto da Nürburg, vira 1'30"174.
De Cesaris registra 1'30"430. A única mudança na equipe Galaxy em relação ao ano passado é o novo manager, John Arthur.
Fabi, pilotando o carro 12 da Tyrant pela primeira vez em um treino de classificação, marca 1'30"162. A equipe inglesa este ano conta com motores BMW e o novo patrocínio da Benetton, que comprou as ações da equipe que pertenciam à Candy.
Brundle faz 1'30"884.
Berger vira 1'30"002.
Prost registra 1'28"793.
De Angelis, estreando na Savoia após várias temporadas na Williams, vira 1'29"012.
O vice-campeão da temporada passada Senna entra na pista com a Ferrari. O brasileiro faz 1'28"505, segundo tempo.
Scheckter, atual campeão, retorna à Biscazzi após as polêmicas envolvendo ele e o ex-companheiro Senna na Ferrari. O sulafricano marca 1'28"937, apenas o oitavo tempo.
Para fechar a primeira sessão, temos na pista Emerson Fittipaldi. Muito querido pelos brasileiros, o veterano vira 1'28"406, conseguindoa segunda melhor marca da sessão.
Por enquanto, temos os três brasileiros nas três primeiras posições, para delírio do público que lota as arquibancadas de Jacarepaguá.

Classificação - 1ª Sessão:

Nelson PIQUET (Williams/TAG-Porsche/Goodyear) 1'28"378
Emerson FITTIPALDI (Fittipaldi/Renault/Goodyear) 1'28"406
Ayrton SENNA (Ferrari/Ferrari/Goodyear) 1'28"505
Nigel MANSELL (Ferrari/Ferrari/Goodyear) 1'28"540
Keke ROSBERG (Williams/TAG-Porsche/Goodyear) 1'28"602
Thierry BOUTSEN (Fittipaldi/Renault/Goodyear) 1'28"756
Michele ALBORETO (Biscazzi/Honda/Goodyear) 1'28"770
Alain PROST (Savoia/Renault/Goodyear) 1'28"793
Jody SCHECKTER (Biscazzi/Honda/Goodyear) 1'28"937
10º Elio DE ANGELIS (Savoia/Renault/Goodyear) 1'29"012
11º Stefan BELLOF (Project Four/BMW/Goodyear) 1'29"563
12º Riccardo PATRESE (Rocca/Renault/Goodyear) 1'29"707
13º René ARNOUX (Rocca/Renault/Goodyear) 1'29"762
14º Stefan JOHANSSON (Vector/Hart/Pirelli) 1'29"988
15º Gerhard BERGER (Tyrant/BMW/Goodyear) 1'30"002
16º Ivan CAPELLI (Vector/Hart/Pirelli) 1'30"035
17º Tom PRYCE (Arrows/Hart/Pirelli) 1'30"101
18º Teo FABI (Tyrant/BMW/Goodyear) 1'30"162
19º Derek WARWICK (Nürburg/Nürburg/Pirelli) 1'30"174
20º Mauro BALDI (Project Four/BMW/Goodyear) 1'30"273
21º Andrea DE CESARIS (Galaxy/Hart/Pirelli) 1'30"430
22º Christian DANNER (Nürburg/Nürburg/Pirelli) 1'30"558
23º Pierluigi MARTINI (Arrows/Hart/Pirelli) 1'30"662
24º Martin BRUNDLE (Galaxy/Hart/Pirelli) 1'30"884
25º François HESNAULT (Pollux/Motori Moderni/Pirelli) 1'31"281
26º Jean-Louis SCHLESSER (Pollux/Motori Moderni/Pirelli) 1'31"337

2ª Sessão

Schlesser abre a segunda sessão virando 1'31"225, tempo suficiente para superar seu companheiro e sair da última posição.
Hesnault marca 1'30"812 e sobe para vigésimo quarto.
Danner faz 1'29"977 e pula para décimo quarto. Boa estréia do jovem alemão.
Capelli vira 1'30"212 e não melhora seu tempo.
Baldi registra 1'29"762 e sobe para décimo quarto, igualando o tempo de Arnoux.
Bellof faz 1'28"717 e se intromete entre as grandes, marcando o sexto tempo. Bela volta do alemão.
Martini marca 1'30"606 e pouco melhora seu tempo.
Johansson vira 1'29"292 e sobe para décimo segundo com a Vector. Sabe-se que os pneus Pirelli funcionam bem em condições extremas como as de hoje e o sueco soube aproveitar.
Alboreto faz 1'28"511 e pula para quarto.
Rosberg registra 1'28"552 e pouco melhora sua marca, permanecendo em sexto.
Piquet voa baixo e marca 1'27"883, baixando ainda mais o tempo da pole. Bela volta.
Arnoux vira 1'29"744 e não consegue melhorar sua posição.
Patrese faz 1'29"163 e recupera a décima segunda posição.
Pryce registra 1'29"445 e sobe para décimo quarto. Melhor posição já alcançada pela Arrows em treinos.
Boutsen vira 1'28"294 e pula para segundo. A Fittipaldi vem forte.
Mansell faz 1'28"250, segundo tempo.
Warwick marca 1'29"542 e sobe para décimo quinto.
De Cesaris registra 1'30"133, ganhando uma posição.
Fabi vira 1'29"546, décimo sexto tempo.
Brundle marca 1'30"737 e recoloca Hesnault na última fila.
Berger vem para sua volta. O austríaco registra 1'29"876, ficando em décimo nono. Treino ruim da Tyrant.
Prost vira 1'28"457 e sobe para quinto.
De Angelis faz 1'28"774, décimo tempo.
Senna abre sua volta rápida. O brasileiro extrai tudo de seu Ferrari e consegue o tempo de 1'27"812, superando Piquet por apenas 61 milésimos!
Scheckter vira 1'28"561 e fica com a nona posição.
Fittipaldi fecha o treino fazendo 1'28"119, ficando com a terceira posição.
Festa brasileira em Jacarepaguá! Senna na pole, com Piquet ao seu lado na primeira fila e Fittipaldi largando em terceiro.

Classificação - Final:

Ayrton SENNA (Ferrari/Ferrari/Goodyear) 1'27"812
Nelson PIQUET (Williams/TAG-Porsche/Goodyear) 1'27"883
Emerson FITTIPALDI (Fittipaldi/Renault/Goodyear) 1'28"119
Nigel MANSELL (Ferrari/Ferrari/Goodyear) 1'28"250
Thierry BOUTSEN (Fittipaldi/Renault/Goodyear) 1'28"294
Alain PROST (Savoia/Renault/Goodyear) 1'28"457
Michele ALBORETO (Biscazzi/Honda/Goodyear) 1'28"511
Keke ROSBERG (Williams/TAG-Porsche/Goodyear) 1'28"552
Jody SCHECKTER (Biscazzi/Honda/Goodyear) 1'28"561
10º Stefan BELLOF (Project Four/BMW/Goodyear) 1'28"717
11º Elio DE ANGELIS (Savoia/Renault/Goodyear) 1'28"774
12º Riccardo PATRESE (Rocca/Renault/Goodyear) 1'29"163
13º Stefan JOHANSSON (Vector/Hart/Pirelli) 1'29"292
14º Tom PRYCE (Arrows/Hart/Pirelli) 1'29"445
15º Derek WARWICK (Nürburg/Nürburg/Pirelli) 1'29"542
16º Teo FABI (Tyrant/BMW/Goodyear) 1'29"546
17º René ARNOUX (Rocca/Renault/Goodyear) 1'29"744
18º Mauro BALDI (Project Four/BMW/Goodyear) 1'29"762
19º Gerhard BERGER (Tyrant/BMW/Goodyear) 1'29"876
20º Christian DANNER (Nürburg/Nürburg/Pirelli) 1'29"977
21º Ivan CAPELLI (Vector/Hart/Pirelli) 1'30"035
22º Andrea DE CESARIS (Galaxy/Hart/Pirelli) 1'30"133
23º Pierluigi MARTINI (Arrows/Hart/Pirelli) 1'30"606
24º Martin BRUNDLE (Galaxy/Hart/Pirelli) 1'30"737
25º François HESNAULT (Pollux/Motori Moderni/Pirelli) 1'30"812
26º Jean-Louis SCHLESSER (Pollux/Motori Moderni/Pirelli) 1'31"225
avatar
Saimon
Admin

Mensagens : 1963
Data de inscrição : 11/12/2012
Idade : 31
Localização : Jaraguá do Sul

Ver perfil do usuário http://gpmanager.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Pilotos reclamando dos acertos

Mensagem  Saimon em 5/8/2015, 23:18

#1 Jody Scheckter
#3 Alain Prost
#4 Elio de Angelis
#22 Martin Brundle
avatar
Saimon
Admin

Mensagens : 1963
Data de inscrição : 11/12/2012
Idade : 31
Localização : Jaraguá do Sul

Ver perfil do usuário http://gpmanager.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1985 - 1ª Corrida - GP do Brasil

Mensagem  Jackie Oliver em 6/8/2015, 08:25

Enviado.
avatar
Jackie Oliver

Mensagens : 16
Data de inscrição : 04/06/2015
Idade : 75
Localização : Essex, Grã-Bretanha

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1985 - 1ª Corrida - GP do Brasil

Mensagem  Daniel King em 6/8/2015, 08:26

Enviado.
avatar
Daniel King

Mensagens : 335
Data de inscrição : 19/12/2012
Idade : 96
Localização : Glasgow, Escócia

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/danielantoniofelicianodegiuli

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1985 - 1ª Corrida - GP do Brasil

Mensagem  Lee James em 6/8/2015, 09:07

E-mail
avatar
Lee James

Mensagens : 279
Data de inscrição : 08/01/2013
Idade : 27

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1985 - 1ª Corrida - GP do Brasil

Mensagem  Saimon em 6/8/2015, 19:02

Recebidos Daniel e Victor.
avatar
Saimon
Admin

Mensagens : 1963
Data de inscrição : 11/12/2012
Idade : 31
Localização : Jaraguá do Sul

Ver perfil do usuário http://gpmanager.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1985 - 1ª Corrida - GP do Brasil

Mensagem  Giovane Biscazzi em 6/8/2015, 23:19

Mandei pelo face
avatar
Giovane Biscazzi

Mensagens : 274
Data de inscrição : 14/01/2013
Idade : 37
Localização : Hortolândia/SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1985 - 1ª Corrida - GP do Brasil

Mensagem  Saimon em 8/8/2015, 15:03

Recebidos André, Matheus, Rodrigo e Marcello.
avatar
Saimon
Admin

Mensagens : 1963
Data de inscrição : 11/12/2012
Idade : 31
Localização : Jaraguá do Sul

Ver perfil do usuário http://gpmanager.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1985 - 1ª Corrida - GP do Brasil

Mensagem  John Arthur em 9/8/2015, 19:33

Saimon escreveu:Recebidos André, Matheus, Rodrigo e Marcello.
eu mandei tb Suspect

John Arthur

Mensagens : 39
Data de inscrição : 14/06/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Corrida

Mensagem  Saimon em 23/8/2015, 15:36

Sol de rachar nesta tarde de domingo no Rio de Janeiro. Belas grid girls misturam-se ao formigueiro de mecânicos ao redor dos carros, que fazem os últimos ajustes antes da corrida. O público lota as arquibancadas, empolgado ao ver os três brasileiros nas três primeiras posições do grid. Senna é o pole, com Piquet logo ao seu lado. Fittipaldi sai em terceiro, com Mansell fechando a segunda fila. Na terceira fila temos Boutsen e Prost.
Os novos pneus macios, tanto da Goodyear quanto da Pirelli, empolgaram as equipes, tanto que vários carros tem paradas programadas para trocar pneus durante a prova. Oito pilotos partirão calçando pneus macios, entre eles o Williams de Piquet e os dois carros da Biscazzi.
A direção de prova ordena a saída dos mecânicos da pista e os carros partem para a volta de apresentação, liderados por Senna. Em seguida, todos realinham no grid. Em breve teremos a largada.

Largada: Senna - Piquet - Fittipaldi - Mansell - Boutsen - Prost - Alboreto - Rosberg - Scheckter - Bellof - De Angelis - Patrese - Johansson - Pryce - Warwick - Fabi - Arnoux - Baldi - Berger - Danner - Capelli - De Cesaris - Martini - Brundle - Hesnault - Schlesser

[Volta 1] Acendem as luzes vermelhas e sobe o giro dos motores! Está prestes a começar a temporada 1985! Pilotos concentrados e tensão no paddock. Tudo pronto para a corrida. A direção de prova faz as últimas checagens e aciona as luzes verdes, começa o GP do Brasil! Piquet larga bem por fora e vem pra cima de Senna. O piloto da Williams chega em vantagem na Molykote. Senna, tentando fechar o compatriota, toca sua roda dianteira esquerda na traseira direita de Piquet e roda! O brasileiro dá um cavalo-de-pau e volta à pista, porém em último. Alboreto, que fez ótima largada, vem em quarto, pressionando Mansell. Rosberg vem por dentro na Carlos Pace e passa Boutsen, assumindo a quinta posição. Scheckter pressiona Prost. Surpreendente, Johansson vem por dentro na Nonato e deixa De Angelis para trás, sendo agora o no colocado com seu Vector. Bellof pára na curva Norte, com problemas mecânicos. Scheckter sai do vácuo de Prost na reta da Junção e vem por dentro na curva Sul, conseguindo a ultrapassagem. Arnoux puxa para a esquerda na entrada da curva Sul e passa Pryce. Baldi passa Berger no mesmo ponto. O italiano ainda passa Fabi na curva da Lagoa. Senna alcança Hesnault e faz a ultrapassagem na curva da Vitória.

Fim da 1ª Volta: Piquet - Fittipaldi - Mansell - Alboreto - Rosberg - Boutsen - Scheckter - Prost - Johansson - De Angelis - Patrese - Warwick - Arnoux - Pryce - Baldi - Fabi - Berger - De Cesaris - Capelli - Danner - Brundle - Martini - Schlesser - Senna - Hesnault - Bellof(fora)

[Volta 2] Piquet abre na frente. Mansell segura Alboreto na Molykote. Scheckter pressiona Boutsen. Schlesser passa Martini na Carlos Pace. Senna já chega e também passa. Johansson vem pra cima de Prost. Os pneus macios da Pirelli vão rendendo bem e o sueco traciona melhor na saída da curva Norte, pegando o vácuo de Prost. O piloto da Vector tira de lado no final da reta e dá o bote por dentro na curva Sul. Warwick segura Arnoux. Baldi sai do vácuo de Pryce e vem por dentro na curva Sul, fazendo a ultrapassagem. Berger passa Fabi no mesmo ponto. De Cesaris pega carona no austríaco e também passa. Senna passa Schlesser também na curva Sul. Brundle pressiona Danner. Senna aproveita para se aproximar rapidamente e dar um bote duplo por dentro na curva da Lagoa! Bela manobra do brasileiro.

Fim da 2ª Volta: Piquet - Fittipaldi - Mansell - Alboreto - Rosberg - Boutsen - Scheckter - Johansson - Prost - De Angelis - Patrese - Warwick - Arnoux - Baldi - Pryce - Berger - De Cesaris - Fabi - Capelli - Senna - Danner - Brundle - Schlesser - Martini - Hesnault

[Volta 3] Alboreto segue na cola de Mansell, mas o inglês não dá espaço. Rosberg acompanha de perto. Senna passa Capelli na Nonato. Scheckter sai do vácuo de Boutsen e mergulha por dentro na curva Sul, conseguindo a ultrapassagem. Johansson já aperta para cima do belga. Warwick, Arnoux e Baldi entram colados na reta da Junção. O francês puxa para a esquerda para tentar tomar a linha de dentro, mas o inglês bloqueia. Baldi vem por fora e emparelha com Arnoux. Encaixotado atrás de Warwick, o francês acaba vendo Baldi passar por fora na curva Sul. Senna pisa fundo na reta da Junção e passa Fabi na freada da curva Sul. Berger segura De Cesaris. Senna se junta ao bolo. Capelli vem por dentro na curva da Vitória e passa Fabi. No mesmo ponto, Brundle deixa Danner para trás. Hesnault pressiona Martini.

Fim da 3ª Volta: Piquet - Fittipaldi - Mansell - Alboreto - Rosberg - Scheckter - Boutsen - Johansson - Prost - De Angelis - Patrese - Warwick - Baldi - Arnoux - Pryce - Berger - De Cesaris - Senna - Capelli - Fabi - Brundle - Danner - Schlesser - Martini - Hesnault

[Volta 4] Piquet abre 3,6 segundos na frente. Alboreto segue sem conseguir passar Mansell. Johansson vem por dentro na reta dos boxes e dá o bote sobre Boutsen, valendo a sétima posição. Baldi segue na pressão sobre Warwick e puxa para a esquerda na entrada da Carlos Pace, deixando o britânico para trás. Senna entra na reta da Junção colado em De Cesaris. O brasileiro puxa para a esquerda e vai superando o italiano. Ao se aproximar da curva Sul, o brasileiro já colocava meio carro ao lado de Berger. Senna retarda a freada e consegue mais uma ultrapassagem. Senna segue em corrida de recuperação e já cola em Pryce, que vinha logo à frente. O piloto da Ferrari não perde tempo e já aplica o boto na curva do Box, sem chance de reação para o galês. Brundle vem pra cima de Fabi. Schlesser sai do vácuo de Danner e consegue a ultrapassagem por dentro na curva da Lagoa.

Fim da 4ª Volta: Piquet - Fittipaldi - Mansell - Alboreto - Rosberg - Scheckter - Johansson - Boutsen - Prost - De Angelis - Patrese - Baldi - Warwick - Arnoux - Senna - Pryce - Berger - De Cesaris - Capelli - Fabi - Brundle - Schlesser - Danner - Martini - Hesnault

[Volta 5] Alboreto segue preso atrás de Mansell, que defende bem a terceira posição. Rosberg segue de perto. Baldi vem pra cima de Patrese. Senna cola em Arnoux e ataca o francês na curva Norte. Com mais tração na saída, Senna tira de lado na reta e vai superando o Rocca. De Cesaris sai do vácuo de Berger e vem por fora na na curva Sul. Os dois emparelham e o italiano ganha a preferência por dentro no Girão, conseguindo a ultrapassagem. Senna já vem pra cima de Warwick, que vem logo à frente. Senna não perde muito tempo com o inglês e já aplica o bote por dentro na curva da Vitória. Brundle vem por dentro e passa Fabi no mesmo ponto. Schlesser vem por perto. Hesnault pressiona Martini.

Fim da 5ª Volta: Piquet - Fittipaldi - Mansell - Alboreto - Rosberg - Scheckter - Johansson - Boutsen - Prost - De Angelis - Patrese - Baldi - Senna - Warwick - Arnoux - Pryce - De Cesaris - Berger - Capelli - Brundle - Fabi - Schlesser - Danner - Martini - Hesnault

[Volta 6] Alboreto traciona melhor que Mansell na saída da Molykote e mergulha por dentro na Carlos Pace, finalmente conseguindo a ultrapassagem. Rosberg cola no britânico, trazendo Scheckter consigo. Patrese segue segurando Baldi. Senna chega nos dois. Arnoux pressiona Warwick. Schlesser sai do vácuo de Fabi e mergulha por dentro na Molykote, conseguindo mais uma ultrapassagem. De Cesaris tira de lado na entrada da curva Sul e passa Pryce por dentro. Martini segura Hesnault.

Fim da 6ª Volta: Piquet - Fittipaldi - Alboreto - Mansell - Rosberg - Scheckter - Johansson - Boutsen - Prost - De Angelis - Patrese - Baldi - Senna - Warwick - Arnoux - De Cesaris - Pryce - Berger - Capelli - Brundle - Schlesser - Fabi - Danner - Martini - Hesnault

[Volta 7] Scheckter pressiona Rosberg. Baldi tira de lado na reta principal vem por dentro na Molykote, deixando Patrese para trás. Hesnault passa Martini no mesmo ponto. Senna cola em Patrese e pressiona. O brasileiro persegue o italiano até a curva da Lagoa, onde puxa para a esquerda e se infiltra por dentro, conseguindo a ultrapassagem.

Fim da 7ª Volta: Piquet - Fittipaldi - Alboreto - Mansell - Rosberg - Scheckter - Johansson - Boutsen - Prost - De Angelis - Baldi - Senna - Patrese - Warwick - Arnoux - De Cesaris - Pryce - Berger - Capelli - Brundle - Schlesser - Fabi - Danner - Hesnault - Martini

[Volta 8] Piquet já abre 8,0 segundos em relação a Fittipaldi, que começa a ser pressionado por Alboreto. Scheckter segue na cola de Rosberg. Prost cola em Boutsen. Senna segue em grande corrida de recuperação e deixa mais um para trás: o brasileiro sai do vácuo de Baldi e faz a ultrapassagem por dentro na curva Sul. Warwick segura Arnoux na curva Norte. De Cesaris aproveita para atacar o francês, pegando o vácuo e puxando para a esquerda na entrada da curva Sul, onde consegue a ultrapassagem. Berger passa Pryce também por dentro na curva Sul. Brundle segura Schlesser, que vem rápido com pneus macios. Danner segura Hesnault.

Fim da 8ª Volta: Piquet - Fittipaldi - Alboreto - Mansell - Rosberg - Scheckter - Johansson - Boutsen - Prost - De Angelis - Senna - Baldi - Patrese - Warwick - De Cesaris - Arnoux - Berger - Pryce - Capelli - Brundle - Schlesser - Fabi - Danner - Hesnault - Martini

[Volta 9] Alboreto, com pneus macios, segue pressionando Fittipaldi. Logo atrás, Mansell, Rosberg e Scheckter vêm juntos. Prost pressiona Boutsen. De Cesaris pega o vácuo de Warwick na Junção. O britânico bloqueia a linha de dentro, mas o italiano tenta vir por fora. Os dois contornam a curva emparelhados. No Girão, De Cesaris ganha a preferência por dentro e espalha para cima do Nürburg, ganhando a posição. Pryce segura Capelli. Danner vem por dentro na curva Sul e passa Fabi. Hesnault já cola no italiano e o persegue até a curva da Vitória, onde dá o bote por dentro e ganha a posição.

Fim da 9ª Volta: Piquet - Fittipaldi - Alboreto - Mansell - Rosberg - Scheckter - Johansson - Boutsen - Prost - De Angelis - Senna - Baldi - Patrese - De Cesaris - Warwick - Arnoux - Berger - Pryce - Capelli - Brundle - Schlesser - Danner - Hesnault - Fabi - Martini

[Volta 10] Alboreto continua na cola de Fittipaldi, buscando uma oportunidade para passar. Mansell segue com Rosberg e Scheckter logo atrás de si. Arnoux vem por dentro na Molykote e passa Warwick. Capelli traciona melhor na saída da Molykote e vem por dentro na Carlos Pace, passando Pryce. Brundle segura Schlesser. Martini vem pra cima de Fabi.

Fim da 10ª Volta: Piquet - Fittipaldi - Alboreto - Mansell - Rosberg - Scheckter - Johansson - Boutsen - Prost - De Angelis - Senna - Baldi - Patrese - De Cesaris - Arnoux - Warwick - Berger - Capelli - Pryce - Brundle - Schlesser - Danner - Hesnault - Fabi - Martini

[Volta 11] Rosberg segue pressionando Mansell, com Scheckter acompanhando de perto. Schlesser tira de lado e tenta vir por dentro na Molykote. Brundle fecha e os dois se tocam. O francês leva a pior, perdendo o controle do carro e rodando, indo parar no guard-rail. Hesnault passa Danner por dentro na Carlos Pace. Schlesser sai do carro ileso, porém frustrado pois fazia boa estréia. Fittipaldi segura Alboreto na curva Sul e vai resistindo na segunda posição.

Fim da 11ª Volta: Piquet - Fittipaldi - Alboreto - Mansell - Rosberg - Scheckter - Johansson - Boutsen - Prost - De Angelis - Senna - Baldi - Patrese - De Cesaris - Arnoux - Warwick - Berger - Capelli - Pryce - Brundle - Hesnault - Danner - Fabi - Martini - Schlesser(fora)

[Volta 12] Alboreto continua pressionando Fittipaldi. Rosberg sai do vácuo de Mansell e emparelha pela linha dentro na entrada da curva Sul. Os dois dividem a freada e o finlandês leva a melhor, tomando a quarta posição. Prost pressiona Boutsen. Senna cola em De Angelis, mas o italiano não dá espaço. Martini sai do vácuo de Fabi e faz a ultrapassagem por dentro na curva Sul.

Fim da 12ª Volta: Piquet - Fittipaldi - Alboreto - Rosberg - Mansell - Scheckter - Johansson - Boutsen - Prost - De Angelis - Senna - Baldi - Patrese - De Cesaris - Arnoux - Warwick - Berger - Capelli - Pryce - Brundle - Hesnault - Danner - Martini - Fabi

[Volta 13] Scheckter pressiona Mansell. Senna sai do vácuo de De Angelis e usa a potência do motor Ferrari pra chegar em vantagem na curva Sul e conseguir a ultrapassagem.

Fim da 13ª Volta: Piquet - Fittipaldi - Alboreto - Rosberg - Mansell - Scheckter - Johansson - Boutsen - Prost - Senna - De Angelis - Baldi - Patrese - De Cesaris - Arnoux - Warwick - Berger - Capelli - Pryce - Brundle - Hesnault - Danner - Martini - Fabi

[Volta 14] Piquet abre 14,7 segundos na liderança. Alboreto sai do vácuo de Fittipaldi na Junção e toma a linha de dentro. O italiano tem mais potência no motor e completa a ultrapassagem na entrada da curva Sul, assumindo a segunda posição. A Biscazzi parece ter voltado aos bons tempos. Prost pressiona Boutsen. Senna vem pra cima dos dois.

Fim da 14ª Volta: Piquet - Alboreto - Fittipaldi - Rosberg - Mansell - Scheckter - Johansson - Boutsen - Prost - Senna - De Angelis - Baldi - Patrese - De Cesaris - Arnoux - Warwick - Berger - Capelli - Pryce - Brundle - Hesnault - Danner - Martini - Fabi

[Volta 15] Scheckter segue pressionando Mansell. Boutsen e Prost disputam a oitava posição na Nonato. O belga segura o francês, mas Senna aproveita para dar o bote sobre Prost ainda na curva Norte e vim com tudo para cima de Boutsen. Os dois emparelham na reta da Junção, com o brasileiro pela linha de dentro. Com mais potência, Senna chega em vantagem na curva Sul e deixa o belga para trás. Bela seqüência de manobras de Senna!

Fim da 15ª Volta: Piquet - Alboreto - Fittipaldi - Rosberg - Mansell - Scheckter - Johansson - Senna - Boutsen - Prost - De Angelis - Baldi - Patrese - De Cesaris - Arnoux - Warwick - Berger - Capelli - Pryce - Brundle - Hesnault - Danner - Martini - Fabi

[Volta 16] Scheckter ataca Mansell na Molykote, mas o britânico resiste bem. De Cesaris sofre uma quebra de desempenho e é ultrapassado por Arnoux na Nonato. Johansson é traído pelo motor Hart, que lhe deixa na mão na reta da Junção. Uma pena, pois o sueco fazia corrida surpreendente com a Vector, andando na sétima posição, entre os carros das equipes grandes. Após ter ficado devendo na temporada passada, Johansson inicia o ano com uma bela performance, mas que não se transformará em um grande resultado.

Fim da 16ª Volta: Piquet - Alboreto - Fittipaldi - Rosberg - Mansell - Scheckter - Senna - Boutsen - Prost - De Angelis - Baldi - Patrese - Arnoux - De Cesaris - Warwick - Berger - Capelli - Pryce - Brundle - Hesnault - Danner - Martini - Fabi - Johansson(fora)

[Volta 17] Mansell segue resistindo aos ataques de Scheckter. Prost pressiona Boutsen.

Fim da 17ª Volta: Piquet - Alboreto - Fittipaldi - Rosberg - Mansell - Scheckter - Senna - Boutsen - Prost - De Angelis - Baldi - Patrese - Arnoux - De Cesaris - Warwick - Berger - Capelli - Pryce - Brundle - Hesnault - Danner - Martini - Fabi

[Volta 18] Scheckter tenta o bote na curva Sul, mas Mansell fecha para cima do sulafricano e mantém a quinta posição. Lento, De Cesaris recolhe para os boxes e abandona a prova, com problemas mecânicos.

Fim da 18ª Volta: Piquet - Alboreto - Fittipaldi - Rosberg - Mansell - Scheckter - Senna - Boutsen - Prost - De Angelis - Baldi - Patrese - Arnoux - Warwick - Berger - Capelli - Pryce - Brundle - Hesnault - Danner - Martini - Fabi - De Cesaris(fora)

[Volta 19] Senna, em sétimo, vem 12,1 segundos atrás de Scheckter. O sulafricano por sua vez segue na cola de Mansell, que defende bravamente a quinta posição. Prost volta a pressionar Boutsen. Capelli estaciona na Nonato, com problemas.

Fim da 19ª Volta: Piquet - Alboreto - Fittipaldi - Rosberg - Mansell - Scheckter - Senna - Boutsen - Prost - De Angelis - Baldi - Patrese - Arnoux - Warwick - Berger - Pryce - Brundle - Hesnault - Danner - Martini - Fabi - Capelli(fora)

[Volta 20] Scheckter sai do vácuo de Mansell e desta vez consegue se infiltrar por dentro na entrada da curva Sul, conseguindo a ultrapassagem. Brundle solta fumaça na curva Sul e vai parando. Pryce recolhe para os boxes, com problemas.

Fim da 20ª Volta: Piquet - Alboreto - Fittipaldi - Rosberg - Scheckter - Mansell - Senna - Boutsen - Prost - De Angelis - Baldi - Patrese - Arnoux - Warwick - Berger - Hesnault - Danner - Martini - Fabi - Pryce(fora) - Brundle(fora)

[Volta 21] Scheckter vem pra cima de Rosberg.

Fim da 21ª Volta: Piquet - Alboreto - Fittipaldi - Rosberg - Scheckter - Mansell - Senna - Boutsen - Prost - De Angelis - Baldi - Patrese - Arnoux - Warwick - Berger - Hesnault - Danner - Martini - Fabi

[Volta 22] Piquet abre 20,0 segundos na frente. O brasileiro vai construindo uma grande vantagem na ponta, calçando pneus macios. Rosberg segura Scheckter na curva do Box.
[Volta 23] Scheckter segue pressionando Rosberg. Hesnault pára nos boxes e abandona, com problemas mecânicos.

Fim da 23ª Volta: Piquet - Alboreto - Fittipaldi - Rosberg - Scheckter - Mansell - Senna - Boutsen - Prost - De Angelis - Baldi - Patrese - Arnoux - Warwick - Berger - Danner - Martini - Fabi - Hesnault(fora)

[Volta 24] Scheckter perde contato com Rosberg e parece ter problemas. Mansell recupera a quinta posição na Nonato. Piquet começa a pegar tráfego. Scheckter vem em ritmo lento até os boxes. Os mecânicos tentam consertar o carro, mas não foi possível. O atual campeão está fora da prova. A equipe Project Four é a primeira a preparar os pneus para troca.

Fim da 24ª Volta: Piquet - Alboreto - Fittipaldi - Rosberg - Mansell - Senna - Boutsen - Prost - De Angelis - Baldi - Patrese - Arnoux - Warwick - Berger - Danner - Scheckter(fora) - Martini(1) - Fabi(1)

[Volta 25] Prost segue na cola de Boutsen. Baldi nos boxes.

Fim da 25ª Volta: Piquet - Alboreto - Fittipaldi - Rosberg - Mansell - Senna - Boutsen - Prost - De Angelis - Patrese - Arnoux - Warwick - Berger - Baldi - Danner(1) - Martini(1) - Fabi(1) - Scheckter(fora)

[Volta 26] Prost sai do vácuo de Boutsen e mergulha por dentro na Molykote, conseguindo a ultrapassagem.

Fim da 26ª Volta: Piquet - Alboreto - Fittipaldi - Rosberg - Mansell - Senna - Prost - Boutsen - De Angelis - Patrese - Arnoux - Warwick - Berger - Baldi - Danner(1) - Martini(1) - Fabi(1)

[Volta 27] A Williams começa a se preparar para receber Piquet.
[Volta 28] Piquet nos boxes.

Fim da 28ª Volta: Alboreto - Piquet - Fittipaldi - Rosberg - Mansell - Senna - Prost - Boutsen - De Angelis - Patrese - Arnoux - Warwick - Berger - Baldi - Danner - Martini - Fabi

[Volta 29] Alboreto assume a ponta e a Biscazzi volta a liderar uma corrida.
[Volta 30] A Tyrant começa a se preparar.
[Volta 31] O motor Nürburg deixa Warwick a pé: o britânico encosta após a Carlos Pace e abandona. Berger nos boxes. A Biscazzi se prepara para a parada de Alboreto.

Fim da 31ª Volta: Alboreto - Piquet - Fittipaldi - Rosberg - Mansell - Senna - Prost - Boutsen - De Angelis - Patrese - Arnoux - Baldi - Danner - Martini - Warwick(fora) - Fabi(1) - Berger(1)

[Volta 32] Alboreto vai aos boxes, enquanto a Williams prepara o pitstop de Rosberg.

Fim da 32ª Volta: Piquet - Fittipaldi - Rosberg - Mansell - Senna - Alboreto - Prost - Boutsen - De Angelis - Patrese - Arnoux - Baldi - Danner - Martini - Fabi - Berger - Warwick(fora)

[Volta 33] Piquet reassume a ponta com Fittipaldi 1,1 segundo atrás. Rosberg vai aos boxes fazer sua troca de pneus. Berger vem pra cima de Fabi.

Fim da 33ª Volta: Piquet - Fittipaldi - Mansell - Senna - Alboreto - Prost - Boutsen - Rosberg - De Angelis - Patrese - Arnoux - Baldi - Danner - Martini - Fabi - Berger

[Volta 34] Berger passa Fabi na Carlos Pace. Rosberg vem pra cima de Boutsen. Fittipaldi enfrenta problemas e fica lento. Mansell passa. O brasileiro traz o carro até os boxes, mas não havia conserto. Emmo está fora.

Fim da 34ª Volta: Piquet - Mansell - Senna - Alboreto - Prost - Boutsen - Rosberg - De Angelis - Patrese - Arnoux - Baldi - Danner - Fittipaldi(fora) - Martini(1) - Berger(1) - Fabi(1)

[Volta 35] Rosberg vem voando com pneus macios novos e passa Boutsen por dentro na Carlos Pace. Berger sai do vácuo de Martini e toma a linha de dentro na freada da curva Sul, conseguindo a ultrapassagem. Logo na seqüência, Mansell, que vinha para dar uma volta nos dois, vê seu motor Ferrari abrir o bico e lhe obrigar a encostar. O britânico tinha a segunda posição. Rosberg vem pra cima de Prost. Boutsen nos boxes.

Fim da 35ª Volta: Piquet - Senna - Alboreto - Prost - Rosberg - De Angelis - Patrese - Boutsen - Arnoux - Baldi - Danner - Mansell(fora) - Berger(1) - Martini(1) - Fabi(1) - Fittipaldi(fora)

[Volta 36] Senna, mesmo após os problemas na primeira volta, agora aparece em segundo. Rosberg traciona melhor na saída da Carlos Pace e vem por dentro na Nonato, deixando Prost para trás. Boutsen, com pneus macios, vem com tudo para cima de Patrese. O belga pressiona o italiano na curva Sul e segue colado. Na curva da Lagoa, Boutsen puxa para a esquerda e infiltra-se por dentro, conseguindo a ultrapassagem.

Fim da 36ª Volta: Piquet - Senna - Alboreto - Rosberg - Prost - De Angelis - Boutsen - Patrese - Arnoux - Baldi - Danner - Berger(1) - Martini(1) - Fabi(1) - Mansell(fora)

[Volta 37] Piquet segue firme na ponta, 12,9 segundos à frente de Senna.

Fim da 37ª Volta: Piquet - Senna - Alboreto - Rosberg - Prost - De Angelis - Boutsen - Patrese - Arnoux - Baldi - Danner(1) - Berger(1) - Martini(1) - Fabi(1)

[Volta 38] Rosberg vem muito rápido e tenta se aproximar de Alboreto.
[Volta 39] A diferença entre Rosberg e Alboreto neste momento é de 9,0 segundos.
[Volta 40] Senna vem lento... Definitivamente não era esta a primeira corrida da temporada que a Ferrari planejava. O brasileiro encosta após o Girão e abandona.

Fim da 40ª Volta: Piquet - Alboreto - Rosberg - Prost - De Angelis - Boutsen - Patrese - Arnoux - Baldi - Senna(fora) - Danner(1) - Berger(1) - Martini(1) - Fabi(1)

[Volta 41] Alboreto agora é o segundo colocado, 20,3 segundos atrás de Piquet. Rosberg, terceiro, já reduz a desvantagem em relação ao italiano para 6,8 segundos. Berger vem pra cima de Danner. Fabi cola em Martini.

Fim da 41ª Volta: Piquet - Alboreto - Rosberg - Prost - De Angelis - Boutsen - Patrese - Arnoux - Baldi - Danner(1) - Berger(1) - Martini(1) - Fabi(1) - Senna(fora)

[Volta 42] Berger não hesita e faz logo a ultrapassagem sobre Danner, valendo a décima posição, dando o bote por dentro na Carlos Pace. Fabi pressiona Martini.

Fim da 42ª Volta: Piquet - Alboreto - Rosberg - Prost - De Angelis - Boutsen - Patrese - Arnoux - Baldi - Berger(1) - Danner(1) - Martini(1) - Fabi(1)

[Volta 43] Rosberg reduz a diferença em relação a Alboreto para 4,5 segundos. Teremos briga pelo segundo lugar em breve.
[Volta 44] Fabi pega o vácuo de Martini na Junção e puxa para a esquerda, emparelhando com o compatriota. O Tyrant parece ter mais velocidade na reta e Fabi chega em vantagem na curva Sul, conseguindo a ultrapassagem.

Fim da 44ª Volta: Piquet - Alboreto - Rosberg - Prost - De Angelis - Boutsen - Patrese - Arnoux - Baldi - Berger(1) - Danner(1) - Fabi(1) - Martini(1)

[Volta 45] Martini tenta o bote na Carlos Pace para recuperar a posição perdida, mas Fabi fecha bem.
[Volta 46] Rosberg se aproxima rapidamente de Alboreto e entra na reta principal na cola do italiano.

Fim da 46ª Volta: Piquet - Alboreto - Rosberg - Prost - De Angelis - Boutsen - Patrese - Arnoux - Baldi(1) - Berger(1) - Danner(1) - Fabi(1) - Martini(1)

[Volta 47] Alboreto segura o ímpeto de Rosberg e vai mantendo a segunda posição.
[Volta 48] Rosberg é muito mais rápido que Alboreto e, tracionando melhor na saída da Molykote, infiltra-se por dentro na Carlos Pace e toma a segunda posição.

Fim da 48ª Volta: Piquet - Rosberg - Alboreto - Prost - De Angelis - Boutsen - Patrese - Arnoux - Baldi(1) - Berger(1) - Danner(1) - Fabi(1) - Martini(1)

[Volta 49] A corrida vai se encaminhando para a primeira dobradinha da história da Williams.
[Volta 50] Boutsen vem 12,0 segundos atrás de De Angelis, mas vai reduzindo a diferença volta a volta.
[Volta 51] Piquet tem 22,1 segundos de vantagem na liderança e vai se aproximando de uma vitória tranqüila, logo em sua primeira corrida pela Williams.
[Volta 52] Prost e De Angelis estão virando tempos ruins, sentindo o desgaste dos pneus. Boutsen, com pneus macios novos, se aproxima rapidamente.
[Volta 53] Boutsen vem 7,3 segundos atrás de De Angelis, mas vem chegando muito rápido.
[Volta 54] Piquet segue abrindo caminho na liderança, rumo à vitória.

Fim da 54ª Volta: Piquet - Rosberg - Alboreto - Prost - De Angelis - Boutsen - Patrese(1) - Arnoux(1) - Baldi(1) - Berger(1) - Danner(1) - Fabi(1) - Martini(1)

[Volta 55] Boutsen cola em De Angelis.
[Volta 56] Boutsen vem por dentro na Nonato e deixa De Angelis para trás.

Fim da 56ª Volta: Piquet - Rosberg - Alboreto - Prost - Boutsen - De Angelis - Patrese(1) - Arnoux(1) - Baldi(1) - Berger(1) - Danner(1) - Fabi(1) - Martini(1)

[Volta 57] Boutsen agora vem se aproximando de Prost.
[Volta 58] Boutsen chega em Prost.
[Volta 59] Prost, sem ter como resistir, vê Boutsen passar por fora na Carlos Pace. Arnoux se aproxima de Patrese, em briga interna da Rocca.

Fim da 59ª Volta: Piquet - Rosberg - Alboreto - Boutsen - Prost - De Angelis - Patrese(1) - Arnoux(1) - Baldi(1) - Berger(1) - Danner(1) - Fabi(1) - Martini(1)

[Volta 60] Os Rocca também sofrem com o desgaste dos pneus e Baldi chega. Fabi se aproxima de Danner.
[Volta 61] Piquet abre a última volta. E uma estréia perfeita pela Williams, o bicampeão completa a última volta com tranqüilidade e vence o GP do Brasil! Rosberg chega em segundo e a Williams conquista a primeira dobradinha de sua história. Baldi pressiona os Rocca com pneus desgastados e passa Arnoux na Nonato. O italiano persegue Patrese e consegue a ultrapassagem na curva da Lagoa, chegando em sétimo. Alboreto cruza em terceiro, mostrando o potencial da Biscazzi para esta temporada. Boutsen, Prost e De Angelis fecham a zona de pontuação. A Savoia decepciona com uma corrida bastante apagada. Fabi passa Danner na curva Sul e fica em décimo primeiro.

Fim da Corrida: Piquet - Rosberg - Alboreto - Boutsen - Prost - De Angelis - Baldi(1) - Patrese(1) - Arnoux(1) - Berger(1) - Fabi(1) - Danner(1) - Martini(1)

Classificação - Final:

Nelson PIQUET (Williams/TAG-Porsche/Goodyear) 1h32'05"184
Keke ROSBERG (Williams/TAG-Porsche/Goodyear) +19"218
Michele ALBORETO (Biscazzi/Honda/Goodyear) +26"138
Thierry BOUTSEN (Fittipaldi/Renault/Goodyear) +55"855
Alain PROST (Savoia/Renault/Goodyear) +1'05"149
Elio DE ANGELIS (Savoia/Renault/Goodyear) +1'15"057
Mauro BALDI (Project Four/BMW/Goodyear) +1 volta
Riccardo PATRESE (Rocca/Renault/Goodyear) +1 volta
René ARNOUX (Rocca/Renault/Goodyear) +1 volta
10º Gerhard BERGER (Tyrant/BMW/Goodyear) +1 volta
11º Teo FABI (Tyrant/BMW/Goodyear) +1 volta
12º Christian DANNER (Nürburg/Nürburg/Pirelli) +1 volta
13º Pierluigi MARTINI (Arrows/Hart/Pirelli) +1 volta

AB Ayrton SENNA (Ferrari/Ferrari/Goodyear) 39 voltas
AB Nigel MANSELL (Ferrari/Ferrari/Goodyear) 34 voltas
AB Emerson FITTIPALDI (Fittipaldi/Renault/Goodyear) 33 voltas
AB Derek WARWICK (Nürburg/Nürburg/Pirelli) 30 voltas
AB Jody SCHECKTER (Biscazzi/Honda/Goodyear) 23 voltas
AB François HESNAULT (Pollux/Motori Moderni/Pirelli) 22 voltas
AB Tom PRYCE (Arrows/Hart/Pirelli) 19 voltas
AB Martin BRUNDLE (Galaxy/Hart/Pirelli) 19 voltas
AB Ivan CAPELLI (Vector/Hart/Pirelli) 18 voltas
AB Andrea DE CESARIS (Galaxy/Hart/Pirelli) 17 voltas
AB Stefan JOHANSSON (Vector/Hart/Pirelli) 15 voltas
AB Jean-Louis SCHLESSER (Pollux/Motori Moderni/Pirelli) 10 voltas
AB Stefan BELLOF (Project Four/BMW/Goodyear) 0 voltas

Quebras/Acidentes:

Bellof =($300)= embreagem

Schlesser =($200)= acidente

Johansson =($0)= motor

De Cesaris =($0)= turbo

Capelli =($0)= pane elétrica

Brundle =($0)= motor

Pryce =($0)= câmbio

Hesnault =($0)= embreagem

Scheckter =($100)= suspensão

Warwick =($500)= motor

Fittipaldi =($0)= injeção

Mansell =($500)= motor

Senna =($300)= transmissão
avatar
Saimon
Admin

Mensagens : 1963
Data de inscrição : 11/12/2012
Idade : 31
Localização : Jaraguá do Sul

Ver perfil do usuário http://gpmanager.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Classificação do Campeonato após a Corrida

Mensagem  Saimon em 23/8/2015, 15:38

Mundial de Pilotos:

1º N. Piquet = 9 pts.
2º K. Rosberg = 6 pts.
3º M. Alboreto = 4 pts.
4º T. Boutsen = 3 pts.
5º A. Prost = 2 pts.
6º E. De Angelis = 1 pt.

Mundial de Construtores:

1º Williams = 15 pts.
2º Biscazzi = 4 pts.
3º Fittipaldi = 3 pts.
4º Savoia = 3 pts.
avatar
Saimon
Admin

Mensagens : 1963
Data de inscrição : 11/12/2012
Idade : 31
Localização : Jaraguá do Sul

Ver perfil do usuário http://gpmanager.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1985 - 1ª Corrida - GP do Brasil

Mensagem  Giovane Biscazzi em 23/8/2015, 18:16

Boa estreia. Poderia ser melhor, mas foi boa sim. bounce
avatar
Giovane Biscazzi

Mensagens : 274
Data de inscrição : 14/01/2013
Idade : 37
Localização : Hortolândia/SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1985 - 1ª Corrida - GP do Brasil

Mensagem  Lee James em 25/8/2015, 09:57

Terceiro GP do Brasil consecutivo com vitória de um brasileiro (Fittipaldi em 83, Senna em 84). O povo tupiniquim vai ficar mal acostumado haha
avatar
Lee James

Mensagens : 279
Data de inscrição : 08/01/2013
Idade : 27

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1985 - 1ª Corrida - GP do Brasil

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum