1983 - 10ª Corrida - GP da Alemanha

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

1983 - 10ª Corrida - GP da Alemanha

Mensagem  Saimon em 31/5/2014, 14:55

Data fictícia: final do mês 7

Circuito: Hockenheim

Extensão: 6,797 km (45 voltas / 305,865 km no total)


Comentários iniciais:

Situado próximo à cidade medieval de Heidelberg, em meio à Floresta Negra, o veloz circuito de Hockenheim é composto basicamente por quatro grandes retas, separadas por três chicanes, incluindo uma nova chicane na antiga Ostkurve, reduzindo a velocidade neste trecho por medida de segurança. Na parte final, uma seqüência de quatro curvas rodeadas por arquibancadas é conhecida como Stadion. Os principais pontos de ultrapassagem estão situados nas fortes freadas ao final de cada reta. A pista exige bastante de motores e freios.

Traçado:



Condições Climáticas:

Treinos: ensolarado, 25 a 28°C, pista seca (nenhuma possibilidade de chuva)

Corrida: ensolarado, 24 a 27°C, pista seca (nenhuma possibilidade de chuva)


Prazo para envio dos formulários de corrida: 18:00h de 03/06/14 (terça-feira)

Obs.: horário de Brasília. Caso queiram enviar o formulário secretamente, o e-mail é: saimonbcruz@yahoo.com.br
avatar
Saimon
Admin

Mensagens : 2000
Data de inscrição : 11/12/2012
Idade : 32
Localização : Jaraguá do Sul

Ver perfil do usuário http://gpmanager.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Treinos

Mensagem  Saimon em 31/5/2014, 14:55

1ª Sessão

Muito sol na Florestra Negra, em bela tarde de sábado. A F1 chega à Alemanha para a décima etapa da temporada. Até o momento, um grande equilíbrio entre equipes e pilotos torna o campeonato emocionante e não deve ser diferente no treino de hoje.
Scheckter, recuperado após o acidente sofrido nos treinos em Silverstone, abre a sessão virando 1'51"050.
Guerrero marca 1'55"911.
Salazar vira 1'57"464.
Cheever vem soltando fumaça na volta de aceleração e é obrigado a parar após a Schikane 2. O treino complica para o americano.
Fabi marca 1'55"420.
Johansson registra 1'51"202.
De Angelis vira 1'50"319, tomando a ponta do treino.
Arnoux faz 1'50"506.
Hunt registra 1'50"814.
Cecotto marca 1'55"104.
Patrese faz 1'50"718.
Boesel é o próximo. O brasileiro vira 1'55"508.
Boutsen marca 1'50"656.
Giacomelli vira 1'52"049.
Piquet erra na freada da Schikane 1 e roda, indo se chocar contra as barreiras de proteção. O piloto sai ileso, mas o carro está avariado. O brasileiro provavelmente precisará do carro reserva na segunda sessão. Que fase ruim vive o atual campeão!
De Cesaris registra 1'55"661.
Alboreto vira 1'51"216. Treino ruim dos pilotos da Biscazzi até aqui.
Pryce marca 1'51"677.
Warwick faz 1'54"727.
Sullivan registra 1'56"135.
Gartner vira 1'51"984.
Baldi marca 1'52"043.
Rothengatter faz 1'54"046.
Moreno vem para sua volta. O brasileiro registra 1'53"764.
Bellof vira 1'51"150.
Palmer marca 1'51"080.
Jones registra 1'50"659. Boa volta do australiano.
Mansell erra na freada da chicane da Ostkurve e, em acidente parecido com o de Piquet, roda e pára nas barreiras de proteção. O britânico sai ileso, mas é outro que irá precisar do carro reserva na seqüência do treino.
Rosberg vira 1'50"305, tomando a ponta do treino.
Fittipaldi faz 1'50"373, terceiro tempo.
Prost fecha a primeira sessão voando baixo e marcando 1'50"029, melhor tempo da sessão. O francês vive grande fase na Savoia.

Classificação - 1ª Sessão:

Alain PROST (Savoia/BMW/Michelin) 1'50"029
Keke ROSBERG (Ferrari/Ferrari/Goodyear) 1'50"305
Elio DE ANGELIS (Williams/TAG-Porsche/Michelin) 1'50"319
Emerson FITTIPALDI (Fittipaldi/Renault/Goodyear) 1'50"373
René ARNOUX (Renault/Renault/Michelin) 1'50"506
Thierry BOUTSEN (Fittipaldi/Renault/Goodyear) 1'50"656
Alan JONES (Tyrant/Tyrant/Goodyear) 1'50"659
Riccardo PATRESE (Project Four/BMW/Goodyear) 1'50"718
James HUNT (Ferrari/Ferrari/Goodyear) 1'50"814
10º Jody SCHECKTER (Biscazzi/Honda/Michelin) 1'51"050
11º Jonathan PALMER (Renault/Renault/Michelin) 1'51"080
12º Stefan BELLOF (Project Four/BMW/Goodyear) 1'51"150
13º Stefan JOHANSSON (Tyrant/Tyrant/Goodyear) 1'51"202
14º Michele ALBORETO (Biscazzi/Honda/Michelin) 1'51"216
15º Tom PRYCE (Rocca/Alfa Romeo/Michelin) 1'51"677
16º Jo GARTNER (Winhill/Alfa Romeo/Goodyear) 1'51"984
17º Mauro BALDI (Rocca/Alfa Romeo/Michelin) 1'52"043
18º Bruno GIACOMELLI (Winhill/Alfa Romeo/Goodyear) 1'52"049
19º Roberto MORENO (Highwind/Hart/Pirelli) 1'53"764
20º Huub ROTHENGATTER (Highwind/Hart/Pirelli) 1'54"046
21º Derek WARWICK (Terrible Emerson/Ford-Cosworth/Pirelli) 1'54"727
22º Johnny CECOTTO (Terrible Emerson/Ford-Cosworth/Pirelli) 1'55"104
23º Teo FABI (Nürburg/Ford-Cosworth/Pirelli) 1'55"420
24º Raul BOESEL (Vector/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'55"508
25º Andrea DE CESARIS (Galaxy/Ford-Cosworth/Pirelli) 1'55"661
26º Roberto GUERRERO (Nürburg/Ford-Cosworth/Pirelli) 1'55"911
27º Danny SULLIVAN (Galaxy/Ford-Cosworth/Pirelli) 1'56"135
28º Eliseo SALAZAR (Bleutter/Ford-Cosworth/Pirelli) 1'57"464
29º Eddie CHEEVER (Bleutter/Ford-Cosworth/Pirelli) sem tempo
30º Nelson PIQUET (Savoia/BMW/Michelin) sem tempo
31º Nigel MANSELL (Williams/TAG-Porsche/Michelin) sem tempo

2ª Sessão

Scheckter abre a segunda sessão virando 1'50"040, pouco melhorando seu tempo.
Guerrero faz 1'55"031 e pula para vigésimo segundo.
Salazar erra na freada da Onkokurve e espalha para fora da pista. O chileno aborta sua volta e fica mais uma vez fora da corrida.
Para piorar a situação da Bleutter, os mecânicos não conseguem consertar o carro de Cheever e o americano também está fora.
Fabi marca 1'54"822 e sobe para vigésimo segundo.
Johansson vira 1'51"392 e não melhora seu tempo.
De Angelis voa baixo e registra 1'49"642, pulando para a ponta. O italiano extrai toda a potência do motor TAG-Porsche e lidera o treino.
Arnoux marca 1'49"929 e pula para segundo.
Hunt faz apenas 1'50"780 e não melhora sua posição. Péssimo treino do britânico.
Cecotto vira 1'54"964 e recupera uma posição.
Patrese marca 1'50"945 e não melhora seu tempo.
Boesel faz 1'55"042 e melhora seu tempo, mas não a posição.
Boutsen registra 1'50"119 e sobe para quarto.
Giacomelli vira 1'51"747, subindo para décimo sexto.
Piquet vem para a pista com o carro reserva da Savoia. O brasileiro registra 1'51"261, décimo quinto tempo.
De Cesaris registra 1'55"232 e melhora seu tempo, mas não o suficiente para conseguir a classificação para a prova.
Alboreto faz 1'51"207 e pouco melhora seu tempo.
Pryce vira 1'50"853 e pula para décimo. Bela volta do britânico com a Rocca.
Warwick marca 1'54"701, pouco melhorando seu tempo.
Sullivan faz 1'56"306 e fica fora da prova.
Gartner registra 1'51"817 e não consegue melhorar sua posição.
Baldi marca 1'52"034 e também não sai de sua posição atual.
Rothengatter vira 1'53"818 e aproxima seu tempo do de Moreno, mas não consegue superá-lo.
Moreno faz 1'52"937 e melhora seu tempo, mas não a posição.
Bellof registra 1'50"867 e sobe para décimo primeiro.
Palmer vira 1'50"877, décimo segundo tempo.
Jones marca 1'49"780 e pula para segundo. Belíssima volta do australiano, relembrando sua boa fase.
Mansell, no carro reserva da Williams, registra 1'51"876, décimo nono tempo.
Rosberg erra na freada da Onkokurve e espalha para fora da pista. O finlandês obriga-se a abortar a volta e contentar-se com a sexta posição no momento.
Fittipaldi vira 1'49"942 e sobe para quarto.
Prost fecha o treino fazendo 1'49"959 e permanecendo em quinto. Treino bastante atípico hoje em Hockenheim, com as equipes e pilotos bastante embaralhados. Promessa de grande corrida para amanhã.

Classificação - Final:

Elio DE ANGELIS (Williams/TAG-Porsche/Michelin) 1'49"642
Alan JONES (Tyrant/Tyrant/Goodyear) 1'49"780
René ARNOUX (Renault/Renault/Michelin) 1'49"929
Emerson FITTIPALDI (Fittipaldi/Renault/Goodyear) 1'49"942
Alain PROST (Savoia/BMW/Michelin) 1'49"959
Thierry BOUTSEN (Fittipaldi/Renault/Goodyear) 1'50"119
Keke ROSBERG (Ferrari/Ferrari/Goodyear) 1'50"305
Riccardo PATRESE (Project Four/BMW/Goodyear) 1'50"718
James HUNT (Ferrari/Ferrari/Goodyear) 1'50"780
10º Tom PRYCE (Rocca/Alfa Romeo/Michelin) 1'50"853
11º Stefan BELLOF (Project Four/BMW/Goodyear) 1'50"867
12º Jonathan PALMER (Renault/Renault/Michelin) 1'50"877
13º Jody SCHECKTER (Biscazzi/Honda/Michelin) 1'51"040
14º Stefan JOHANSSON (Tyrant/Tyrant/Goodyear) 1'51"202
15º Michele ALBORETO (Biscazzi/Honda/Michelin) 1'51"207
16º Nelson PIQUET (Savoia/BMW/Michelin) 1'51"261
17º Bruno GIACOMELLI (Winhill/Alfa Romeo/Goodyear) 1'51"747
18º Jo GARTNER (Winhill/Alfa Romeo/Goodyear) 1'51"817
19º Nigel MANSELL (Williams/TAG-Porsche/Michelin) 1'51"876
20º Mauro BALDI (Rocca/Alfa Romeo/Michelin) 1'52"034
21º Roberto MORENO (Highwind/Hart/Pirelli) 1'52"937
22º Huub ROTHENGATTER (Highwind/Hart/Pirelli) 1'53"818
23º Derek WARWICK (Terrible Emerson/Ford-Cosworth/Pirelli) 1'54"701
24º Teo FABI (Nürburg/Ford-Cosworth/Pirelli) 1'54"822
25º Johnny CECOTTO (Terrible Emerson/Ford-Cosworth/Pirelli) 1'54"964
26º Roberto GUERRERO (Nürburg/Ford-Cosworth/Pirelli) 1'55"031

27º Raul BOESEL (Vector/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'55"042
28º Andrea DE CESARIS (Galaxy/Ford-Cosworth/Pirelli) 1'55"232
29º Danny SULLIVAN (Galaxy/Ford-Cosworth/Pirelli) 1'56"135
30º Eliseo SALAZAR (Bleutter/Ford-Cosworth/Pirelli) 1'57"464
31º Eddie CHEEVER (Bleutter/Ford-Cosworth/Pirelli) sem tempo


Quebras/Acidentes:

Cheever =($0)= biela

Piquet =($200)= acidente

Mansell =($200)= acidente


Última edição por Saimon em 31/5/2014, 19:38, editado 1 vez(es)
avatar
Saimon
Admin

Mensagens : 2000
Data de inscrição : 11/12/2012
Idade : 32
Localização : Jaraguá do Sul

Ver perfil do usuário http://gpmanager.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1983 - 10ª Corrida - GP da Alemanha

Mensagem  Lee James em 31/5/2014, 15:13

Considerando todo o contexto, até que o resultado foi bom. Vamos ver se dessa vez consigo completar (e preferencialmente pontuar) com ambos

Mandei uma dúvida no e-mail também
avatar
Lee James

Mensagens : 284
Data de inscrição : 08/01/2013
Idade : 27

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1983 - 10ª Corrida - GP da Alemanha

Mensagem  Marcel Pin em 31/5/2014, 15:21

Aí sim!!!!!!!! Esse é o verdadeiro Alan Jones!!!!!

Marcel Pin

Mensagens : 93
Data de inscrição : 08/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1983 - 10ª Corrida - GP da Alemanha

Mensagem  Giovane Biscazzi em 31/5/2014, 18:27

O dia de treinos da Biscazzi foi tão ruim que o narrador da FIA errou até o nome da equipe.  Razz 
avatar
Giovane Biscazzi

Mensagens : 277
Data de inscrição : 14/01/2013
Idade : 37
Localização : Hortolândia/SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1983 - 10ª Corrida - GP da Alemanha

Mensagem  Giovane Biscazzi em 31/5/2014, 18:41

e-mail
avatar
Giovane Biscazzi

Mensagens : 277
Data de inscrição : 14/01/2013
Idade : 37
Localização : Hortolândia/SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1983 - 10ª Corrida - GP da Alemanha

Mensagem  Saimon em 31/5/2014, 19:42

Recebidos Gustavo, André e Marcello.
avatar
Saimon
Admin

Mensagens : 2000
Data de inscrição : 11/12/2012
Idade : 32
Localização : Jaraguá do Sul

Ver perfil do usuário http://gpmanager.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1983 - 10ª Corrida - GP da Alemanha

Mensagem  Lee James em 1/6/2014, 21:58

E-mail
avatar
Lee James

Mensagens : 284
Data de inscrição : 08/01/2013
Idade : 27

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1983 - 10ª Corrida - GP da Alemanha

Mensagem  Saimon em 2/6/2014, 19:02

Lee James escreveu:E-mail

Recebido.
avatar
Saimon
Admin

Mensagens : 2000
Data de inscrição : 11/12/2012
Idade : 32
Localização : Jaraguá do Sul

Ver perfil do usuário http://gpmanager.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1983 - 10ª Corrida - GP da Alemanha

Mensagem  Daniel King em 2/6/2014, 20:05

Enviado.
avatar
Daniel King

Mensagens : 338
Data de inscrição : 19/12/2012
Idade : 97
Localização : Glasgow, Escócia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1983 - 10ª Corrida - GP da Alemanha

Mensagem  Saimon em 2/6/2014, 23:37

Recebidos Iuri e Daniel.
avatar
Saimon
Admin

Mensagens : 2000
Data de inscrição : 11/12/2012
Idade : 32
Localização : Jaraguá do Sul

Ver perfil do usuário http://gpmanager.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1983 - 10ª Corrida - GP da Alemanha

Mensagem  Rodrigo Rocca em 3/6/2014, 02:23

Enviado. E obrigado pelo décimo lugar Pryce, Hockenhein tem sido fantástica para nós da Rocca na GPM *-*
avatar
Rodrigo Rocca

Mensagens : 287
Data de inscrição : 08/01/2013
Idade : 66
Localização : Catania, Itália

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1983 - 10ª Corrida - GP da Alemanha

Mensagem  Matheus Berçot em 3/6/2014, 18:00

Enviado *exatamente* às 18:00, ufa.
avatar
Matheus Berçot

Mensagens : 153
Data de inscrição : 08/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1983 - 10ª Corrida - GP da Alemanha

Mensagem  Saimon em 3/6/2014, 18:23

Recebido Rodrigo e Matheus.
avatar
Saimon
Admin

Mensagens : 2000
Data de inscrição : 11/12/2012
Idade : 32
Localização : Jaraguá do Sul

Ver perfil do usuário http://gpmanager.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Corrida

Mensagem  Saimon em 15/6/2014, 13:34

Tempo bom em Hockenheim neste domingo. A temporada chega em sua décima etapa em um campeonato muito equilibrado, o qual se apresentou claramente nos treinos. As equipes se embaralharam na classificação, mostrando que a força dos vários motores turbo está muito parecida. E quem marcou a pole foi justamente o Williams equipado com motor TAG-Porsche, apenas em seu segundo evento, com De Angelis. É a primeira pole do italiano. Ao seu lado larga o veterano Alan Jones com a Tyrant. Arnoux aparece em terceiro com a Renault e o líder do campeonato Fittipaldi parte em quarto. Prost sai em quinto, com Boutsen ao seu lado. Hunt é apenas o nono, enquanto Scheckter e Piquet não fizeram bom treino e partem apenas em décimo terceiro e décimo sexto, respectivamente.
Os carros estão alinhados no grid, recebendo os últimos ajustes. A direção de prova faz as últimas checagens até que libera os carros para a volta de apresentação. Os mecânicos correm para os boxes, desocupando a pista.
Os pilotos percorrem os quase sete quilômetros do circuito e realinham, exceto Cecotto, que vem lento e recolhe para os boxes. O venezuelano tem problemas e pelo visto não irá largar. Enquanto isso, todos se preparam para a partida.

Largada: De Angelis - Jones - Arnoux - Fittipaldi - Prost - Boutsen - Rosberg - Patrese - Hunt - Pryce - Bellof - Palmer - Scheckter - Johansson - Alboreto - Piquet - Giacomelli - Gartner - Mansell - Baldi - Moreno - Rothengatter - Warwick - Fabi - Guerrero

[Volta 1] Acendem as luzes vermelhas e sobe o giro dos motores. Giro este que deve permanecer alto durante grande parte da corrida, dadas as longas retas do circuito de Hockenheim. Tudo pronto para a largada. Cecotto recolhe para a garagem e não irá mesmo largar. E as luzes verdes acendem e começa o GP da Alemanha! De Angelis mantém a ponta, com Jones em segundo. Prost larga bem e vem por dentro na Nordkurve, deixando Fittipaldi e Arnoux para trás e assumindo a terceira posição. Boutsen mantém a sexta posição, enquanto Pryce é outro que faz grande largada e aparece em sétimo, vindo por fora na Nordkurve para cima de Rosberg. Arnoux pressiona Prost na Schikane 1. Boutsen segura Pryce. Scheckter vem por dentro na freada da Schikane 1 e passa Patrese. Logo atrás, Palmer passa Bellof, da mesma forma. Piquet já cola no alemão. Gartner fecha Rothengatter e é abalroado pelo holandês. A frente do Highwind fica destruída e Rothengatter pára imediatamente. Gartner segue na pista, mas sem a asa traseira. Arnoux segue na cola de Prost e sai do vácuo do compatriota na reta após a Ostkurve. O piloto da Renault vem por fora para a tomada da Schikane 2. Os dois dividem a entrada da chicane e Arnoux leva a melhor na segunda perna, retomando a terceira posição. Scheckter ataca Hunt. Palmer sai do vácuo de Patrese na entrada da Onkokurve e mergulha por dentro, conseguindo a ultrapassagem. Na seqüência, Piquet aplica manobra semelhante sobre Bellof. Alboreto segura Mansell. Baldi pressiona Giacomelli na Onkokurve e puxa para a esquerda na entrada da Sachkurve, conseguindo a ultrapassagem. Gartner, lento, recolhe para os boxes e não tem como continuar após as avarias sofridas na batida com Rothengatter.

Fim da 1ª Volta: De Angelis - Jones - Arnoux - Prost - Fittipaldi - Boutsen - Pryce - Rosberg - Hunt - Scheckter - Palmer - Patrese - Piquet - Bellof - Johansson - Alboreto - Mansell - Baldi - Giacomelli - Moreno - Warwick - Fabi - Guerrero - Gartner(fora) - Rothengatter(fora)

[Volta 2] Arnoux pressiona Jones. Pryce segue na cola de Boutsen. Hunt segura Scheckter. Palmer vem colado no sulafricano. Piquet vem por dentro na Nordkurve e passa Patrese. Bellof segura Johansson, que traz Alboreto, Mansell e Baldi. Arnoux sai do vácuo de Jones e mergulha por dentro na freada da Schikane 1, tomando a segunda posição. O francês é um dos únicos entre os líderes, juntamente com De Angelis, que parte com pneus macios e vem pra cima dos adversários. Johansson sai do vácuo de Bellof e passa o alemão por dentro na freada da Schikane 1. Alboreto vacila na seqüência e Mansell aproveita para atacá-lo por dentro, conseguindo a ultrapassagem. Arnoux pressiona De Angelis na Schikane 2 e vem com tudo para cima do italiano. O francês pega o vácuo e puxa para a direita na entrada da Onkokurve, espalhando para cima do Williams e tomando a ponta. Belo início de corrida do piloto da Renault. Prost vem pra cima de Jones. Boutsen fecha Pryce na Onkokurve. Hunt segura Scheckter e Palmer aproveita para atacar, vindo por fora na Onkokurve e ganhando a preferência por dentro na Sachkurve, onde consegue a ultrapassagem. Piquet acompanha de perto. Johansson sai do vácuo de Patrese e faz a ultrapassagem por dentro na Onkokurve. Mansell passa Bellof logo em seguida. os Project Four partiram com tanque cheio e não conseguem bom ritmo neste início de prova. Alboreto já aperta para cima de Bellof. Giacomelli segura Moreno.

Fim da 2ª Volta: Arnoux - De Angelis - Jones - Prost - Fittipaldi - Boutsen - Pryce - Rosberg - Hunt - Palmer - Scheckter - Piquet - Johansson - Patrese - Mansell - Bellof - Alboreto - Baldi - Giacomelli - Moreno - Warwick - Fabi - Guerrero

[Volta 3] Jones vem lento após a Nordkurve e vai parando. Uma pena, pois o australiano vinha em uma excelente terceira posição com a Tyrant. Boutsen segura Pryce na Schikane 1. Hunt fecha Palmer também na Schikane 1. Piquet pressiona Scheckter. Mansell sai do vácuo de Patrese e faz a ultrapassagem na freada da Schikane 1. Na seqüência, Alboreto aplica manobra semelhante sobre Bellof. Prost vem pra cima de De Angelis. Palmer segue pressionando Rosberg. Os dois vêm colados até a Onkokurve, onde o britânico puxa para a direita e mergulha por dentro para fazer a ultrapassagem. Scheckter segura Piquet. Giacomelli segura Moreno na Onkokurve, mas o piloto da Highwind segue colado e dá o bote por dentro na freada da Sachkurve. Baldi pressiona Bellof.

Fim da 3ª Volta: Arnoux - De Angelis - Prost - Fittipaldi - Boutsen - Pryce - Rosberg - Palmer - Hunt - Scheckter - Piquet - Johansson - Mansell - Patrese - Alboreto - Bellof - Baldi - Moreno - Giacomelli - Warwick - Fabi - Guerrero - Jones(fora)

[Volta 4] De Angelis segura Prost na Schikane 1. Pryce segue na cola de Boutsen. Piquet sai do vácuo de Scheckter na reta principal e toma a linha de dentro na entrada da Nordkurve, conseguindo a ultrapassagem sobre o sulafricano. O brasileiro já vem pra cima de Hunt, que vem logo à frente. Mansell solta fumaça e vem parando antes da Schikane 1. Alboreto cola em Patrese e pressiona. Palmer vem chegando em Rosberg. Baldi sai do vácuo de Bellof e mergulha por dentro na Schikane 1, conseguindo a ultrapassagem. De Angelis segura Prost na Schikane 2 e vai resistindo. Hunt fecha Piquet na Onkokurve. Scheckter e Johansson acompanham de perto. Alboreto sai do vácuo de Patrese e mergulha por dentro na Onkokurve, fazendo a ultrapassagem.

Fim da 4ª Volta: Arnoux - De Angelis - Prost - Fittipaldi - Boutsen - Pryce - Rosberg - Palmer - Hunt - Piquet - Scheckter - Johansson - Alboreto - Patrese - Baldi - Bellof - Moreno - Giacomelli - Warwick - Fabi - Guerrero - Mansell(fora)

[Volta 5] Prost segue pressionando De Angelis. Mesmo com pneus duros, o ritmo do francês é melhor que o do italiano, que se segura como pode. Palmer vem pra cima de Rosberg. Piquet traciona bem na saída da Nordkurve e vem pra cima de Hunt. O britânico bloqueia a linha de dentro, mas o brasileiro vem por fora. Piquet chega em vantagem na freada da Schikane 1 e consegue a ultrapassagem, ganhando a preferência na segunda perna da chicane e espalhando para cima do Ferrari. O brasileiro vem em boa corrida de recuperação. Scheckter já vem pra cima de Hunt, trazendo Johansson consigo. Rosberg fecha Palmer na Onkokurve e resiste na sétima posição. Moreno ataca Bellof no Stadion.

Fim da 5ª Volta: Arnoux - De Angelis - Prost - Fittipaldi - Boutsen - Pryce - Rosberg - Palmer - Piquet - Hunt - Scheckter - Johansson - Alboreto - Patrese - Baldi - Bellof - Moreno - Giacomelli - Warwick - Fabi - Guerrero

[Volta 6] Prost pega o vácuo de De Angelis após a Nordkurve e vem pra cima do italiano. O francês puxa para a direita e emparelha com o Williams. Os dois vêm lado a lado até a Schikane 1, onde Prost freia mais tarde e consegue a ultrapassagem. Pryce segue na cola de Boutsen. Rosberg não resiste ao ataque de Palmer, que sai do vácuo do finlandês e mergulha por dentro na Schikane 1, tomando a sétima posição. Piquet vem rápido e já se aproxima do Ferrari. Hunt, Scheckter e Johansson vêm colados. O sulafricano puxa para a direita na aproximação da Schikane 1. Hunt tenta fechar, mas desiste para tentar um melhor traçado no contorno da chicane. Johansson, que imprudentemente tentava vir por fora para cima do britânico, desvia do Ferrari na base do reflexo e perde o controle do carro, rodando e indo bater nas barreiras de proteção. Felizmente o sueco sai ileso. Alboreto vem pra cima de Hunt. Baldi cola em Patrese. Bellof segura Moreno.

Fim da 6ª Volta: Arnoux - Prost - De Angelis - Fittipaldi - Boutsen - Pryce - Palmer - Rosberg - Piquet - Scheckter - Hunt - Alboreto - Patrese - Baldi - Bellof - Moreno - Giacomelli - Warwick - Fabi - Guerrero - Johansson(fora)

[Volta 7] Piquet ataca o pesado Ferrari de Rosberg. O finlandês resiste na Schikane 1. Rosberg segura Piquet na Nordkurve. Alboreto pressiona Hunt. Patrese segura Baldi. Hunt fecha Alboreto na Schikane 1 e vai resistindo. Pryce traciona bem na saída da Schikane 2 e vem com tudo para cima de Boutsen. O britânico puxa para a direita na entrada da Onkokurve e vem por dentro, espalhando para cima de Boutsen e conseguindo a ultrapassagem. Bela apresentação de Pryce com a Rocca. Rosberg segura Piquet na Onkokurve, mas o brasileiro traciona melhor na saída e toma a linha de dentro para a freada da Sachkurve, onde espalha para cima do finlandês e toma a oitava posição. Grande corrida de recuperação do brasileiro. Patrese fecha Baldi na Onkokurve. Bellof segue segurando Moreno.

Fim da 7ª Volta: Arnoux - Prost - De Angelis - Fittipaldi - Pryce - Boutsen - Palmer - Piquet - Rosberg - Scheckter - Hunt - Alboreto - Patrese - Baldi - Bellof - Moreno - Giacomelli - Warwick - Fabi - Guerrero

[Volta 8] Hunt segue segurando Alboreto. Moreno sai do vácuo de Bellof na reta dos boxes e toma a linha de dentro para o contorno da Nordkurve, conseguindo a ultrapassagem. Baldi sai do vácuo de Patrese e vem por dentro na freada da Schikane 1, fazendo a ultrapassagem.

Fim da 8ª Volta: Arnoux - Prost - De Angelis - Fittipaldi - Pryce - Boutsen - Palmer - Piquet - Rosberg - Scheckter - Hunt - Alboreto - Baldi - Patrese - Moreno - Bellof - Giacomelli - Warwick - Fabi - Guerrero

[Volta 9] Arnoux abre 6,3 segundos em relação a Prost e segue disparando na ponta. Pryce se aproxima de Fittipaldi. Alboreto segue pressionando Hunt, mas o britânico parece ter mais potência e segura bem no final das retas.
[Volta 10] Pryce cola em Fittipaldi e começa o ataque sobre o brasileiro. Palmer vem se aproximando de Boutsen. Scheckter chega em Rosberg. Alboreto segue preso atrás de Hunt, que mesmo mais pesado consegue se defender dos ataques do italiano.
[Volta 11] Pryce segue pressionando Fittipaldi. Palmer cola em Boutsen, enquanto Piquet se aproxima dos dois. Rosberg segura Scheckter na Schikane 1 e vai resistindo. Hunt fecha Alboreto na Sachkurve e segura a décima primeira posição.
[Volta 12] Boutsen, Palmer e Piquet vêm colados, porém o motor do britânico estoura próximo à Schikane 2 e obriga-o a parar. Piquet passa e vem pra cima de Boutsen. Palmer abandona a prova. Rosberg segura Scheckter na Sachkurve. Alboreto segue pressionando Hunt.

Fim da 12ª Volta: Arnoux - Prost - De Angelis - Fittipaldi - Pryce - Boutsen - Piquet - Rosberg - Scheckter - Hunt - Alboreto - Baldi - Patrese - Moreno - Bellof - Giacomelli - Warwick - Fabi - Guerrero - Palmer(fora)

[Volta 13] Fittipaldi melhora seu ritmo e consegue se livrar da pressão de Pryce. Alboreto sai do vácuo de Hunt na reta dos boxes e finalmente consegue a ultrapassagem, vindo por dentro na Nordkurve. Scheckter segue na cola de Rosberg, mas o finlandês defende muito bem sua posição. Piquet vem pressionando Boutsen até conseguir tracionar melhor na saída da Schikane 2 e vir pra cima do belga. Boutsen bloqueia a linha de dentro na entrada da Onkokurve e o brasileiro vem por fora. Os dois contornam a curva lado a lado, mas o brasileiro tem a vantagem por dentro na curva seguinte e consegue a ultrapassagem.

Fim da 13ª Volta: Arnoux - Prost - De Angelis - Fittipaldi - Pryce - Piquet - Boutsen - Rosberg - Scheckter - Alboreto - Hunt - Baldi - Patrese - Moreno - Bellof - Giacomelli - Warwick - Fabi - Guerrero

[Volta 14] Piquet voa baixo e vem pra cima de Pryce. Rosberg segue segurando Scheckter.

Fim da 14ª Volta: Arnoux - Prost - De Angelis - Fittipaldi - Pryce - Piquet - Boutsen - Rosberg - Scheckter - Alboreto - Hunt - Baldi - Patrese - Moreno - Bellof - Giacomelli - Warwick - Fabi - Guerrero(1)

[Volta 15] Rosberg segue resistindo aos ataques de Scheckter. Pryce segura Piquet na Schikane 1. Arnoux, voando na liderança, abre caminho sobre o retardatário Fabi. Pryce fecha Piquet novamente na Onkokurve e continua defendendo bem a quinta posição.

Fim da 15ª Volta: Arnoux - Prost - De Angelis - Fittipaldi - Pryce - Piquet - Boutsen - Rosberg - Scheckter - Alboreto - Hunt - Baldi - Patrese - Moreno - Bellof - Giacomelli - Warwick - Fabi(1) - Guerrero(1)

[Volta 16] Piquet sai do vácuo de Pryce e desta vez consegue tomar a linha de dentro para a tomada da Schikane 1. Os dois vêm lado a lado, mas o brasileiro freia mais tarde e espalha para cima do britânico, conseguindo a ultrapassagem. O brasileiro segue voando baixo e já vem pra cima de Piquet. Scheckter ataca Rosberg novamente na Sachkurve, mas o finlandês fecha e os dois tocam roda com roda. Rosberg se recupera na Elfkurve e mantém sua posição. Briga quente pela oitava posição.

Fim da 16ª Volta: Arnoux - Prost - De Angelis - Fittipaldi - Piquet - Pryce - Boutsen - Rosberg - Scheckter - Alboreto - Hunt - Baldi - Patrese - Moreno - Bellof - Giacomelli - Warwick - Fabi(1) - Guerrero(1)

[Volta 17] Arnoux abre 10,2 segundos sobre Prost. Impressionante o desempenho do francês. Fittipaldi segura Piquet na Schikane 1. O piloto da Savoia terá trabalho para passar o veterano do carro 7. Piquet ameaça em todas as freadas e segue procurando espaço. Scheckter continua atacando Rosberg. Desta vez o finlandês prevê o ataque na Sachkurve e posiciona-se por dentro, deixando Scheckter sem ação.
[Volta 18] Piquet pega o vácuo de Fittipaldi após a Nordkurve, puxa para a direita e pisa fundo. O motor BMW parece mais forte e o Savoia chega em vantagem na freada da Schikane 1, conseguindo a ultrapassagem. Bela corrida de recuperação de Piquet, depois de largar em décimo sexto. Rosberg bloqueia a linha de dentro mais uma vez na Sachkurve e Scheckter vem por fora. Os dois saem emparelhados e o sulafricano força por dentro na Elfkurve, deixando o finlandês se defesa. Finalmente o piloto da Biscazzi consegue a ultrapassagem.

Fim da 18ª Volta: Arnoux - Prost - De Angelis - Piquet - Fittipaldi - Pryce - Boutsen - Scheckter - Rosberg - Alboreto - Hunt - Baldi - Patrese - Moreno - Bellof - Giacomelli - Warwick(1) - Fabi(1) - Guerrero(1)

[Volta 19] Arnoux tem 11,0 segundos de vantagem sobre Prost. A equipe Renault se prepara nos boxes para recebê-lo na próxima volta. Como Prost e De Angelis devem parar nas voltas seguintes, é quase certo que o francês irá recuperar a ponta, apesar de que o piloto da Savoia ainda irá calçar pneus macios. Guerrero recolhe para a garagem, com problemas mecânicos.

Fim da 19ª Volta: Arnoux - Prost - De Angelis - Piquet - Fittipaldi - Pryce - Boutsen - Scheckter - Rosberg - Alboreto - Hunt - Baldi - Patrese - Moreno - Bellof - Giacomelli - Warwick(1) - Fabi(1) - Guerrero(fora)

[Volta 20] Savoia e Rocca começam a se preparar. Arnoux nos boxes. O francês coloca pneus duros.

Fim da 20ª Volta: Prost - De Angelis - Arnoux - Piquet - Fittipaldi - Pryce - Boutsen - Scheckter - Rosberg - Alboreto - Hunt - Baldi - Patrese - Moreno - Bellof - Giacomelli - Warwick(1) - Fabi(1)

[Volta 21] Piquet e Pryce nos boxes. Tudo ocorre bem com os pitstops de ambos, calçando agora pneus macios. A Highwind se prepara para receber Moreno.

Fim da 21ª Volta: Prost - De Angelis - Arnoux - Fittipaldi - Boutsen - Scheckter - Rosberg - Alboreto - Piquet - Hunt - Pryce - Baldi - Patrese - Moreno - Bellof - Giacomelli - Warwick(1) - Fabi(1)

[Volta 22] A Savoia se reorganiza para a parada de Prost. Williams, Biscazzi e Rocca também se preparam. Prost nos boxes. Moreno também pára.

Fim da 22ª Volta: De Angelis - Arnoux - Prost - Fittipaldi - Boutsen - Scheckter - Rosberg - Alboreto - Piquet - Hunt - Pryce - Baldi - Patrese - Bellof - Giacomelli - Moreno - Warwick(1) - Fabi(1)

[Volta 23] O motor BMW de Prost explode quando o francês saía dos boxes, soltando muita fumaça! Mais uma vez o francês abandona tendo chances reais de vitória. Desolado, Prost deixa o carro encostado na área de escape interna da Nordkurve e caminha rumo aos boxes. O líder De Angelis vai aos boxes. Alboreto e Baldi também fazem suas paradas.

Fim da 23ª Volta: Arnoux - Fittipaldi - Boutsen - De Angelis - Scheckter - Rosberg - Piquet - Hunt - Pryce - Alboreto - Patrese - Baldi - Bellof - Giacomelli - Moreno - Prost(fora) - Warwick(1) - Fabi(1)

[Volta 24] Arnoux retoma a liderança, com 5,6 segundos de vantagem sobre Fittipaldi. Porém o brasileiro, assim como seu companheiro, ainda precisarão parar. Giacomelli pára após a Schikane 2, com problemas mecânicos.

Fim da 24ª Volta: Arnoux - Fittipaldi - Boutsen - De Angelis - Scheckter - Rosberg - Piquet - Hunt - Pryce - Alboreto - Patrese - Baldi - Bellof - Moreno - Giacomelli(fora) - Warwick(1) - Fabi(1) - Prost(fora)

[Volta 25] Fittipaldi e Boutsen vêm reduzindo a diferença que o separam de Arnoux. A equipe Fittipaldi se prepara para receber Boutsen na próxima volta.

Fim da 25ª Volta: Arnoux - Fittipaldi - Boutsen - De Angelis - Scheckter - Rosberg - Piquet - Hunt - Pryce - Alboreto - Patrese - Baldi - Bellof - Moreno - Warwick(1) - Fabi(1) - Giacomelli(fora)

[Volta 26] Baldi parece enfrentar problemas e seu ritmo cai, permitindo a aproximação de Bellof. Boutsen nos boxes, para reabastecimento e troca de pneus. O belga coloca pneus macios para vir com tudo na parte final da prova. A Biscazzi se prepara para a parada de Scheckter.

Fim da 26ª Volta: Arnoux - Fittipaldi - De Angelis - Scheckter - Rosberg - Piquet - Boutsen - Hunt - Pryce - Alboreto - Patrese - Baldi - Bellof - Moreno - Warwick(1) - Fabi(1)

[Volta 27] Boutsen volta logo atrás de Piquet. Fittipaldi reduz a diferença em relação a Arnoux para 1,7 segundo, mas sua equipe se prepara para o pitstop. Bellof sai do vácuo de Baldi e vem por dentro na entrada da Ostkurve, deixando o italiano para trás. Fittipaldi nos boxes. Scheckter também nos pits.

Fim da 27ª Volta: Arnoux - De Angelis - Rosberg - Fittipaldi - Piquet - Boutsen - Hunt - Scheckter - Pryce - Alboreto - Patrese - Bellof - Baldi - Moreno - Warwick(1) - Fabi(1)

[Volta 28] Arnoux lidera com 12,0 segundos de vantagem sobre De Angelis. Será a primeira vitória do francês? Este resultado não poderia vir em melhor hora, dada a atual situação da equipe Renault em relação à empresa-mãe. Fittipaldi conseguiu voltar à frente de Piquet, porém é necessário ver como está seu ritmo em relação ao compatriota daqui em diante.
[Volta 29] Os dois carros da Ferrari ainda têm paradas programadas para as próximas voltas. Portanto é preciso aguardar os pitstops para saber a real situação da corrida.
[Volta 30] A Ferrari começa a se preparar nos boxes. A diferença entre Fittipaldi e Piquet é de 2,9 segundos e vem reduzindo. Após a parada de Rosberg, teremos briga entre os dois por um lugar no pódium.
[Volta 31] Rosberg nos boxes.

Fim da 31ª Volta: Arnoux - De Angelis - Fittipaldi - Piquet - Boutsen - Hunt - Rosberg - Scheckter - Pryce - Alboreto - Patrese - Bellof - Baldi - Moreno - Warwick(1) - Fabi(1)

[Volta 32] Rosberg volta logo à frente de Scheckter. A Ferrari se reorganiza para receber Hunt. A diferença entre Fittipaldi e Piquet cai para 1,8 segundo. Hunt nos boxes.

Fim da 32ª Volta: Arnoux - De Angelis - Fittipaldi - Piquet - Boutsen - Rosberg - Scheckter - Pryce - Hunt - Alboreto - Patrese - Bellof - Baldi - Moreno - Warwick(1) - Fabi(1)

[Volta 33] Arnoux segue firme na ponta, deixando mais um retardatário para trás. O francês leva 14,2 segundos de vantagem sobre De Angelis. Warwick encosta na Onkokurve, com problemas mecânicos.

Fim da 33ª Volta: Arnoux - De Angelis - Fittipaldi - Piquet - Boutsen - Rosberg - Scheckter - Pryce - Hunt - Alboreto - Patrese - Bellof - Baldi - Moreno(1) - Fabi(1) - Warwick(fora)

[Volta 34] Piquet chega em Fittipaldi para brigar pela terceira posição. Scheckter segue Rosberg de perto, na briga pelo sexto posto.

Fim da 34ª Volta: Arnoux - De Angelis - Fittipaldi - Piquet - Boutsen - Rosberg - Scheckter - Pryce - Hunt - Alboreto - Patrese - Bellof - Baldi - Moreno(1) - Fabi(1)

[Volta 35] Fittipaldi bloqueia a linha de dentro na freada da Schikane 1 e segura Piquet. Briga boa pela terceira posição.
[Volta 36] Piquet segue na cola de Fittipaldi, mas o piloto do carro 7 fecha todos os espaços e vai defendendo com maestria a terceira posição. Mais à frente, De Angelis vinha isolado na segunda posição quando o motor TAG-Porsche não resiste e explode na entrada da Onkokurve. Triste fim para a bela corrida do italiano, depois de ter largado na pole. De Angelis encosta o carro e abandona.

Fim da 36ª Volta: Arnoux - Fittipaldi - Piquet - Boutsen - Rosberg - Scheckter - Pryce - Hunt - Alboreto - Patrese - Bellof - De Angelis(fora) - Baldi(1) - Moreno(1) - Fabi(1)

[Volta 37] Fittipaldi bloqueia Piquet mais uma vez na Schikane 1 e segue resistindo. Alboreto se aproxima de Hunt. O britânico tem vem em bom ritmo depois de sua parada e parece enfrentar problemas.

Fim da 37ª Volta: Arnoux - Fittipaldi - Piquet - Boutsen - Rosberg - Scheckter - Pryce - Hunt - Alboreto - Patrese - Bellof - Baldi(1) - Moreno(1) - Fabi(1) - De Angelis(fora)

[Volta 38] Agora vai: Piquet traciona bem na saída da Nordkurve, pega o vácuo de Fittipaldi e puxa para a direita. Fittipaldi tenta bloquear, mas já era tarde. O motor BMW fala mais alto e Piquet chega em vantagem na freada da Schikane 1, conseguindo a ultrapassagem.

Fim da 38ª Volta: Arnoux - Piquet - Fittipaldi - Boutsen - Rosberg - Scheckter - Pryce - Hunt - Alboreto - Patrese - Bellof - Baldi(1) - Moreno(1) - Fabi(1)

[Volta 39] Alboreto cola em Hunt.
[Volta 40] Arnoux tem 20,0 segundos de vantagem sobre Piquet. O brasileiro está mais rápido, porém dificilmente irá alcançar o francês antes do fim da prova. Hunt tenta segurar Alboreto, mas não resiste ao ataque do italiano na Onkokurve, onde o piloto da Biscazzi mergulha por dentro e consegue a ultrapassagem. Pouco depois, Patrese, sofrendo com o desgaste dos pneus Goodyear, erra na tomada da Onkokurve e roda sozinho, indo parar na barreira de proteção. Felizmente o piloto sai ileso.

Fim da 40ª Volta: Arnoux - Piquet - Fittipaldi - Boutsen - Rosberg - Scheckter - Pryce - Alboreto - Hunt - Bellof - Patrese(fora) - Baldi(1) - Moreno(1) - Fabi(1)

[Volta 41] O pneu dianteiro esquerdo de Boutsen fura quando o mesmo se aproximava da Ostkurve. Incrível como o belga é azarado! Rosberg e Scheckter passam. Boutsen ao menos consegue continuar na pista e vir lentamente até os boxes para trocar os pneus, colocando um jogo de pneus duros. Pryce, Alboreto e Hunt também deixam o belga para trás.

Fim da 41ª Volta: Arnoux - Piquet - Fittipaldi - Rosberg - Scheckter - Pryce - Alboreto - Hunt - Boutsen - Bellof - Baldi(1) - Moreno(1) - Fabi(1) - Patrese(fora)

[Volta 42] Arnoux segue firme na ponta. A diferença em relação a Piquet é de 19,1 segundos.

Fim da 42ª Volta: Arnoux - Piquet - Fittipaldi - Rosberg - Scheckter - Pryce - Alboreto - Hunt - Boutsen - Bellof - Baldi(1) - Moreno(1) - Fabi(1)

[Volta 43] Arnoux deixa mais retardatários para trás e segue rumo à vitória. Bellof vinha enfrentando problemas com os freios e é obrigado a recolher para os boxes, abandonando a prova.

Fim da 43ª Volta: Arnoux - Piquet - Fittipaldi - Rosberg - Scheckter - Pryce - Alboreto - Hunt - Boutsen - Baldi(1) - Moreno(1) - Bellof(fora) - Fabi(2)

[Volta 44] Pryce, em sexto, vai conquistando o primeiro ponto da Rocca na temporada. Belíssima corrida do britânico.

Fim da 44ª Volta: Arnoux - Piquet - Fittipaldi - Rosberg - Scheckter - Pryce - Alboreto - Hunt - Boutsen - Baldi(1) - Moreno(1) - Fabi(2) - Bellof(fora)

[Volta 45] Arnoux abre a última volta com grande vantagem sobre Piquet. os mecânicos da Renault se amontoam no pitwall. O francês completa os últimos 6.797 metros da corrida com calma e cruza a linha de chegada, vencendo o GP da Alemanha! Muita festa no pitwall! Arnoux vibra muito dentro do carro. É sua primeira vitória! Depois de agonizar na primeira metade da temporada, a Renault ressurge com uma vitória! Grande corrida de Arnoux! Piquet, em uma corrida de recuperação fantástica, chega em segundo após ter largado em décimo sexto. O brasileiro se aproxima dos líderes do campeonato, mesmo sem ter vencido na temporada. Fittipaldi completa o pódium e dispara na liderança do campeonato. Rosberg e Scheckter completam em quarto e quinto. Pryce, sexto, recebe a bandeirada comemorando muito o sexto lugar com a equipe Rocca. Boutsen, que teve problemas com os pneus no fim da prova, chega em Hunt, mas não consegue passar, completando em nono.

Fim da Corrida: Arnoux - Piquet - Fittipaldi - Rosberg - Scheckter - Pryce - Alboreto - Hunt - Boutsen - Baldi(1) - Moreno(1) - Fabi(2) - Bellof(fora)

Classificação - Final:

René ARNOUX (Renault/Renault/Michelin) 1h24'10"672
Nelson PIQUET (Savoia/BMW/Michelin) +16"762
Emerson FITTIPALDI (Fittipaldi/Renault/Goodyear) +19"603
Keke ROSBERG (Ferrari/Ferrari/Goodyear) +30"504
Jody SCHECKTER (Biscazzi/Honda/Michelin) +31"518
Tom PRYCE (Rocca/Alfa Romeo/Michelin) +59"267
Michele ALBORETO (Biscazzi/Honda/Michelin) +1'07"280
James HUNT (Ferrari/Ferrari/Goodyear) +1'13"488
Thierry BOUTSEN (Fittipaldi/Renault/Goodyear) +1'13"757
10º Mauro BALDI (Rocca/Alfa Romeo/Michelin) +1 volta
11º Roberto MORENO (Highwind/Hart/Pirelli) +1 volta
12º Teo FABI (Nürburg/Ford-Cosworth/Pirelli) +2 voltas
13º Stefan BELLOF (Project Four/BMW/Goodyear) +4 voltas

AB Riccardo PATRESE (Project Four/BMW/Goodyear) 39 voltas
AB Elio DE ANGELIS (Williams/TAG-Porsche/Michelin) 35 voltas
AB Derek WARWICK (Terrible Emerson/Ford-Cosworth/Pirelli) 31 voltas
AB Bruno GIACOMELLI (Winhill/Alfa Romeo/Goodyear) 23 volas
AB Alain PROST (Savoia/BMW/Michelin) 22 voltas
AB Roberto GUERRERO (Nürburg/Ford-Cosworth/Pirelli) 17 voltas
AB Jonathan PALMER (Renault/Renault/Michelin) 11 voltas
AB Stefan JOHANSSON (Tyrant/Tyrant/Goodyear) 5 voltas
AB Nigel MANSELL (Williams/TAG-Porsche/Michelin) 3 voltas
AB Alan JONES (Tyrant/Tyrant/Goodyear) 2 voltas
AB Jo GARTNER (Winhill/Alfa Romeo/Goodyear) 0 voltas
AB Huub ROTHENGATTER (Highwind/Hart/Pirelli) 0 voltas

NL Johnny CECOTTO (Terrible Emerson/Ford-Cosworth/Pirelli)

NQ Raul BOESEL (Vector/Ford-Cosworth/Goodyear)
NQ Andrea DE CESARIS (Galaxy/Ford-Cosworth/Pirelli)
NQ Danny SULLIVAN (Galaxy/Ford-Cosworth/Pirelli)
NQ Eliseo SALAZAR (Bleutter/Ford-Cosworth/Pirelli)
NQ Eddie CHEEVER (Bleutter/Ford-Cosworth/Pirelli)


Quebras/Acidentes:

Cecotto =($0)= câmbio

Rothengatter =($200)= acidente

Gartner =($115)= danos batida

Jones =($100)= bomba de combustível

Mansell =($0)= motor

Johansson =($200)= acidente

Palmer =($500)= motor

Guerrero =($300)= embreagem

Baldi =($0)= pressão do turbo

Prost =($0)= motor

Giacomelli =($300)= transmissão

Hunt =($100)= pressão do combustível

Warwick =($0)= transmissão

De Angelis =($0)= motor

Patrese =($200)= acidente

Bellof =($100)= freios
avatar
Saimon
Admin

Mensagens : 2000
Data de inscrição : 11/12/2012
Idade : 32
Localização : Jaraguá do Sul

Ver perfil do usuário http://gpmanager.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Classificação do Campeonato após a Corrida

Mensagem  Saimon em 15/6/2014, 13:34

Mundial de Pilotos:

1º E. Fittipaldi = 37 pts.
2º A. Prost = 29 pts.
3º N. Piquet = 27 pts.
4º J. Scheckter = 25 pts.
5º J. Hunt = 25 pts.
6º N. Lauda = 18 pts.
7º K. Rosberg = 16 pts.
8º R. Patrese = 11 pts.
9º S. Johansson = 11 pts.
10º R. Arnoux = 10 pts.
11º S. Bellof = 10 pts.
12º M. Alboreto = 10 pts.
13º T. Boutsen = 8 pts.
14º A. Jones = 6 pts.
15º N. Mansell = 3 pts.
16º E. De Angelis = 2 pts.
17º J. Palmer = 1 pt.
--- T. Pryce = 1 pt.

Mundial de Construtores:

1º Savoia = 56 pts.
2º Ferrari = 52 pts.
3º Fittipaldi = 45 pts.
4º Biscazzi = 35 pts.
5º Project Four = 21 pts.
6º Tyrant = 17 pts.
7º Williams = 12 pts.
8º Renault = 11 pts.
9º Rocca = 1 pt.
avatar
Saimon
Admin

Mensagens : 2000
Data de inscrição : 11/12/2012
Idade : 32
Localização : Jaraguá do Sul

Ver perfil do usuário http://gpmanager.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1983 - 10ª Corrida - GP da Alemanha

Mensagem  Rodrigo Rocca em 15/6/2014, 14:27

Corrida inteira com medo do motor quebrar, mas deu tudo certo! Segundo ponto da história, segundo ponto em Hockenhein, e dessa vez um ponto conquistado andando o tempo todo entre os líderes, parabéns Pryce e toda a equipe Rocca pelo fantástico trabalho no final de semana! E parabéns ao Baldi pelo top-10, nossa melhor corrida em dois anos e meio de Fórmula 1!

E parabéns a Renault e ao Arnoux pela grande vitória!
avatar
Rodrigo Rocca

Mensagens : 287
Data de inscrição : 08/01/2013
Idade : 66
Localização : Catania, Itália

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1983 - 10ª Corrida - GP da Alemanha

Mensagem  Matheus Berçot em 15/6/2014, 18:04

Peço desculpas pelo português péssimo e a quantidade de adendos e parênteses, além que meu tratamento com o tempo está pior que filme do Tarantino e também tomei pouco cuidado com as palavras, mas:
Vários anos depois, e olha só. Comi o pão que o diabo amassou por escolhas ruins na Gallop (principiante no jogo, demasiadamente novo também, afinal de contas da cabeça de alguém que tem 12 anos só sai *****, da minha saiu até uns quinze então NO MÍNIMO, alguns também dizem que sai até hoje e não ouso discordar muito, e era para a experiência na Gallop ter sido ainda mais frustrante não fossem as ajudas de André Luis e Victor), depois na volta com a Dardan tentei fazer tudo certo mas a falta de competência, o azar e a falta de paciência minaram um projeto promissor, fiquei frustradão à época. Em 1979 decidi me voltar (muito porque o Juliano e o Leandro ficaram um bom tempo pedindo para voltar, HAHAH, agradeço) de novo e montar um time pequeno, a Byron (adivinha em quem o nome foi inspirado?), e realmente não tinha a menor pretensão de fazer a equipe crescer, só pretendia juntar grana e ser feliz com um estafe que me agradasse na vida real, uma Minardi da vida, a principal função sendo o "roleplay" feito no melhor nível, e de fato Sean Byron é um personagem bastante denso para um manager, perdendo apenas para o Montone talvez. Mas quem me conhece sabe que desde 71 sempre me interessei pela Renault na GPM -- e desde muito antes na vida real né, a perspectiva de ter motores Renault no futuro, quando o desafio veio eu "lerdei" e a chance caiu nas mãos do Alanir (sempre o alfinetei nas zoeiras, sabendo que ele tem uma paciência infinita também... muita gente no lugar dele já teria me xingado muito lol!).

Primeiramente, meu "motivador" aqui sempre foi a simulação de época, o sentimento que me move é imaginar essa época na perspectiva proposta, assim como a perspectiva de vencer também. Meus momentos mais felizes até então foram certamente os pontos do Jim Clark de Gallop no Grande Prêmio dos EUA de 1972 (porra, pulei de comemorar naquele dia, foi épico), após isso o pódio do Jacky Ickx em Mônaco 74' de Dardan também foi do caralho, acho que se teve uma corrida onde a chance de vitória foi bem alta foi aquela, e de fato teria sido épico vencer (bater Stewart de Savoia com uma equipe em seu primeiro ano seria uma façanha inigualável, hahah, pena que não veio), mais recentemente, temos a pole do presunto Pironi em Jacarepaguá 82', deve-se ressaltar que sempre achei que em 82' venceria e em 83' não, ocorreu bem o contrário.

Enfim, saindo da parte dos meus irrelevantes sentimentos, nunca senti a menor vontade de assumir uma equipe por desafio (sempre fui a favor dele, though, afinal graças a isso pôde-se trazer o Victor de volta e nunca escondi meu apreço pelo estilo de jogo do cara, Daniel também manda muito bem, além que graças aos desafios podemos ter a grandiosa Equipe Renault Elf na brincadeira), mas vendo a chance para a Renault naquele dia... eu sabia que ali era minha vez, e estava disposto a ir longe para ter esse time se necessário (e se tivesse um vestibular ali, nem que ficasse três dias naquilo, menos de nove eu não tiraria), felizmente tudo deu certo, até a prova de Jacarepaguá... não veio a vitória, depois daquilo o time entrou em uma maré de azar insuperável e o momento mais bizarro: Pironi morrendo. Digo, nem simpatizo com o piloto portanto não fazia questão dele, mas sabia dos atributos que tinha perdido e sabia que uma vitória ficaria bem mais difícil ali, mas felizmente vi a chance de contratar o Jabouille, um de meus pilotos favoritos, e o Juliano foi gente boa na negociação também, curiosamente com o classe B o time começou a andar melhor do que com os dois classes A.

Para 1983 sabia que as coisas não seriam tão simples, a mudança de regulamento dificultou bastante a minha vida e colocou-me em apuros. Sobre a negociação com o Prost :V, well, Renault me exigia e por isso fui atrás com todas as forças, mas eu mesmo se pudesse escolher qualquer cenário manteria o Jabouille no time e qsl, ou mesmo contrataria o Patrick Tambay (que nem na GPM está mais), acabei com o Palmer mas isso acabou não afetando muito já que o Arnoux tá fazendo um ótimo ano, no wonder né, na vida real foi a melhor temporada da carreira dele, e agora tenho uma boa liberdade para fazer um planejamento legal para 84', incluindo tenho um piloto em mente aí, logo, Palmer acabou até ajudando um pouco. De qualquer forma, após a maré de resultados ruins e a minha cabeça na degola, achei que essa vitória nunca mais viria, admito... mas persisti, na raça mesmo, e curioso que nesse GP da Alemanha eu tava sem Windows no PC e só consegui ter acesso a um Windows com Excel cinco minutos antes do fim do prazo, mas corri igual um alucinado e mandei exatamente em cima da hora, que sorte. Enfim, finalmente colocando-me no presente: VENCI \O/, com meu time favorito, na casa dos BMWs, com um de meus pilotos favoritos, foi uma espera VÁLIDA, sofrida mas VÁLIDA, valeu a pena cada segundo, porque na hora que você vence vê que aqueles anos valeram tanto a pena, e uma vitória aqui só causa esse sentimento pela quantidade de esforço para obtê-la, pelo tempo gasto e que não passa de mera consequência do altíssimo nível de inteligência dos jogadores aqui. Agradeço a todos que sempre me ajudaram aqui, ao Saimon e aos camaradas Daniel, Charles, Lovatto, Victor, André Luis, Adan, Rocha, Alanir, Juliano e Leandro. Aliás, provavelmente sou o manager de maior tempo entre primeira corrida e primeira vitória, mas... WORTH IT, hell, yeah! VENCI What a Face
avatar
Matheus Berçot

Mensagens : 153
Data de inscrição : 08/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1983 - 10ª Corrida - GP da Alemanha

Mensagem  Matheus Berçot em 15/6/2014, 18:07

Enfim, pronunciando agora pelo Sean Byron, ele fica muito feliz pela vitória de Arnoux, amigo e ídolo nas pistas, além de estar em êxtase pela vitória da Renault, tão merecida e após tanto esforço de todos os envolvidos. Agradece a Newsweek, Michelin e montadora pelo apoio.
avatar
Matheus Berçot

Mensagens : 153
Data de inscrição : 08/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1983 - 10ª Corrida - GP da Alemanha

Mensagem  Saimon em 15/6/2014, 20:05

Matheus Berçot escreveu:Peço desculpas pelo português péssimo e a quantidade de adendos e parênteses, além que meu tratamento com o tempo está pior que filme do Tarantino e também tomei pouco cuidado com as palavras, mas:
Vários anos depois, e olha só. Comi o pão que o diabo amassou por escolhas ruins na Gallop (principiante no jogo, demasiadamente novo também, afinal de contas da cabeça de alguém que tem 12 anos só sai *****, da minha saiu até uns quinze então NO MÍNIMO, alguns também dizem que sai até hoje e não ouso discordar muito, e era para a experiência na Gallop ter sido ainda mais frustrante não fossem as ajudas de André Luis e Victor), depois na volta com a Dardan tentei fazer tudo certo mas a falta de competência, o azar e a falta de paciência minaram um projeto promissor, fiquei frustradão à época. Em 1979 decidi me voltar (muito porque o Juliano e o Leandro ficaram um bom tempo pedindo para voltar, HAHAH, agradeço) de novo e montar um time pequeno, a Byron (adivinha em quem o nome foi inspirado?), e realmente não tinha a menor pretensão de fazer a equipe crescer, só pretendia juntar grana e ser feliz com um estafe que me agradasse na vida real, uma Minardi da vida, a principal função sendo o "roleplay" feito no melhor nível, e de fato Sean Byron é um personagem bastante denso para um manager, perdendo apenas para o Montone talvez. Mas quem me conhece sabe que desde 71 sempre me interessei pela Renault na GPM -- e desde muito antes na vida real né, a perspectiva de ter motores Renault no futuro, quando o desafio veio eu "lerdei" e a chance caiu nas mãos do Alanir (sempre o alfinetei nas zoeiras, sabendo que ele tem uma paciência infinita também... muita gente no lugar dele já teria me xingado muito lol!).

Primeiramente, meu "motivador" aqui sempre foi a simulação de época, o sentimento que me move é imaginar essa época na perspectiva proposta, assim como a perspectiva de vencer também. Meus momentos mais felizes até então foram certamente os pontos do Jim Clark de Gallop no Grande Prêmio dos EUA de 1972 (porra, pulei de comemorar naquele dia, foi épico), após isso o pódio do Jacky Ickx em Mônaco 74' de Dardan também foi do caralho, acho que se teve uma corrida onde a chance de vitória foi bem alta foi aquela, e de fato teria sido épico vencer (bater Stewart de Savoia com uma equipe em seu primeiro ano seria uma façanha inigualável, hahah, pena que não veio), mais recentemente, temos a pole do presunto Pironi em Jacarepaguá 82', deve-se ressaltar que sempre achei que em 82' venceria e em 83' não, ocorreu bem o contrário.

Enfim, saindo da parte dos meus irrelevantes sentimentos, nunca senti a menor vontade de assumir uma equipe por desafio (sempre fui a favor dele, though, afinal graças a isso pôde-se trazer o Victor de volta e nunca escondi meu apreço pelo estilo de jogo do cara, Daniel também manda muito bem, além que graças aos desafios podemos ter a grandiosa Equipe Renault Elf na brincadeira), mas vendo a chance para a Renault naquele dia... eu sabia que ali era minha vez, e estava disposto a ir longe para ter esse time se necessário (e se tivesse um vestibular ali, nem que ficasse três dias naquilo, menos de nove eu não tiraria), felizmente tudo deu certo, até a prova de Jacarepaguá... não veio a vitória, depois daquilo o time entrou em uma maré de azar insuperável e o momento mais bizarro: Pironi morrendo. Digo, nem simpatizo com o piloto portanto não fazia questão dele, mas sabia dos atributos que tinha perdido e sabia que uma vitória ficaria bem mais difícil ali, mas felizmente vi a chance de contratar o Jabouille, um de meus pilotos favoritos, e o Juliano foi gente boa na negociação também, curiosamente com o classe B o time começou a andar melhor do que com os dois classes A.

Para 1983 sabia que as coisas não seriam tão simples, a mudança de regulamento dificultou bastante a minha vida e colocou-me em apuros. Sobre a negociação com o Prost :V, well, Renault me exigia e por isso fui atrás com todas as forças, mas eu mesmo se pudesse escolher qualquer cenário manteria o Jabouille no time e qsl, ou mesmo contrataria o Patrick Tambay (que nem na GPM está mais), acabei com o Palmer mas isso acabou não afetando muito já que o Arnoux tá fazendo um ótimo ano, no wonder né, na vida real foi a melhor temporada da carreira dele, e agora tenho uma boa liberdade para fazer um planejamento legal para 84', incluindo tenho um piloto em mente aí, logo, Palmer acabou até ajudando um pouco. De qualquer forma, após a maré de resultados ruins e a minha cabeça na degola, achei que essa vitória nunca mais viria, admito... mas persisti, na raça mesmo, e curioso que nesse GP da Alemanha eu tava sem Windows no PC e só consegui ter acesso a um Windows com Excel cinco minutos antes do fim do prazo, mas corri igual um alucinado e mandei exatamente em cima da hora, que sorte. Enfim, finalmente colocando-me no presente: VENCI \O/, com meu time favorito, na casa dos BMWs, com um de meus pilotos favoritos, foi uma espera VÁLIDA, sofrida mas VÁLIDA, valeu a pena cada segundo, porque na hora que você vence vê que aqueles anos valeram tanto a pena, e uma vitória aqui só causa esse sentimento pela quantidade de esforço para obtê-la, pelo tempo gasto e que não passa de mera consequência do altíssimo nível de inteligência dos jogadores aqui. Agradeço a todos que sempre me ajudaram aqui, ao Saimon e aos camaradas Daniel, Charles, Lovatto, Victor, André Luis, Adan, Rocha, Alanir, Juliano e Leandro. Aliás, provavelmente sou o manager de maior tempo entre primeira corrida e primeira vitória, mas... WORTH IT, hell, yeah! VENCI What a Face

Parabéns Matheus, realmente uma vitória muito merecida, depois de várias temporadas de luta.
avatar
Saimon
Admin

Mensagens : 2000
Data de inscrição : 11/12/2012
Idade : 32
Localização : Jaraguá do Sul

Ver perfil do usuário http://gpmanager.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1983 - 10ª Corrida - GP da Alemanha

Mensagem  Lee James em 15/6/2014, 23:02

Matheus tá de parabéns msm. E olha que ele ainda falou que era um dos anos de azar haha
avatar
Lee James

Mensagens : 284
Data de inscrição : 08/01/2013
Idade : 27

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1983 - 10ª Corrida - GP da Alemanha

Mensagem  Daniel King em 18/6/2014, 06:23

Só achei engraçado aparecer o problema de pressão de combustível no final no carro de Hunt, sem sequer ficar explicitado na narração o mesmo. Mas tudo bem...
avatar
Daniel King

Mensagens : 338
Data de inscrição : 19/12/2012
Idade : 97
Localização : Glasgow, Escócia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1983 - 10ª Corrida - GP da Alemanha

Mensagem  Saimon em 18/6/2014, 20:21

Daniel King escreveu:Só achei engraçado aparecer o problema de pressão de combustível no final no carro de Hunt, sem sequer ficar explicitado na narração o mesmo. Mas tudo bem...

O problema não é perceptível para quem assiste a corrida, simplesmente o ritmo diminui.
avatar
Saimon
Admin

Mensagens : 2000
Data de inscrição : 11/12/2012
Idade : 32
Localização : Jaraguá do Sul

Ver perfil do usuário http://gpmanager.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1983 - 10ª Corrida - GP da Alemanha

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum