1979 - 13ª Corrida - GP da Holanda

Ir em baixo

1979 - 13ª Corrida - GP da Holanda

Mensagem  Saimon em 2/5/2013, 21:35

Data fictícia: metade do mês 9

Circuito: Zandvoort

Extensão: 4,226 km (75 voltas, 316,950 km no total)


Comentários iniciais:

Situado no litoral holandês, o circuito de Zandvoort, também conhecido como "serpente das dunas", é considerado de média para alta velocidade. Possui subidas, descidas e curvas de tipos variados, desde lentas como a Tarzan, até velozes como a Pulleveld. O principal ponto de ultrapassagem é a freada do cotovelo Tarzan, no fim da reta dos boxes. O asfalto e a estrutura são satisfatórios.


Condições Climáticas:


Treinos: parcialmente nublado, 21 a 24°C, pista seca (nenhuma possibilidade de chuva)

Corrida: nublado, 22 a 25°C, pista seca (possibilidade de chuva no terço final de prova)


Prazo para envio de alterações nos formulários de corrida: 17:30 de 01/12/11 (quinta-feira)

Obs.: horário de Brasília. Caso queiram enviar o formulário secretamente, o e-mail é: saimonbcruz@yahoo.com.br
avatar
Saimon
Admin

Mensagens : 2379
Data de inscrição : 11/12/2012
Idade : 32
Localização : Jaraguá do Sul

Ver perfil do usuário http://gpmanager.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Treinos

Mensagem  Saimon em 8/6/2018, 11:34

Tempo parcialmente encoberto no litoral holandês. O circuito de Zandvoort recebe a décima terceira etapa da temporada 1979 da F1. Em uma temporada bastante equilibrada, com nove vencedores diferentes em doze etapas, não existem favoritos. Hoje com certeza teremos um treino muito disputado.
Hunt abre os trabalhos com o tempo de 1'16"427.
Rosberg faz 1'17"311.
Giacomelli marca 1'16"833.
Jabouille vira 1'16"498.
De Angelis registra 1'17"357.
Jarier faz 1'16"424, melhor tempo até aqui.
Mansell vira 1'17"968.
Andretti vem para sua volta. O americano registra 1'16"709.
Pironi faz 1'16"816.
Arnoux marca 1'17"037.
Laffite vira 1'16"235, aparecendo no topo da tabela de tempos neste momento.
Winkelhock faz 1'17"637.
Mass registra 1'17"398.
Cheever marca 1'16"839.
Tambay faz 1'17"143.
É a vez de Lauda. O austríaco vira 1'16"518.
Pryce marca 1'16"640.
Fittipaldi vira 1'16"399, segundo tempo até aqui.
Peterson faz 1'16"696.
Patrese marca 1'16"732.
Cevert vira 1'16"833, empatando com Giacomelli mesmo com o novo sistema de cronometragem de Zandvoort, com precisão de milésimos.
Jones faz 1'16"660, oitavo tempo.
Piquet fecha a primeira sessão com o tempo de 1'16"923, dando-lhe apenas a décima sexta posição.

Classificação - 1ª Sessão:

Jacques LAFFITE (Biscazzi/Alfa Romeo/Goodyear) 1'16"235
Emerson FITTIPALDI (Fittipaldi/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'16"399
Jean-Pierre JARIER (Renault/Renault/Michelin) 1'16"424
James HUNT (Tyrant/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'16"427
Jean-Pierre JABOUILLE (Renault/Renault/Michelin) 1'16"498
Niki LAUDA (Potere/Ferrari/Goodyear) 1'16"518
Tom PRYCE (Fittipaldi/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'16"640
Alan JONES (Savoia/Savoia/Michelin) 1'16"660
Ronnie PETERSON (Savoia/Savoia/Michelin) 1'16"696
10º Mario ANDRETTI (Potere/Ferrari/Goodyear) 1'16"709
11º Riccardo PATRESE (Biscazzi/Alfa Romeo/Goodyear) 1'16"732
12º Didier PIRONI (LPR/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'16"816
13º Bruno GIACOMELLI (Tyrant/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'16"833
14º François CEVERT (Winhill/Winhill/Goodyear) 1'16"833
15º Eddie CHEEVER (LPR/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'16"839
16º Nelson PIQUET (Winhill/Winhill/Goodyear) 1'16"923
17º René ARNOUX (Bleutter/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'17"037
18º Patrick TAMBAY (Bleutter/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'17"143
19º Keke ROSBERG (Williams/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'17"311
20º Elio DE ANGELIS (Williams/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'17"357
21º Jochen MASS (Avanti/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'17"398
22º Manfred WINKELHOCK (Nürburg/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'17"637
23º Nigel MANSELL (Avanti/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'17"968

Hunt abre a segunda sessão virando 1'16"271 e pulando para segundo. Boa volta do inglês.
Rosberg marca 1'17"255 e não melhora sua posição. Mais um treino fraco da Williams.
Giacomelli trava as rodas na freada da Tarzan e passa reto, passeando pela área de escape e abortando sua volta.
Jabouille faz 1'16"273 e sobe para terceiro.
De Angelis é mais um a escapar na Tarzan e abortar a volta.
Jarier vira 1'16"367 e supera Fittipaldi, ficando na quarta posição neste momento.
Mansell registra 1'17"998 e não melhora seu tempo.
Andretti faz 1'16"516 e sobe para sexto.
Pironi marca 1'16"967 e não melhora seu tempo.
Arnoux vira 1'16"752 e pula para décimo segundo.
Laffite melhora o tempo da pole para 1'16"221 e segue dominando o treino.
Winkelhock faz 1'17"612 e pouco melhora sua marca.
Mass espalha na tomada da Scheivlak e resolve abortar a volta.
Cheever vira 1'16"994 e não melhora seu tempo.
Tambay registra 1'17"235 e também não melhora sua marca.
Lauda faz 1'16"424 e recupera a sexta posição.
Pryce marca 1'16"268 e sobe para segundo. Volta incrível do inglês.
Fittipaldi vira 1'16"110 e rouba a pole de Laffite. Excelente treino da Fittipaldi.
Peterson registra 1'16"569 e sobe para nono.
Patrese marca 1'16"471 e pula para oitavo.
Cevert vira 1'16"619 e sobe para décimo primeiro.
Jones faz 1'16"425 e recupera a oitava posição. Treino mediano da Savoia.
Piquet fecha o treino com uma bela rodada quando guinava para contornar a Tarzan. O brasileiro escapa da pista e pára na área de escape, abandonando o treino.

Classificação - Final:

Emerson FITTIPALDI (Fittipaldi/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'16"110
Jacques LAFFITE (Biscazzi/Alfa Romeo/Goodyear) 1'16"221
Tom PRYCE (Fittipaldi/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'16"268
James HUNT (Tyrant/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'16"271
Jean-Pierre JABOUILLE (Renault/Renault/Michelin) 1'16"273
Jean-Pierre JARIER (Renault/Renault/Michelin) 1'16"367
Niki LAUDA (Potere/Ferrari/Goodyear) 1'16"424
Alan JONES (Savoia/Savoia/Michelin) 1'16"425
Riccardo PATRESE (Biscazzi/Alfa Romeo/Goodyear) 1'16"471
10º Mario ANDRETTI (Potere/Ferrari/Goodyear) 1'16"516
11º Ronnie PETERSON (Savoia/Savoia/Michelin) 1'16"569
12º François CEVERT (Winhill/Winhill/Goodyear) 1'16"619
13º René ARNOUX (Bleutter/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'16"752
14º Didier PIRONI (LPR/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'16"816
15º Bruno GIACOMELLI (Tyrant/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'16"833
16º Eddie CHEEVER (LPR/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'16"839
17º Nelson PIQUET (Winhill/Winhill/Goodyear) 1'16"923
18º Patrick TAMBAY (Bleutter/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'17"143
19º Keke ROSBERG (Williams/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'17"255
20º Elio DE ANGELIS (Williams/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'17"357
21º Jochen MASS (Avanti/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'17"398
22º Manfred WINKELHOCK (Nürburg/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'17"612
23º Nigel MANSELL (Avanti/Ford-Cosworth/Goodyear) 1'17"968
avatar
Saimon
Admin

Mensagens : 2379
Data de inscrição : 11/12/2012
Idade : 32
Localização : Jaraguá do Sul

Ver perfil do usuário http://gpmanager.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Corrida

Mensagem  Saimon em 8/6/2018, 11:35

Domingo nublado em Zandvoort. O público comparece em bom número, apesar do tempo. Ao longo das arquibancadas, a maioria das faixas são homenagens ao piloto Jan Lammers, uma jovem promessa local, que morreu em um acidente na F2 na semana passada. Alguns pilotos inclusive deram entrevistas lamentando o ocorrido e pedindo mais segurança no esporte.
No momento, os carros encontram-se no grid recebendo os ajustes finais. Na pole, o carro amarelo de Fittipaldi aparece pela segunda vez na temporada, mostrando que a equipe brasileira vem forte nesta corrida, tendo também Pryce largando na terceira posição. Ao lado de Emerson, Laffite partirá em segundo e precisa muito da vitória para manter-se vivo na disputa pelo título.
A direção de prova dá o sinal e os carros partem para a volta de apresentação. Os pilotos aquecem pneus e motores e retornam para suas posições no grid. Em breve teremos a largada.

Largada: Fittipaldi - Laffite - Pryce - Hunt - Jabouille - Jarier - Lauda - Jones - Patrese - Andretti - Peterson - Cevert - Arnoux - Pironi - Giacomelli - Cheever - Piquet - Tambay - Rosberg - De Angelis - Mass - Winkelhock - Mansell

Acendem as luzes vermelhas e sobe o giro dos motores. Tensão para a largada. Tribunas e boxes vidrados no grid, procurando não perder nenhum detalhe. Pilotos estão concentratos à sua frente quando acendem as luzes verdes e começa o GP da Holanda! Laffite vem pra cima de Fittipaldi, que tenta manter a ponta por dentro. Arnoux fica parado no grid. Giacomelli passa raspando pelo francês, porém Piquet, ao tentar desviar, perde o controle do carro e bate no guard-rail que separa a pista dos boxes, ficando atravessado na pista. Tensão. Os pilotos vão desviando pela esquerda. O último a conseguir desviar é Mass. Winkelhock, que vinha colado no alemão, faz a escolha errada e desvia para a direita, acertando em cheio a traseira do Winhill de Piquet. Batida fortíssima. Quase ao mesmo tempo, Mansell tenta desviar de Arnoux, porém a manobra brusca faz o carro sair de traseira, que acaba batendo na traseira do francês. Com a pista repleta de destroços, a corrida é imediatamente paralisada com bandeira vermelha. A batida de Winkelhock com Piquet foi tão forte que o carro do brasileiro foi praticamente partido ao meio. Por sorte, o tanque não se rompeu, o que causaria um incêndio terrível. Já a frente do Nürburg está irreconhecível. A ambulância é acionada e vários fiscais e mecânicos chegam para ajudar a socorrer os pilotos. Arnoux, Mansell e Piquet conseguem sair ilesos de seus carros, porém Winkelhock está preso nas ferragens, gerando preocupação de todo o circo.
Os pilotos chegam nos boxes e imediatamente saem dos carros, buscando notícias do que houve na largada. Enquanto isso, os bombeiros trabalham na retirada de Winkelhock das ferragens. O alemão não se move e parece inconsciente.
Após alguns minutos de muita tensão, os bombeiros finalmente conseguem tirar o piloto das ferragens, encaminhando-o para a ambulância em uma maca. O alemão segue inconsciente e completamente imobilizado desde os membros até o pescoço. A direção de prova decide que haverá nova largada, reiniciando a corrida da distância original. Os pilotos vão para a pista para realinhar no grid, enquanto os fiscais terminam de retirar os pedaços de carro da pista. Paddock e espectadores seguem apreensivos, aguardando notícias sobre o estado de saúde de Winkelhock.

Relargada: Fittipaldi - Laffite - Pryce - Hunt - Jabouille - Jarier - Lauda - Jones - Patrese - Andretti - Peterson - Cevert - Pironi - Giacomelli - Cheever - Tambay - Rosberg - De Angelis - Mass

Os carros estão alinhados no grid e as luzes vermelhas se acendem para a nova largada. Sobe o giro dos motores mais uma vez. Os pilotos procuram se concentrar quando acendem as luzes verdes e recomeça a corrida! Laffite larga bem e emparelha com Fittipaldi para a tomada da Tarzan. O brasileiro, por dentro, tem a preferência e mantém a ponta. Pryce cotorna a Tarzan na terceira posição. Jabouille aparece em quarto e Jarier em quinto, superando Hunt que não havia largado bem. Lauda já vem pra cima do inglês. Patrese supera Jones e aparece em oitavo. Laffite pressiona Fittipaldi. O francês persegue o brasileiro pela Jan de Wyker e pega o vácuo, tomando a linha de dentro para a tomada da Scheivlak. Os dois emparelham na curva e Laffite traciona melhor na saída, conseguindo a ultrapassagem. Lauda sai do vácuo de Hunt e mergulha por dentro na entrada da Panorama. O inglês tenta se recuperar na segunda perna, mas o austríaco traciona bem a mantém a posição conquistada. Jones segura Andretti.

Fim da 1ª Volta: Laffite - Fittipaldi - Pryce - Jabouille - Jarier - Lauda - Hunt - Patrese - Jones - Andretti - Peterson - Pironi - Cevert - Tambay - Cheever - Giacomelli - Rosberg - De Angelis - Mass

Laffite abre na frente. Lauda vem pra cima de Jarier. Patrese pressiona Hunt. Jones segura Andretti na Tarzan. Tambay sai do vácuo de Cevert e mergulha por dentro na freada da Tarzan, conseguindo a ultrapassagem. Cheever segura Giacomelli. Fittipaldi vem lento pela Gerlach e parece ter problemas. O brasileiro vai perdendo posições até encostar na Hondenvlak e abandonar precocemente. O sonho de vitória da equipe brasileira, após largar na pole, vai por água abaixo. Lauda sai do vácuo de Jarier e toma a linha de dentro na entrada da Panorama. O austríaco emparelha e traciona bem na saída da segunda perna, conseguindo a ultrapassagem.

Fim da 2ª Volta: Laffite - Pryce - Jabouille - Lauda - Jarier - Hunt - Patrese - Jones - Andretti - Peterson - Pironi - Tambay - Cevert - Cheever - Giacomelli - Rosberg - De Angelis - Mass - Fittipaldi(fora)

Lauda segue rápido e vem pra cima de Jabouille. Giacomelli sai do vácuo de Cheever na reta dos boxes e toma a linha de dentro para a freada da Tarzan, conseguindo a ultrapassagem. Hunt vai segurando Patrese, enquanto Jones bloqueia Andretti na Scheivlak. Tambay vem pra cima de Pironi.

Fim da 3ª Volta: Laffite - Pryce - Jabouille - Lauda - Jarier - Hunt - Patrese - Jones - Andretti - Peterson - Pironi - Tambay - Cevert - Giacomelli - Cheever - Rosberg - De Angelis - Mass

Jabouille segura Lauda na Tarzan. Patrese sai do vácuo de Hunt e consegue tomar a linha de dentro para a freada da Tarzan. O inglês tenta fechar até o último instante, mas Patrese segue firme por dentro e consegue a ultrapassagem. Andretti pressiona Jones. O americano traciona melhor na saída da Jan de Wyker e vem por dentro na Scheivlak. Jones tenta bloquear, mas já era tarde: Andretti já vinha por dentro no momento em que Jones desvia para a direita para fechá-lo. Os dois tocam roda com roda e o australiano leva a pior, escapando da pista e indo bater na mureta de proteção. O americano teve a asa dianteira triscada no toque, mas sem causar nenhum dano considerável, seguindo na prova normalmente. Os mecânicos da Savoia levam as mãos à cabeça, lamentando o acidente. Embora o piloto tenha saído ileso da batida, o final de semana não é nada bom para Jones no momento. Laffite, que vai abrindo na ponta, ficará a apenas um ponto do australiano no campeonato caso confirme a vitória. Jones caminha de volta aos boxes furioso.

Fim da 4ª Volta: Laffite - Pryce - Jabouille - Lauda - Jarier - Patrese - Hunt - Andretti - Peterson - Pironi - Tambay - Cevert - Giacomelli - Cheever - Rosberg - De Angelis - Mass - Jones(fora)

Lauda segue pressionando Jabouille, que com a força do motor turbo nas retas torna-se difícil de ultrapassar. Tambay cola em Pironi. Rosberg cola em Cheever e pressiona.

Fim da 5ª Volta: Laffite - Pryce - Jabouille - Lauda - Jarier - Patrese - Hunt - Andretti - Peterson - Pironi - Tambay - Cevert - Giacomelli - Cheever - Rosberg - De Angelis - Mass

Patrese se aproxima de Jarier. Andretti vem pra cima de Hunt. Tambay segue na cola de Pironi. Rosberg sai do vácuo de Cheever e mergulha por dentro na freada da Tarzan, conseguindo a ultrapassagem.

Fim da 6ª Volta: Laffite - Pryce - Jabouille - Lauda - Jarier - Patrese - Hunt - Andretti - Peterson - Pironi - Tambay - Cevert - Giacomelli - Rosberg - Cheever - De Angelis - Mass

Laffite abrindo na ponta. Lauda segue pressionado Jabouille, que se defende muito bem na Tarzan. Tambay sai do vácuo de Pironi e toma a linha de dentro na reta dos boxes. Espalhando para cima do compatriota na freada da Tarzan, Tambay consegue tomar a décima posição em bela manobra.

Fim da 7ª Volta: Laffite - Pryce - Jabouille - Lauda - Jarier - Patrese - Hunt - Andretti - Peterson - Tambay - Pironi - Cevert - Giacomelli - Rosberg - Cheever - De Angelis - Mass

Lauda pega o vácuo de Jabouille após a Hondenvlak e vem pra cima do francês. O austríaco espera o momento certo para tomar a linha de dentro e soltar o acelerador um pouco mais tarde na entrada do S Panorama, conseguindo bela ultrapassagem, completada por fora na segunda perna. Patrese cola em Jarier. Andretti chega em Hunt.

Fim da 8ª Volta: Laffite - Pryce - Lauda - Jabouille - Jarier - Patrese - Hunt - Andretti - Peterson - Tambay - Pironi - Cevert - Giacomelli - Rosberg - Cheever - De Angelis - Mass

Jarier segura Patrese na freada da Tarzan. Andretti ameaça vir por dentro na Scheivlak, mas Hunt fecha bem.
Patrese tenta vir por dentro na Panorama, mas Jarier segue defendendo bem a quinta posição. No mesmo ponto, Hunt segura Andretti. Rosberg vem lento e encosta na Jan de Wyker, sendo mais um a abandonar neste início de prova.

Fim da 10ª Volta: Laffite - Pryce - Lauda - Jabouille - Jarier - Patrese - Hunt - Andretti - Peterson - Tambay - Pironi - Cevert - Giacomelli - Cheever - De Angelis - Mass - Rosberg(fora)

Lauda segue rápido e se aproxima de Pryce. Hunt segura Andretti na freada da Tarzan e segue resistindo. Patrese continua na cola de Jarier, procurando espaço para ultrapassar.

Fim da 11ª Volta: Laffite - Pryce - Lauda - Jabouille - Jarier - Patrese - Hunt - Andretti - Peterson - Tambay - Pironi - Cevert - Giacomelli - Cheever - De Angelis - Mass

Patrese segue pressionando Jarier. Hunt segura Andretti na Panorama e vai resistindo. Giacomelli se aproxima de Cevert.
Lauda chega em Pryce. Patrese traciona melhor que Jarier na saída da Tarzan e vem por fora na Gerlach. O italiano emparelha com o francês e chega em vantagem na Hugenholtz, onde consegue o bote por dentro. Excelente manobra do piloto da Biscazzi. Giacomelli cola em Cevert.

Fim da 13ª Volta: Laffite - Pryce - Lauda - Jabouille - Patrese - Jarier - Hunt - Andretti - Peterson - Tambay - Pironi - Cevert - Giacomelli - Cheever - De Angelis - Mass

Lauda pressiona Pryce. Andretti sai do vácuo de Hunt na reta dos boxes e toma a linha de dentro para a freada da Tarzan. O inglês resiste e sai da curva ainda lado a lado com o americano, porém o piloto da Potere tem a preferência na Gerlach e concretiza a ultrapassagem.

Fim da 14ª Volta: Laffite - Pryce - Lauda - Jabouille - Patrese - Jarier - Andretti - Hunt - Peterson - Tambay - Pironi - Cevert - Giacomelli - Cheever - De Angelis - Mass

Pryce fecha Lauda por dentro na freada da Tarzan e vai resistindo. Giacomelli pressiona Cevert.
Patrese se aproxima de Jabouille. Andretti vem chegando em Jarier.
Lauda segue pressionando Pryce, que defende bem a segunda posição.
Lauda traciona bem na saída da Pulleveld e vem pra cima de Pryce na reta dos boxes.
O austríaco sai do vácuo do inglês e toma a linha de dentro. Lauda retarda a freada na Tarzan e, espalhando para cima do Fittipaldi, consegue a ultrapassagem.

Fim da 19ª Volta: Laffite - Lauda - Pryce - Jabouille - Patrese - Jarier - Andretti - Hunt - Peterson - Tambay - Pironi - Cevert - Giacomelli - Cheever - De Angelis - Mass

Patrese cola em Jabouille e pressiona. Andretti chega em Jarier. Giacomelli sai do vácuo de Cevert na reta dos boxes e toma a linha de dentro para a freada da Tarzan, onde consegue a ultrapassagem.

Fim da 20ª Volta: Laffite - Lauda - Pryce - Jabouille - Patrese - Jarier - Andretti - Hunt - Peterson - Tambay - Pironi - Giacomelli - Cevert - Cheever - De Angelis - Mass

Laffite segue abrindo na frente e vai construindo uma vantagem sólida na liderança. Patrese pressiona Jabouille.
Andretti ataca Jarier na Scheivlak, mas o francês se defende bem. Patrese investe na Panorama sobre Jabouille, mas sem sucesso.
Giacomelli se aproxima de Pironi.
Jabouille segue segurando Patrese, enquanto Andretti continua na cola de Jarier.
Patrese traciona bem na saída da Scheivlak e persegue Jabouille pela Hondenvlak, pegando o vácuo. O italiano ameaça vir por dentro, mas o francês fecha. Patrese então vem por fora e os dois entram emparelhados na Panorama. Contornando a primeira perna lado a lado, os dois chegam na segunda perna com Patrese tendo a preferência por dentro. O italiano traciona melhor e consegue bela ultrapassagem.

Fim da 25ª Volta: Laffite - Lauda - Pryce - Patrese - Jabouille - Jarier - Andretti - Hunt - Peterson - Tambay - Pironi - Giacomelli - Cevert - Cheever - De Angelis - Mass

Com pouca força no motor se comparado aos Renault, Andretti segue com dificuldades para passar Jarier.
Giacomelli cola em Pironi.
Andretti segue pressionando Jarier e traciona melhor na saída da Jan de Wyker, tomando a linha de dentro para a tomada da Scheivlak. Os dois vêm lado a lado contornando a curva, porém o americano tem mais equilíbrio na saída e consegue a ultrapassagem. Boa manobra do americano, conseguindo aproveitar seu ponto forte sobre o adversário.

Fim da 28ª Volta: Laffite - Lauda - Pryce - Patrese - Jabouille - Andretti - Jarier - Hunt - Peterson - Tambay - Pironi - Giacomelli - Cevert - Cheever - De Angelis - Mass

Giacomelli pressiona Pironi, valendo a décima primeira posição.
Andretti se aproxima de Jabouille.
Pironi segura Giacomelli na freada da Tarzan e vai resistindo.
Giacomelli sai do vácuo de Pironi e toma a linha de dentro na reta dos boxes. Usando a potência do motor Ford-Cosworth preparado por Chiti, chega em vantagem na freada da Tarzan, onde concretiza a ultrapassagem.

Fim da 32ª Volta: Laffite - Lauda - Pryce - Patrese - Jabouille - Andretti - Jarier - Hunt - Peterson - Tambay - Giacomelli - Pironi - Cevert - Cheever - De Angelis - Mass

Andretti cola em Jabouille. Cevert se aproxima de Pironi.
Jabouille segura Andretti na Panorama e resiste na quinta posição.
O motor de Hunt vai pelos ares na reta dos boxes e o inglês é obrigado a abandonar. Domingo decepcionante para a Tyrant, principalmente após ter largado na quarta posição.

Fim da 35ª Volta: Laffite - Lauda - Pryce - Patrese - Jabouille - Andretti - Jarier - Peterson - Tambay - Giacomelli - Pironi - Cevert - Cheever - De Angelis - Mass - Hunt(fora)

Patrese vem se aproximando aos poucos de Pryce para brigar pela terceira posição. Andretti segue na cola de Jabouille.

Fim da 36ª Volta: Laffite - Lauda - Pryce - Patrese - Jabouille - Andretti - Jarier - Peterson - Tambay - Giacomelli - Pironi - Cevert - Cheever - De Angelis - Mass

Giacomelli vai se aproximando de Tambay, enquanto Cevert cola em Pironi.
Andretti traciona melhor que Jabouille na saída da Jan de Wyker e vem por dentro na Scheivlak. Jabouille tenta bloquear, mas se contém para evitar uma batida. No entanto, os dois saem da curva lado a lado. Seguindo emparelhados pela Hondenvlak, os dois chegam na Panorama, onde Andretti tem a preferência por dentro e solta o acelerador mais tarde. Controlando bem o carro na saída da curva, o americano traciona bem e consegue belíssima ultrapassagem. Corrida de encher os olhos hoje em Zandvoort.

Fim da 38ª Volta: Laffite - Lauda - Pryce - Patrese - Andretti - Jabouille - Jarier - Peterson - Tambay - Giacomelli - Pironi - Cevert - Cheever - De Angelis - Mass

Cevert pressiona Pironi, valendo a décima primeira posição.
Giacomelli vem perdendo rendimento e os dois se aproximam.
Cada vez mais lento e sendo ultrapassado por Pironi e Cevert, Giacomelli traz o carro até aos boxes para tentar resolver o problema, visando ao menos continuar na corrida. Os mecânicos avaliam algo no motor e, após um rápido conserto, devolvem o italiano para a pista, na última posição.

Fim da 41ª Volta: Laffite - Lauda - Pryce - Patrese - Andretti - Jabouille - Jarier - Peterson - Tambay - Pironi - Cevert - Cheever - De Angelis - Mass - Giacomelli

Cevert sai do vácuo de Pironi na reta dos boxes e mergulha por dentro na freada da Tarzan, conseguindo a ultrapassagem.

Fim da 42ª Volta: Laffite - Lauda - Pryce - Patrese - Andretti - Jabouille - Jarier - Peterson - Tambay - Cevert - Pironi - Cheever - De Angelis - Mass - Giacomelli

Peterson perde o ponto de freada na Tarzan e, ao tentar virar o volante para contornar a curva, perde o controle do carro e roda. O sueco desliza de traseira pela área de escape e vai parar nas redes de proteção. A temporada do atual campeão vai sendo um verdadeiro vexame. O sueco sai do carro e caminha cabisbaixo de volta aos boxes.

Fim da 43ª Volta: Laffite - Lauda - Pryce - Patrese - Andretti - Jabouille - Jarier - Tambay - Cevert - Pironi - Cheever - De Angelis - Mass - Giacomelli - Peterson(fora)

A previsão de chuva que existia parece que não irá se concretizar: as nuvens negras estão se movimentando para fora do circuito e dificilmente teremos pista molhada hoje.

Fim da 44ª Volta: Laffite - Lauda - Pryce - Patrese - Andretti - Jabouille - Jarier - Tambay - Cevert - Pironi - Cheever - De Angelis - Mass - Giacomelli

Patrese vem chegando em Pryce. Andretti também vai se aproximando aos poucos.
Laffite segue firme na ponta e somente uma quebra poderá tirar a vitória do francês.
Lauda vai isolando-se na segunda posição e também vai somando pontos importantes para o campeonato.
Cevert vem se aproximando de Tambay.
Patrese já está bem próximo de Pryce e deve chegar em breve.
O azul no céu começa a aparecer aos poucos e pelo visto a chuva não virá.
A corrida fica monótona neste momento, o que se seria diferente se a chuva tivesse aparecido.
Cevert segue se aproximando de Tambay.
Patrese cola em Pryce.

Fim da 53ª Volta: Laffite - Lauda - Pryce - Patrese - Andretti - Jabouille - Jarier - Tambay - Cevert - Pironi - Cheever - De Angelis - Mass - Giacomelli(1)

Patrese pressiona Pryce, valendo a terceira posição.
Enquanto o italiano pressiona, Andretti também tenta chegar nos dois.
Pryce segura Patrese na freada da Tarzan e vai resistindo.
Cevert chega em Tambay.
Pryce fecha Patrese mais uma vez na Tarzan, quando o italiano tentava vir por dentro. A briga segue boa.
Patrese segue pressionando Pryce, que defende bem a terceira posição. Cheever vem soltando fumaça após a Jan de Wyker e vai parando.

Fim da 59ª Volta: Laffite - Lauda - Pryce - Patrese - Andretti - Jabouille - Jarier - Tambay - Cevert - Pironi - De Angelis - Mass - Cheever(fora) - Giacomelli(1)

Cevert pressiona Tambay. Pryce segue segurando a terceira posição bravamente.

Fim da 60ª Volta: Laffite - Lauda - Pryce - Patrese - Andretti - Jabouille - Jarier - Tambay - Cevert - Pironi - De Angelis - Mass(1) - Giacomelli(1) - Cheever(fora)

Tambay segura Cevert na freada da Tarzan e vai resistindo.

Fim da 61ª Volta: Laffite - Lauda - Pryce - Patrese - Andretti - Jabouille - Jarier - Tambay - Cevert - Pironi - De Angelis - Mass(1) - Giacomelli(1)

Patrese segue pressionando, mas não consegue encontrar espaço para passar Pryce.

Fim da 62ª Volta: Laffite - Lauda - Pryce - Patrese - Andretti - Jabouille - Jarier - Tambay - Cevert - Pironi - De Angelis(1) - Mass(1) - Giacomelli(1)

Cevert sai do vácuo de Tambay na reta dos boxes e toma a linha de dentro para a freada da Tarzan, fazendo a ultrapassagem sobre o compatriota.

Fim da 63ª Volta: Laffite - Lauda - Pryce - Patrese - Andretti - Jabouille - Jarier - Cevert - Tambay - Pironi - De Angelis(1) - Mass(1) - Giacomelli(1)

Mass erra na freada da Tarzan e escapa para fora da pista, mas consegue voltar. Os pilotos vão sentindo o desgaste dos pneus neste final de prova.
Pryce fecha Patrese mais uma vez na Tarzan e segue resistindo muito bem na terceira posição.
Patrese traciona bem na saída da Pulleveld e vem com tudo para cima de Pryce. Desta vez parece que não haverá jeito para o inglês.
O italiano sai do vácuo do Fittipaldi e toma a linha de dentro na reta dos boxes, emparelhando rapidamente e não permitindo reação para o inglês. Na freada da Tarzan, o piloto da Biscazzi deixa para pisar no pedal da esquerda mais tarde e consegue a ultrapassagem, coroando sua bela corrida com o pódium, pelo menos até o momento.

Fim da 67ª Volta: Laffite - Lauda - Patrese - Pryce - Andretti - Jabouille - Jarier - Cevert - Tambay - Pironi - De Angelis(1) - Mass(1) - Giacomelli(1)

Vamos chegando no final da prova os pilotos procuram poupar equipamento para chegar inteiros à bandeirada.
Andretti tenta se aproximar de Pryce, mas os dois viram praticamente os mesmos tempos e o americano não consegue descontar a diferença.
Com o primeiro e terceiro lugares, a Biscazzi vai ultrapassando a Potere neste momento e ficando na vice-liderança do campeonato de construtores, distante apenas seis pontos da Savoia. Laffite, por sua vez, diminui a diferença no campeonato de pilotos para apenas um ponto em relação ao líder Jones. Incrível a reação da Biscazzi no campeonato através desta corrida.
Patrese vem mais rápido que Lauda neste momento, mas está longe do austríaco.
De Angelis erra na tomada da Scheivlak e, com os pneus gastos, roda e pára na caixa de brita. Fim de prova para o italiano.

Fim da 72ª Volta: Laffite - Lauda - Patrese - Pryce - Andretti - Jabouille - Jarier - Cevert - Tambay - Pironi - Mass(1) - Giacomelli(1) - De Angelis(fora)

Jabouille, em sexto, vai marcando mais um ponto para a Renault, embora se esperasse mais da equipe nesta corrida.
Jarier, sétimo, vai completando sua primeira corrida sem problemas pela Renault na temporada. O time francês sofreu muito com as quebras este ano e pela primeira vez consegue chegar com os dois carros ao final da prova sem problemas.
Com tranqüilidade, Laffite percorre os últimos 4.226 metros da Serpente das Dunas e vence o GP da Holanda, comemorando muito sua terceira vitória na temporada, que coloca fogo no campeonato nesta reta final. Lauda e Patrese completam o pódium, com o italiano também comemorando bastante. Pryce, Andretti e Jabouille fecham a zona de pontuação.

Fim da Corrida: Laffite - Lauda - Patrese - Pryce - Andretti - Jabouille - Jarier - Cevert - Tambay - Pironi - Mass(1) - Giacomelli(1) - De Angelis(fora)

Classificação - Final:

Jacques LAFFITE (Biscazzi/Alfa Romeo/Goodyear) 1h36'03"017
Niki LAUDA (Potere/Ferrari/Goodyear) +15"815
Riccardo PATRESE (Biscazzi/Alfa Romeo/Goodyear) +27"004
Tom PRYCE (Fittipaldi/Ford-Cosworth/Goodyear) +28"755
Mario ANDRETTI (Potere/Ferrari/Goodyear) +29"936
Jean-Pierre JABOUILLE (Renault/Renault/Michelin) +32"873
Jean-Pierre JARIER (Renault/Renault/Michelin) +37"733
François CEVERT (Winhill/Winhill/Goodyear) +52"706
Patrick TAMBAY (Bleutter/Ford-Cosworth/Goodyear) +55"039
10º Didier PIRONI (LPR/Ford-Cosworth/Goodyear) +1'05"994
11º Jochen MASS (Avanti/Ford-Cosworth/Goodyear) +1 volta
12º Bruno GIACOMELLI (Tyrant/Ford-Cosworth/Goodyear) +1 volta
13º Elio DE ANGELIS (Williams/Ford-Cosworth/Goodyear) +5 voltas

AB Eddie CHEEVER (LPR/Ford-Cosworth/Goodyear) 58 voltas
AB Ronnie PETERSON (Savoia/Savoia/Michelin) 42 voltas
AB James HUNT (Tyrant/Ford-Cosworth/Goodyear) 34 voltas
AB Keke ROSBERG (Williams/Ford-Cosworth/Goodyear) 9 voltas
AB Alan JONES (Savoia/Savoia/Michelin) 3 voltas
AB Emerson FITTIPALDI (Fittipaldi/Ford-Cosworth/Goodyear) 1 volta
AB René ARNOUX (Bleutter/Ford-Cosworth/Goodyear) 0 voltas
AB Nelson PIQUET (Winhill/Winhill/Goodyear) 0 voltas
AB Manfred WINKELHOCK (Nürburg/Ford-Cosworth/Goodyear) 0 voltas
AB Nigel MANSELL (Avanti/Ford-Cosworth/Goodyear) 0 voltas


Quebras/Acidentes:

Mansell =($200)= acidente

Winkelhock =($2600)= acidente

Piquet =($4300)= acidente

Arnoux = ($500)= transmissão/acidente

Fittipaldi =($300)= embreagem

Jones =($200)= acidente

Rosberg =($300)= câmbio

Hunt =($500)= motor

Giacomelli =($100)= pressão do combustível

Peterson =($15)= acidente

Cheever =($0)= motor

De Angelis =($0)= rodada
avatar
Saimon
Admin

Mensagens : 2379
Data de inscrição : 11/12/2012
Idade : 32
Localização : Jaraguá do Sul

Ver perfil do usuário http://gpmanager.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Classificação do Campeonato após a Corrida

Mensagem  Saimon em 8/6/2018, 11:35

Mundial de Pilotos:

1º A. Jones = 45 pts.
2º J. Laffite = 44 pts.
3º N. Lauda = 37 pts.
4º E. Fittipaldi = 29 pts.
5º M. Andretti = 26 pts.
6º R. Peterson = 26 pts.
7º R. Patrese = 21 pts.
8º T. Pryce = 20 pts.
9º K. Rosberg = 18 pts.
10º J. Hunt = 18 pts.
11º J.P. Jabouille = 13 pts.
12º N. Piquet = 12 pts.
13º F. Cevert = 6 pts.
14º D. Pironi = 3 pts.
15º E. Cheever = 2 pts.
16º R. Arnoux = 2 pts.
17º E. De Angelis = 1 pt.
--- M. Winkelhock = 1 pt.
--- B. Giacomelli = 1 pt.

Mundial de Construtores:

1º Savoia = 71 pts.
2º Biscazzi = 65 pts.
3º Potere = 63 pts.
4º Fittipaldi = 49 pts.
5º Williams = 19 pts.
6º Tyrant = 19 pts.
7º Winhill = 18 pts.
8º Renault = 13 pts.
9º LPR = 5 pts.
10º Bleutter = 2 pts.
11º Nürburg = 1 pt.
avatar
Saimon
Admin

Mensagens : 2379
Data de inscrição : 11/12/2012
Idade : 32
Localização : Jaraguá do Sul

Ver perfil do usuário http://gpmanager.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1979 - 13ª Corrida - GP da Holanda

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum